Em uma das cadeias montanhosas mais lindas do mundo, surge um lago encantadoramente azul, como uma joia brilhante e cristalina no meio do cenário branquinho tomado pela neve. A maravilha natural fica no Peru e foi batizada de Laguna 69, que oferece não só o visual deslumbrante como também uma trilha imperdível para aventureiros.

É dentro do Parque Nacional Huascarán e de frente para a Cordilheira Branca, considerada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, que se encontram 300 lagoas de origem glacial, 660 geleiras, 25 trilhas, 102 circuitos de escalada, de diferentes níveis de dificuldade, além de exemplos da fauna e da flora andina. É também o lar da cadeia de montanhas tropicais mais alta do mundo e do pico mais alto do Peru, o Huascarán, a 6.768 metros acima do nível do mar.

Como chegar à Laguna 69

laguna 69 no peru
Foto: Peru.com

A jornada rumo às belezas selvagens do Parque Nacional Huascarán se inicia partir da cidade de Huaraz — onde se espalham diversos sítios arqueológicos — que fica a 400 km de distância de Lima, capital do Peru.

Encontre passagens aéreas para Lima, no Peru, com os melhores preços aqui!

Você pode fazer o deslocamento de Lima até Huaraz com um carro alugado, de ônibus (em uma viagem de 8 horas) ou de transfer oferecido por diferentes agências de turismo.

Passe a noite em Huaraz para seu corpo se adaptar com a altitude. No dia seguinte, após uma viagem de aproximadamente uma hora, você chegará ao Parque Nacional. Os turistas devem fazer uma trilha de 13 km de distância até a Laguna 69 que dura de três a quatro horas, dependendo do preparo físico de cada um. O trajeto é pouco íngreme, contendo apenas uma longa subida no final da caminhada.

O maior desafio é a altitude e as oscilações de temperatura, que geralmente ficam entre – 2°C e 15°C. E quando há sol, há chuvas, entre os meses de dezembro e março. A alta temporada, considerada a melhor época para ir até a Laguna 69, vai de maio a outubro.

laguna 69 no peru
Foto: Peru.com

Comece a planejar: confira pacotes para o Peru e seus atrativos naturais

laguna 69 no peru
Foto: Peru.com

Com paisagem surreal no Chile, a Laguna Cejar não deixa ninguém afundar

laguna 69 no peru
Foto: Peru.com

Confira algumas dicas para quem vai fazer a trilha no Parque Nacional Huascarán até a Laguna 69:

  • A caminhada é puxada e recomendada para maiores de 15 anos.
  • Leve seus óculos de sol, chapéu e também protetor solar mesmo nos dias mais gelados. O friozinho pode enganar!
  • É interessante vestir-se em camadas, com luvas, jaqueta impermeável e botas para trekking.
  • Leve água e lanches em uma mochila para se alimentar.
  • Não faça o tour no mesmo dia em que chegar em Lima, isso porque seu corpo deve se acostumar primeiramente com a altitude para que sua caminhada seja feita com maior segurança.

Não se esqueça que para fazer turismo de aventura no parque é obrigatório entrar com guia credenciado e pessoal especializado em cada atividade.

Excursão de um dia para a Laguna 69 saindo de Huaraz. Saiba mais sobre o tour guiado aqui!

Alimentação

laguna 69 no peru
Foto: Wikimedia Commons

Geralmente, as agências de turismo que fazem o tour até a Laguna 69 param na metade do caminho entre Huaraz e o Parque Nacional em um restaurante para os visitantes tomarem um café (até mesmo porque as excursões saem antes das 6h da manhã). Esse café não está incluso na maioria dos passeios, leve dinheiro em espécie para evitar algum perrengue.

Dentro do parque não existem lojas e restaurantes para venda de alimentos. Por isso, você deve levar em uma mochilinha seu almoço — vá a um mercado em Huaraz para fazer essas compras. Opte por preparar um lanche leve, já que o tempo de caminhada acaba sendo grande. Carregue também sua garrafinha de água e petiscos para segurar a fome durante o tour.

De volta em Huaraz, você encontra vários restaurantes simples, mas aconchegantes, para um jantar gostoso. Para provar a culinária típica peruana, vá até o Trivio, que oferece menu executivo por R$ 14. Também vale a pena passar no Sala de Estar para quem gosta de massas, frutos do mar e bons drinks. Os preços no Restaurante Sala de Estar ficam na faixa de R$ 20. Se quiser uma pizza, corra ao Luigi’s Pizza, onde as redondas variam de R$ 19 a R$ 46.

Curta a região!

Glaciar Pastoruri. Foto: Wikimedia Commons

Aproveite a ida até Huaraz e inclua mais passeios pela região, com certeza vai valer a pena. Tenha em mente que todos esses tours levam o dia inteiro para serem feitos, já que as caminhadas são longas. Mas o visual em cada um dos lugares compensa o cansaço. Tente visitar também:

  • Glaciar Pastoruri: um dos passeios mais populares de Huaraz pela geleira que fica a 5.240 metros de altitude.
  • Laguna Paron: um dos maiores lagos da Cordilheira Branca a 4.200 metros de altitude.
  • Lagunas Llanganuco: a 80 km de distância de Huaraz, um dos cenários mais lindos que você pode ver na viagem.
  • Laguna Churup: um trekking para os fortes chegando a 4.450 metros de altitude com uma vista espetacular.
  • Ruínas de Chavín: ruínas com resquícios de civilizações antigas e patrimônio da UNESCO.

Onde se hospedar

Já viu que além da Laguna 69, você tem mais atrações para ver pela região. Por isso, escolha um hotel e organize-se para ficar em mais de um dia. Veja boas opções para se hospedar em Huaraz:

Encontre mais opções de hotéis em Huaraz aqui!

Prepare-se e siga rumo a esse passeio imperdível! A Laguna 69 tem um dos visuais mais encantadores da região e todo esforço para chegar até lá valerá a pena. Comece desde já a planejar essa trip: use nosso buscador de passagens aéreas baratas e encontre o melhor voo no seu período de férias.

Texto atualizado em janeiro de 2019 por Andressa Xavier Pellanda.

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *