Dizem que Monsanto é a aldeia mais portuguesa de Portugal. A cidade histórica, que tem vestígios de presença humana desde o Paleolítico, foi doada por Dom Afonso Henriques à Ordem dos Templários após tê-la conquistado dos mouros no século 12 — há registros das presenças de visigodos e bárbaros ali também.

A cidade vista de cima. Foto: Morgado

Localizada nas rebarbas bem íngremes de uma colina, Monsanto conta com um ambiente tranquilo e autêntico, que transporta o visitante a um passado muito remoto, quando o tempo passava bem mais devagar.

O castelo e a muralha de Monsanto. Foto: Maragato1976

Ao Castelo de Monsanto deve-se boa parte da fama da aldeia, que tem cerca de mil habitantes. A construção, uma verdadeira fortaleza de pedras, foi erguida no século 12 por cruzados e templários, ainda paira imponente sobre a diminuta região e a 700 metros acima do nível do mar. Atenção: haja fôlego para chegar até lá e desbravar as ruazinhas íngremes da vila.

As casas de pedra da cidade. Foto: Tomoaki INABA

O Miradouro Praça dos Canhões, que fica logo na entrada da cidade, descortina uma vista inesquecível das planícies que rodeiam Monsanto. Perto dali fica a muito bem conservada Igreja Matriz de Monsanto, cujas origens remontam ao século 15.

Como chegar:

A aldeia fica no centro-norte do país, bem próxima da fronteira com a Espanha. Fica a cerca de 25 km de Idanha-a-Nova. A estrada N239 liga as duas cidades, um percurso que dura por volta de 45 minutos de carro. Quem parte de Lisboa ou do Porto pela A1, deve pegar a saída para a A23 em Abrantes/Torres Novas. Quando estiver na A23, saia em Alcains/Penamacor e siga as indicações para Idanha-a-Nova. Alugue online seu carro para fazer essa roadtrip!

Onde se hospedar:

Por ser um pequeno vilarejo, há poucas opções de hospedagens mas todas muito charmosas em casarões antigos e todas bem localizadas fazendo com que seja possível caminhar a pé pela aldeia. Confira aqui as opções.

Para onde viajar
Eu tenhoBudget
e quero viajar porDias
Para onde viajar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *