As longas horas de voo de um destino a outro podem ser intermináveis se você por acaso estiver no lugar “errado”. Então qual é a melhor poltrona do avião para viajar? Reunimos algumas dicas que vão facilitar a escolha na classe Econômica e te ajudar a voar um pouco mais confortável.

Vamos combinar que o termo “melhor” é um tanto relativo, vai. Mas pense em qual é o seu perfil, seus hábitos e até mesmo seus receios na hora de embarcar numa aeronave rumo aos céus. Conhecer o modelo do avião que fará o seu trajeto pode ser o primeiro passo para sanar possíveis dúvidas.

São marcas e tipos variados, como por exemplo Airbus, ATR, Embraer e Boeing. As diferenças entre elas são basicamente as fichas técnicas, ou seja, a capacidade, velocidade, peso e tamanho. Assim que souber qual é a companhia aérea escolhida e qual a aeronave (esse dado aparece na hora da compra da passagem), faça um rápido reconhecimento de terreno com ajuda do Google.

Uma boa ideia é o site Seat Guru, que mapeia informações, fotos e assentos de inúmeras aeronaves em diferentes empresas, contando exatamente como é a experiência. O site e app também dá um “conselho” de onde você deve sentar de acordo com o voo escolhido.

O check-in é outro item importante. Quanto mais cedo fizer, maiores as chances de poder escolher o assento tranquilamente. Mas, algumas vezes isso custa caro, porque há empresas que cobram para te dar tal liberdade. Sim, um absurdo. Nesse caso, é mais fácil esperar o check-in online e torcer para que tenha sobrado um bom lugar!

Quem tem medo de avião ou está com filhos pequenos deve optar pelas cadeiras próximas às asas do avião, pois esta é a região mais estável, com menor impacto das temidas turbulências. Mas, vale lembrar: as chacoalhadas não provocam quedas!

Já as pessoas mais altas, que têm dificuldade para acomodar as pernas, podem optar pela primeira fileira de assentos logo após a cabine, chamadas de bulkheads, pois estas são mais espaçosas na parte da frente do que as demais. Podemos dizer o mesmo no caso de quem viaja a trabalho ou tem pressa para fazer conexões, afinal, quanto mais pra trás, mais demorada será a fila para sair. Famílias com crianças pequenas e bebês também podem dar preferência a essa opção, que em voos internacionais tem até bercinho acoplado.

Se a viagem é longa e você dorme que é uma beleza, procure sentar na janelinha, assim ninguém incomoda seu sono para ir ao banheiro ou mexer nas malas de mão. A janela também é um ótimo apoio para a cabeça e uma distração a mais.

O fundo do avião costuma ter mais barulho, seja da aeronave, da equipe de comissários conversando ou preparando comida, ou da movimentação de pessoas indo ao banheiro. Porém, essas poltronas ficam para trás nas escolhas dos clientes, dando chances de você ter três assentos para dormir e se espalhar.

O assento mais próximo ao corredor tem menos privacidade e as pessoas podem esbarrar em você. Mas se é do tipo de viajante que gosta de dar um passeio, vai ao banheiro toda hora e está sempre com alguma inquietação, fique com essa opção.

Evite a poltrona ao lado da saída de emergência, porque costuma ser muito fria devido aos ventos na porta, não reclina e ainda tem instruções extras dos comissários de bordo para casos emergenciais. Se não houver mais jeito, pense positivo: pelo menos tem mais espaço para as pernas!

Feito isso, confira nossos outros posts que te ajudam a voar:

[+] Guia básico para a primeira viagem de avião

[+] Como ficar confortável no avião durante longas viagens

[+] Canal no Youtube ajuda pessoas a perder o medo de voar

[+] Dicas e recomendações para viajar com bebês de poucos meses

Post por Brunella Nunes

Fotos: reprodução

Para onde viajar
Eu tenhoBudget
e quero viajar porDias
Para onde viajar

Quando não está viajando pelo mundo, está viajando nas ideias.

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *