Com essa crise financeira toda e a moeda estrangeira meio instável, existe um certo receio em viajar para o exterior. Mas vamos falar de coisa boa e provar que explorar o território nacional tem suas vantagens. Para dar valor ao chão que você pisa, selecionamos um lugar por Estado no Brasil que são surpreendentes para conhecer o quanto antes. 😉

Quer saber quanto custa viajar para diversas cidades do Brasil? Confira o Quanto Custa Viajar!

Parque Nacional de Aparados da Serra – RS

Uma das regiões mais conhecidas do país, Aparados da Serra está entre Santa Catarina e Rio Grande do Sul. A área de 10.250 hectares é formada por 36 cânions como o Itaimbezinho, que tem mais de 5 km de extensão. Na fenda de Itaimbé é possível fazer uma caminhada, passando pelo leito do Rio do Boi e por trechos da Mata Atlântica e Nebular.

Ilha do Campeche – SC

Em Floripa, o santuário ecológico é uma parada obrigatória. Com paisagem paradisíaca, além de ter uma bela praia com águas cristalinas de cor azul intenso, possui 10 sítios arqueológicos onde se observam diversas pinturas rupestres e monumentos rochosos. Por ser uma área de preservação, tem acesso restrito a 400 pessoas e não há tanta infraestrutura para os turistas.

Cataratas do Iguaçu – PR

Entre Argentina, Brasil e Paraguai, as cascatas mais famosas do país ficam em Foz do Iguaçu, no Paraná e formam um conjunto de quedas d’água impressionante, com aproximadamente 275 metros de altura. Os turistas também podem fazer um tour parque, provar a deliciosa carne argentina, fazer compras no freeshop (ou no Paraguai) e conhecer o belo templo budista que tem por lá.

Areia que Canta – SP

Em meio a chapada Guarani, os municípios de Brotas e Torrinhas abrigam uma infinidade de atividades para quem gosta de aventura e de estar próximo a natureza. Uma das atividades é o boia-cross no rio Jacaré Pepira. Outro lugar incrível é a Areia que Canta, nascente de água cristalina no meio da mata nativa. Se esfregar a areia que tem no fundo do lago, pode ouvir um som que lembra o de uma cuíca.

Fervedouro Bela Vista – TO

No maravilhoso Jalapão, um dos lugares que mais fazem sucesso são os fervedouros, nascentes de águas cristalinas e intensamente azuis, onde ninguém afunda. O da Bela Vista fica cercado de bananeiras e conta com boa infraestrutura, incluindo área para camping e banho de água quente.

Gruta do Lago Azul – MS

O nome já diz tudo: Bonito está cercado de belezas. Uma delas é a deslumbrante Gruta do Lago Azul, a 20 km da cidade, descoberta por um índio Terena em 1924. Esperto foi ele, que desbravou suas águas encantadoramente azuis azul com 90 metros de profundidade. Já o cristalino Rio Sucuri, no mesmo território, também impressiona pela cor e pela experiência: um mergulho em meio aos peixinhos.

Praia do Caxadaço – RJ

Em Ilha Grande, fica difícil não encontrar lugares lindos, mas a Praia do Caxadaço é quase uma parada obrigatória. Depois de percorrer uma trilha se chega ao reduto que na época do Brasil Colônia era usado como esconderijo para embarcações. Deserta, selvagem e um tanto mística, tem um visual incrível, onde a vegetação densa contrasta com as águas azuis e cristalinas, ideais para a prática de snorkel.

Gruta do Maquiné – MG

Pode ser que você nunca tenha considerado ir a Cordisburgo, a 120 km de Belo Horizonte. Até então. A gruta descoberta em 1825 conta com sete salões ao longo de seus 18 metros de profundidade e 650 metros de extensão. Formada por minerais como o quartzo, o ferro e o carbonato de cálcio, a caverna é considerada o berço da paleontologia brasileira, onde foram encontrados restos humanos e de animais pré-históricos originários do período Quaternário.

Serra da Capivara – PI

No sertão do Piauí, o Parque Nacional Serra da Capivara possui a maior quantidade de sítios arqueológicos pré-históricos das Américas. A região abriga mais de 1.200 pontos de arte rupestre, como se vê pelas paredes de suas cavernas, elevando o local a Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco desde 1990. São 172 sítios para serem desbravados, reabertos recentemente após uma crise financeira que ameaçava este tesouro nacional.

