Você não pode por os pés para fora de casa e voltar de mãos abanando? Sei. As compras são parte da vida de qualquer mortal, mas quem realmente tem isso como um hobbie, não perde uma boa oportunidade para se deslumbrar entre vitrines. Se essa é sua verdadeira praia, então não deixe de saber quais são os maiores shoppings do mundo. Vai que você consegue dar “só uma passadinha” por lá, né.

É claro que Dubai não poderia ficar de fora, então já vamos falar sobre o Dubai Mall, que é o maior centro comercial do mundo. Só pra gente ter uma ideia da magnitude da coisa, existe um aquário gigante no térreo, com mais de 33 mil espécies marinhas, 1.200 lojas e uma pista de patinação no gelo.

Em segundo lugar no pódio está o South China Mall, na cidade de Dongguan – Norte de Hong Kong. Em 1 milhão de metros quadrados estão sete áreas temáticas e mais de 1.500 lojas, só que com um detalhe: completamente abandonadas. O projeto ambicioso não decolou e sempre esteve tão vazio, que ganhou o apelido de “shopping fantasma”.

Ainda na China e em funcionamento desde 2004 está o Golden Resources Mall, em Pequim. São mil lojas em 600 mil metros quadrados, porém os chineses talvez não sejam muito bons em planejamento. O empreendimento está mal localizado, tanto para os turistas quanto para os moradores, o que traz falhas em seu sucesso.

Os asiáticos provam que são chegados nas compras mesmo, até porque nas Filipinas está o terceiro maior shopping do mundo e segundo maior da Ásia: o SM City North EDSA. São 700 lojas e 400 restaurantes, além de hipermercado, anfiteatro, pista de boliche e um jardim chamado Sky Garden. Pelo menos, este é um pouco mais sustentável que os demais, com 5 mil painéis solares abastecendo a energia do enorme complexo.

Em Mandaluyong, também nas Filipinas, existe ainda o SM Megamall, complexo que ocupa uma área de 470 mil metros quadrados, com 1.200 lojas, 12 cinemas, pista de patinação no gelo, entre outras atrações. Já na Malásia está o 1 Utama, construído numa área de 500.000 m² em Kuala Lampur. É 98% ocupado com 700 lojas em áreas temáticas, para facilitar a locomoção dos clientes, além de ser ligado ao hotel de luxo One World.

Na cidade de Isfahan, no Irã, o shopping City Center ocupa 465 mil metros quadrados, onde estão 750 lojas, um museu, um hotel de 5 estrelas e cinema multiplex com 7 telas. Em Shiraz, o Fars Complex é o maior em número de lojas, com 2.500 opções para os clientes se esbaldarem, além de contar com hipermercado, parques de diversões indoor e outdoor, seis cinemas e um hotel de luxo.

Outro destaque está em Istambul, na Turquia. O Cevahir Mall é o maior shopping center da Europa, com 343 lojas, 34 restaurantes, 12 cinemas, pista de boliche, teatro e parque de diversões.

Na cidade de Edmonton, no Canadá, está o maior centro comercial da América do Norte. O West Edmonton Mall tem 20 mil vagas para carros, 800 lojas, parques temáticos, minipista de golf, pista de patinação no gelo, zoológico, arena para a prática de tiro, capela para casamento e quatro estações de rádio.

Aqui na América do Sul temos o Costanera Center, em Santiago – no Chile, que tem o maior mirante da América Latina e já falamos aqui. São 600 mil metros quadrados de área construída, onde há mais de 300 lojas, 60 restaurantes, um prédio comercial, dois hotéis e um arranha-céu de 509 metros.

Já no Brasil, o RioMar Shopping, em Recife, ocupa 295 mil metros quadrados e provavelmente é o maior do país. Em Natal, o Midway Mall carrega o título de maior praça de alimentação do Nordeste, além de ter 227 mil metros quadrados.  Em São Paulo, o Centro Comercial Interlagos ocupa 280 mil m², enquanto o Shopping Aricanduva tem 242 mil metros quadrados. Em Campinas, o Parque Dom Pedro Shopping também figura entre os maiores, com seus 124 mil metros quadrados.

Partiu comprinhas? Se você gosta de comprar coisas diferentes, confira essa lista com cidades ótimas para isso 🙂

Fotos: divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para ajudar você a enfrentar essa quarentena...

Preparamos muito conteúdo bacana para você viajar sem sair do sofá!