O Peru é um país com belezas naturais surpreendentes. Uma delas é a Laguna Humantay, que fica na região de Cusco. Cercado por cenários que fazem parte da Cordilheira dos Andes, todo o gelo que derrete das imponentes montanhas forma um lago com água cristalina azul-turquesa que, sem exageros, é capaz de se tornar o cenário mais lindo que você verá na sua vida.

Localizada a 4.630 metros de altitude, a Laguna Humantay fica aos pés da Montanha Salkantay, um monumento da natureza conhecido por muitos visitantes que desejam ir a Machu Picchu por rotas alternativas, fazendo a trilha Salkantay. Quem encara essa aventura pode, de quebra, aproveitar para conhecer a lagoa.

laguna humantay
Foto: Buscando Aventuras
laguna humantay
Foto: Pixabay

Mas, mesmo se o foco da viagem não for a cidade perdida dos Inca, saiba que vale muito, mas muito a pena mesmo conhecer a Laguna Humantay, afinal de contas, existem muitos lugares legais para conhecer no Peru e voltar totalmente apaixonada pelo país <3

Bora viajar? Encontre sua passagem aérea para Cusco aqui

Como chegar até a Laguna Humantay

laguna humantay
Foto: Pixabay

A maioria dos visitantes parte de Cusco rumo Soraypampa, vilarejo pitoresco onde a laguna se encontra. A melhor alternativa é contratar uma excursão, saindo de Cusco até a Laguna Humantay. Isso porque, o tempo de deslocamento só de ida é de aproximadamente três horas (pegando um trechinho de estrada de chão) e o ideal é sair de Cusco por volta de 4h30 da madrugada. Indo com um motorista, você relaxa muito mais e ainda faz uma pausa na cidadezinha de Mollepata para tomar um café da manhã.

O valor dos passeios varia conforme a agência contratada. Em média, o tour até a Laguna Humantay, saindo de Cusco, custará 140 Soles após alguma pechincha.

Assim que a van chega a área de estacionamento, sua aventura e caminhada começa. No total, o percurso percorrido será de 7 km, contando a ida até a laguna e a volta para a van. Como estamos em uma altitude de 4.600 metros, os efeitos do soroche podem ser sentidos. Por isso, veja aqui dica para prevenir o mal de altitude.

A trilha como um todo é considerada moderada. Mas o trecho de ida é mais difícil, já que você vai enfrentar trechos cansativos de subida. Após uma hora botando a panturrilha e os pulmões para trabalhar, você chega ao paraíso com águas cristalinas da Laguna Humantay e vai entender que cada esforço valeu a pena. Olha que belezura:

Foto: Pexels

Para ter uma vista privilegiada da paisagem, suba até uma região elevada na margem esquerda da lagoa. Lá do alto, você conseguirá fazer muitas fotos legais. Para não prejudicar as aves locais, não é permitido usar drones, ok? Mas com sua câmera já terá um panorama incrível.

Quem faz os passeios com agências fica na área da laguna por um pouco mais de uma hora, fazendo muitas fotos, e depois encara mais três horas de caminhada, retornando para a trilha até chegar ao estacionamento. Em seguida, a excursão volta novamente para Mollepata, onde um almoço é servido. Após comer bem, o retorno para casa se inicia e por volta de 17h você estará novamente em seu hotel.

O passeio pode ser uma alternativa para quem viaja ao Peru com vontade de conhecer uma lagoa simplesmente surreal, mas não tem tempo suficiente para ir até Huaraz (distante 8 horas de ônibus de Lima) onde fica a famosa Laguna 69.

Se estiver vindo do Brasil direto para Cusco, deixe para fazer o passeios após dois ou três. Como a caminhada é puxada e tem oscilação de altitude, após alguns dias no país, seu corpo estará mais aclimatado, ok? Dessa forma, as chances de aproveitar ainda mais o passeio são grandes! Veja aqui passeios para fazer em Cusco.

Onde se hospedar em Cusco? Confira as melhores opções aqui

Melhor época do ano para ir à Laguna Humantay

laguna humantay
Foto: Steve Upon

Qualquer época do ano é boa para visitar o Peru. Mas é importante você saber que existe a temporada de seca e a de chuva. A estação seca vai de maio a outubro, com temperaturas amenas, na faixa dos 15 graus de dia e mais geladas que isso à noite. O bom do período é a incidência do sol consegue deixar as paisagens com lagos ainda mais exuberantes. Por ser considerada a alta temporada peruana, os preços de passagens e hospedagens tendem a aumentar.

O período de chuvas vai de novembro a abril. Mesmo sendo verão, as temperaturas não sobem muito, variando entre 9 graus à noite e 18 graus durante o dia. As pancadas de chuva isoladas ocorrem com maior frequência à tarde, vale a pena ficar de olho na previsão do tempo.

Dicas importantes

Foto: J. Knox
  • Leve em sua mochila água (pelo menos um litro), folhas de coca para combater o soroche, algum snack se bater a fome e papel higiênico;
  • Tem um banheiro sujinho aos pés da montanha, por isso a importância de levar papel;
  • Mesmo no verão, sempre faz frio na região. Vá agasalhada, com bota de trekking, gorro e luva;
  • Óculos de sol e protetor solar também são importantes;
  • Antes de viajar, faça um preparação física para aguentar a caminhada;
  • Caminhe no seu ritmo, fazendo as pausas necessárias para respirar;
  • Tente alugar um bastão de caminhada, o preço geralmente é de 2 Soles e ajuda bastante no trajeto.

Ao lado da laguna, faça um montinho de pedras conhecido como apacheta. Essa é uma tradição do povo Inca para receber energias da terra. Esse passeio tem tudo para renovar seu espírito!

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voe de Avianca para Bogotá e Lima e se conecte com destinos como Cartagena, Cancún, Punta Cana, Orlando e Nova York