Chapada das Mesas – MA

Em Riachão, no estado de Maranhão, o Parque Nacional Chapada das Mesas está entre as tantas belezas naturais a serem exploradas no Brasil. Entre seus atrativos está o Encanto Azul, um belíssimo poço de águas cristalinas, onde há uma queda d’água e peixes como os cascudos e os lambaris. A região ainda encanta por seus sertões, cânions, buritizais, cavernas e formações rochosas curiosas.

Pedra Roxa – ES

Ao Sul do Espírito Santo, na região do Caparaó, está a região ecoturística de Ibitirama. Ali se concentram cachoeiras, corredeiras, trilhas e montanhas como o Pico da Bandeira, de  2.897 metros de altitude, e a Pedra Roxa, que tem poços de águas cristalinas impressionantes.

Chapada dos Veadeiros – GO

Qualquer ‘Chapada’ do Brasil é um acerto na hora de escolher o destino da viagem. Em Goiás, a 1.700 metros de altitude está a Chapada dos Veadeiros. O lugar é repleto de encantos, como cachoeiras, cânions de tirar o fôlego e piscinas naturais. Entre seus cenários mais surreais está o rochoso Vale da Lua e a cachoeira de Santa Bárbara, na cidade de Cavalcante.

Presidente Figueiredo – AM

Em Presidente Figueiredo há muito o que se ver, incluindo cachoeiras, praias fluviais e rios escuros. Não deixe de conhecer a Gruta da Judeia, onde uma queda d’água forma uma piscina natural e a Lagoa Azul, na comunidade Boa Esperança, que chama a atenção pela cor azul turquesa, proveniente de suas algas submersas.

Ilha de Boipeba – BA

Localizada no pequeno município de Cairu, a ilha conta com uma faixa litorânea de 20 km de extensão, onde se espalham algumas das melhores praias do estado. Entre elas estão as piscinas naturais do Moreré, onde águas cristalinas e mornas abrigam recifes de corais. Ali os turistas praticam snorkel na busca dos peixinhos capiaçavas.

Praia de Tatajuba – CE

Indo muito além das fronteiras de Jericoacoara, o Ceará está repleto de belezas. Uma delas é a Praia de Tatajuba, em Camocim – parte da chamada Rota das Emoções. Em meio às dunas que a soterrou, é composta por uma paisagem sem igual, com águas esverdeadas e muito sossego, propício para a contemplação.

Areia Vermelha – PB

No município de Cabedelo, região metropolitana de João Pessoa, está a Praia da Areia Vermelha. A ilha com 1,5 km de extensão aparece apenas durante a maré baixa e forma belas e atraentes piscinas naturais, que contrastam com areias avermelhadas.

Praia do Saco – SE

No litoral sul de Sergipe, a 50 km de Aracaju, está a Praia do Saco. Embora seja marcada pela simplicidade, está entre os lugares mais lindos do estado. A enseada de 5 km é o ponto de encontro de seis rios com o oceano Atlântico, fazendo com que se espalhe manguezais em meio às dunas de areia dourada. Não por acaso, já esteve entre as melhores do mundo.

Praia do Francês – AL

Praia do Francês é protegida por uma barreira de coral que forma piscinas naturais, ideais para a prática de snorkel e de mergulho. Fica bem perto da capital e pode ser conhecido em um bate e volta. A praia ainda conta com um trecho com ondas fortes e muitos surfistas.

Pipa – RN

Conhecida internacionalmente, esta praia é onde se concentram as mais variadas hospedagens, desde campings até resorts luxuosos. Com águas claras e mornas, atrai milhares de turistas em busca de lazer, que inclui passagem pelo santuário ecológico e um mirante com vista para a Baía dos Golfinhos.

Cachoeira Poço Azul – DF

Há pouco mais de 1 h de Brasília, o Poço Azulpróximo a Sobradinho e no sentido de Brazlândia, traz a mistura das cores esmeralda e dourada em suas águas. São duas cascatas encontradas depois da trilha. Custa R$ 8 por pessoa.

