Atração imperdível em Gramado, o Lago Negro é um dos principais pontos turísticos na cidade e deve fazer parte do roteiro de todos que viajam pela Serra Gaúcha. Esta área verde com quase 90.000 m² é um dos lugares mais bonitos de Gramado.

Cercado por árvores, hortênsias (marca registrada da cidade de Gramado), azaleias e com um imenso lago de águas escuras no centro, o parque tem um clima todo romântico e perfeito para o turista tirar muitas fotos!

O surgimento do parque em si não foi dos mais tranquilos, já que em 1942 a área do Lago Negro, que antes se chamava Vale do Bom Retiro, pegou fogo e muitas árvores foram destruídas. Este incêndio foi terrível e demorou oito dias até ser contido.

A partir de 1953, o local começou a ser reflorestado e, bem no centro do parque, um lago artificial com 17.470 m² e águas escuras que atingem 14 metros de profundidade foi criado. O Lago Negro recebe esse nome inspirado pela Floresta Negra, na Alemanha, já que muitas árvores foram importadas de lá e plantadas ao redor do lago em Gramado.

Quanto custa viajar para Gramado? Descubra todas as informações aqui

Como chegar

Não tem segredo! Basta traçar Lago Negro em seu GPS que você chegará sem nenhuma dificuldade ao local. Ir de Uber também é bem tranquilo, já que a oferta de motoristas na cidade é boa (dependendo do horário, você vai gastar algo em torno de R$ 15 saindo do centro).

Não é necessário pagar para entrar no parque e nem gastar com estacionamento ou parquímetro, já que existem muitas vagas na rua para deixar seu veículo (vagas tanto na descida até o parque, que passa em frente ao Alemanha Encantada, quanto em frente à entrada do Lago Negro propriamente dita). Diferente do que acontece no centro da cidade, achar uma vaguinha gratuita perto do Lago Negro não é difícil!

Onde se hospedar em Gramado? Encontre seu hotel, hostel ou pousada aqui

O que fazer no Lago Negro em Gramado

O tour é perfeito para quem gosta de natureza e a atração principal definitivamente é o passeio de pedalinho. Seja com o cisne ou com o barquinho pirata, o visitante pode alugar o pedalinho e se divertir pelo lago, seja no verão ou no inverno!

O cisne, com capacidade para duas pessoas, é o favorito dos casais apaixonados que querem um momento de descontração e romantismo. Já as caravelas têm capacidade para até quatro pessoas e são perfeitas para quem viaja em família. O preço da locação parte de R$ 40, os coletes salva-vidas já estão incluso no valor e o pedalinho funciona diariamente, das 8h30 às 18h.

Quem não quer gastar nada pode simplesmente ir ao local para caminhar em volta do lago. Calçadas planas e bem construídas, boas para cadeiras e pais com carrinhos de bebê circularem, formam uma pequena trilha com 740 metros de extensão.

É bem comum ver moradores locais se exercitando por essa trilha, correndo, andando de bicicleta ou de patins. A largura é boa e tem espaço para todo mundo!

Em vários pontos dessa trilha é possível parar para ver o lago e os visitantes nos pedalinhos com um ângulo privilegiado. Dá para chegar bem pertinho das águas do lago para garantir fotos lindas trazê-las de recordação para casa.

A infraestrutura do parque público é excelente para receber turistas, contando com lojinhas, lanchonetes e banheiros. Por estar a pouco mais de 100 metros de distância do Alemanha Encantada, você pode emendar a visita até lá. Dica: saboreie o fondue no Biergarten, é um dos mais em conta da cidade e gostosinho (custa na faixa de R$ 39 por pessoa se você comprar pelo Groupon).

Você já visitou o Lago Negro em Gramado? Se sim, compartilha aqui nos comentários como foi sua experiência, vamos adorar saber como foi seu passeio!

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para ajudar você a enfrentar essa quarentena...

Preparamos muito conteúdo bacana para você viajar sem sair do sofá!