Alter do Chão – PA

Em Santarém, um dos destinos que mais bombam no Verão, quem costuma abrigar pombinhos apaixonados é Alter do Chão. O balneário de águas doces é considerado o “Caribe Amazônico” por conta das praias fluviais que ficam às margens do rio Tapajós.

Praia dos Carneiros – PE

Vizinha de Tamandaré, a Praia dos Carneiros é uma das melhores praias do território brasileiro e costuma atrair pessoas em busca de tranquilidade. Deserta, conta com águas mornas, esverdeadas e cristalinas que formam enormes piscinas naturais. Com infraestrutura para receber turistas, ainda assim se mantém rústica, seja na orla ou nos arredores da capela São Benedito.

Bom Jardim – MT

A apenas 150 km de Cuiabá está o oásis perdido. O local é um parque de diversões para quem adora estar próximo à mãe natureza, e especialmente para quem curte aventura e snorkel, já que os rios lotados de peixes exóticos são agraciados com águas extremamente transparentes.

Cachoeira do Rio Mandi – RO

Pode ser que você nunca tenha ouvido falar em Teixeirópolis, mas saiba que lá está a cachoeira mais alta de Rondônia. No rio Mandi, a queda d’água tem 32 metros de altura e fica dentro da pousada Vale das Cachoeiras, onde há ainda outras 10 cachoeiras menores e um parque aquático para o lazer dos turistas.

Cachoeira do Urucá,  Uiramutã – RR

No município de Uiramutã, em Roraima, se destaca a cachoeira do Urucá, que tem 20 metros de altura e águas esverdeadas cristalinas que formam um poço. Seguindo por ela encontra-se ainda a cachoeira das Sete Quedas, uma incrível sucessão de quedas d’água e piscinas naturais.

Cachoeira de Santo Antonio – AP

No Amapá, uma das mais belas paisagens está em Laranjal do Jari, onde a Cachoeira de Santo Antônio foi formada há milhares de anos após processos vulcânicos. São 30 metros de queda d’água em meio a paredões verdes que só ressaltam a beleza do local.

Parque Nacional do Divisor – AC

O Parque Nacional da Serra do Divisor conta com inúmeras espécies de animais diferentes em toda a sua extensão, que conta com mais de 843.000 hectares de área total, considerado como o quarto maior Parque do Brasil. Local para curtir a floresta, mirantes e cachoeiras.

Foto: Sérgio Vale

Sugestões extras do Quanto Custa Viajar:

Casa de Pedra – SP

Pouca gente sabe que São Paulo conserva o maior pórtico de caverna do mundo. Dentro da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica está o PETAR – Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira, que abriga essa e outras tantas maravilhas naturais. A caverna Casa de Pedra tem cerca de 215 metros de altura e, embora ainda não esteja aberta à visitação, é possível fazer uma bela trilha até seu pórtico, além de conhecer outras cavernas e rios da região.

Ilha do Farol – RJ

Por muito tempo, essa praia em Arraial do Cabo, a 140 km do Rio, foi eleita como a mais perfeita do país, devido sua beleza, temperatura e até a velocidade dos ventos. Ao longo de seus 5 km de extensão se observam dunas, águas cristalinas, ruínas de um Farol de 1833, picos que chegam a 390 metros de altitude e uma gruta. Outro ponto notável é a Fenda de Nossa Senhora, um “rasgo” em meio às rochas, rodeado de lendas envolvendo Nossa Senhora dos Remédios, a padroeira do município.

Pedreira Lagoa Azul – MG

Próximo a Capitólio, a pedreira desativada fica em São João Batista do Glória e tem chamado a atenção dos turistas pelo visual. Sem infraestrutura e com difícil acesso, é recomendável não ir ao local sozinho e preferencialmente na parte da manhã.

Delta do Parnaíba, Piauí

Com visual que lembra os Lençóis Maranhenses, o Delta do Parnaíba é o único nas Américas que deságua em mar aberto. Localizado dentro da Chapada das Mangabeiras, a 365 km de Teresina, a região se espalha por 73 ilhas formadas por praias, restingas, igarapés e manguezais, o que acaba ampliando também a sua fauna e flora. A Revoada dos Guarás, aves vermelhas que contrastam com a paisagem, é um fenômeno bonito de ver.

Post por Brunella Nunes

Fotos: divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *