Talvez estes sejam os 193 km² mais encantadores do país. Ilha Grande, no Rio de Janeiro, é aquele destino dos sonhos que traz belezas naturais preservadas de encher o coração de alegria.

O mar, que mais parece uma esmeralda diante dos seus olhos, emoldurado pela vegetação da Mata Atlântica, cria cenários que fazem o tempo parar.

A 150 km de distância da capital Rio de Janeiro, o destino possui mais de 100 praias e dezenas de ilhas perfeitas para quem gosta de sol. Fazer passeios de barco, visitar ilhas, aventurar-se em grutas pouco conhecidas ou simplesmente flutuar em águas geladas e cristalinas são algumas das atrações nessa região linda por natureza.

Qual a melhor época para ir à Ilha Grande?

Ilha Grande faz parte da Costa Verde, trecho que liga o litoral paulista ao litoral fluminense que é um espetáculo. Planejar as férias para a região é garantia de muito sol e banhos de mar.

Viajar durante a primavera ou durante o verão são os períodos ideais para conhecer Ilha Grande, já que o clima está quente para aguentar as águas geladas desse paraíso.

Só evite, se possível, emendas de feriado — porque a região fica bem cheia.

Confira aqui quanto custa viajar para Ilha Grande, no RJ

Como chegar a Ilha Grande

Vários portos possuem barcos e lanchas que seguem para Ilha Grande. Você pode sair de três pontos distintos, sendo:

Como ir de Mangaratiba para Ilha Grande

Ir por Mangaratiba é ideal para quem chega de avião pelos aeroportos Santos Dumont, Galeão ou na Rodoviária Novo Rio.

O trajeto de barco é o mais longo, tem aproximadamente 23 km e a viagem demora de 1h20 a 1h40. Como o percurso é feito atravessando o canal, tem bastante ondulação na embarcação. As barcas são grandes e levam de 500 a mil passageiros.

O ponto negativo é que esta barca sai apenas uma vez ao dia, com destino à Abraão, às 8h e retorna às 17h30. Valor médio da tarifa: R$ 17,30.

Como ir de Conceição para Ilha Grande

Pertinho de Mangaratiba, é possível ir para Ilha Grande saindo de Conceição. Este é o trajeto de barco mais curto, demora de 15 a 50 minutos, dependendo da embarcação.

As saídas das escunas e lanchas, com capacidade para levar no máximo 60 pessoas, partem a cada 30 minutos das 8h às 18h30. Valor médio da tarifa: R$ 50,00.

Como ir de Angra dos Reis para Ilha Grande

As saídas de Angra para Ilha Grande partem da Estação Santa Luzia de hora em hora, das 7h às 18h30.

O trajeto tem aproximadamente 21 km de extensão e demora em média de 30 minutos a 1h40 para chegar até a ilha, dependendo da embarcação, que tem capacidade para levar de 30 a 120 passageiros. Valor médio da tarifa: R$ 70,00.

É possível ir de carro até esses locais, deixar o veículo em estacionamentos privados e pegar um barco para passar uns dias em Ilha Grande ou só fazer um bate e volta.

Dica: negocie o preço das diárias nos estacionamentos, sempre é possível conseguir um descontinho caso o carro fique mais de dois dias!

A chegada acontece no cais da Enseada do Abraão. Se o seu destino é outra localidade da Ilha Grande, como Araçatiba/Praia Vermelha, Bananal ou Sítio Forte, não embarque para a Vila do Abraão. Não existe linha regular de navegação fazendo a ligação entre as principais comunidades da Ilha Grande (e o valor será economicamente inviável).

O preço, de ida e volta, varia entre R$ 17 a R$ 70 por pessoa. Acesse o site da Ilha Grande, com horários de barcas, para conferir horários, tarifas e mais.

Lembrando que esse deslocamento é para chegar até a Vila de Abraão. De lá, você terá que contratar outros passeios de lancha ou escuna para explorar ilhas e demais praias no arquipélago, ok? Alguns passeios são possíveis fazer a pé ou de bicicleta através de trilhas de curta e longa distância que ligam toda ilha.

É possível fechar excursões com agências de turismo que partem de Angra dos Reis direto para as ilhas e praias populares de Ilha Grande. Novamente, tudo vai depender do seu objetivo, se será um bate e volta ou se pretende se hospedar em Ilha Grande.

O que fazer em Ilha Grande

Os visitantes encontram muitas, mas muitas atrações na ilha. O ideal é você pesquisar as possibilidades com antecedência para montar um roteiro de acordo com a quantidade de dias que pretende ficar em Ilha Grande.

Para explorar a região com mais agilidade, recomendamos que você se hospede no arquipélago (mais à frente vamos deixar sugestões, ok?).

Trilhas

Em um lugar que não entram carros e o deslocamento acontece de barco ou a pé, eventualmente você vai desbravar uma das 16 trilhas que ligam todo o arquipélago. As mais percorridas são:

T1: Circuito na Vila Abraão – trilha fácil com 2 km de distância completado geralmente em 2h. É boa para os iniciantes no mundo do trekking e recomendada para quem for visitar a Praia Preta, Poção, Aqueduto e Ruínas do Lazareto.

T2: Aqueduto para Saco do Céu – trilha com dificuldade média, com 6 km de extensão completados em 4 horas de caminhada. Recomendada para pessoas mais experientes no trekking e para quem quer ir para a Cachoeira da Feiticeira.

T11: Praia do Pouso para Lopes Mendes – trilha fácil com de 2 km de distância completados em 30 minutinhos. Indicada para todo tipo de viajante e quem tem interesse em ir à Praia de Lopes Mendes e Praia de Santo Antônio.

T13: Abraão para Pico do Papagaio: está é considerada a caminhada mais difícil da Ilha Grande, com distância de 18 km e duração aproximada de 8 horas. Muitas vezes, o trekking é feito em dois dias.

No site da Ilha Grande, você pode conferir todas as trilhas e planejar uma caminhada.

Veja também: Trilha de 3 mil km na Mata Atlântica liga o Rio de Janeiro ao Rio Grande do Sul

Passeios a praias e ilhas

ilha grande rj
Foto: Pixabay

Curtir as praias e passar o dia na areia é o que todo mundo que visita o arquipélago quer! Talvez o passeio mais tradicional em Ilha Grande seja o tour Ilhas Paradisíacas que leva os turistas a vários pontos exuberantes da ilha. Essa excursão de dia inteiro pode ser feita com lanchas ou com escunas.

As pausas ocorrem na Ilha Cataguases (pertinho da Ilha de Caras); nas maravilhosas Ilhas Botinas que já comentamos aqui no blog; na Praia do Dentista que tem águas cristalinas; na Praia da Piedade; na Lagoa Azul que, sem exageros, é um dos lugares mais lindos da ilha; e no Saco do Céu, pausa geralmente para o almoço.

Muitos desses passeios costumam oferecer o agendamento de almoços enquanto você ainda estiver dentro das embarcações. Um garçom passa com o cardápio dentro do barco e você pode reservar um prato se quiser. Geralmente, são peixes assados com algum acompanhamento que servem duas pessoas, com preços que variam de R$ 98 a R$ 200.

Tem todo um apelo de urgência do tipo “se você não reservar seu almoço vai ficar sem comer” ou “faça sua reserva para quando você chegar ao restaurante seu prato já estar pronto”. Se estiver viajando na alta temporada ou em feriados, isso até faz sentido.

Mas fora desses períodos, os restaurantes estarão mais vazios e, caso não queira gastar tanto todos os dias da viagem, saiba que muitos locais preparam lanches, pastéis e os famosos PF com preços mais em conta. Assim, você não precisa sempre reservar o almoço se o orçamento estiver apertado.

Aproveitar para conhecer a Praia do Crena, que fica a 20 minutos da Vila de Abraão, também é uma boa pedida. Inclusive, nesta praia tem pousada e restaurante. Dá para alugar um stand-up paddle para se divertir nas águas calmas e cristalinas e passar o dia inteiro por lá. A Praia do Abraãozinho e Praia Preta também são alcançadas por meio de trilhas de 20 minutinhos, saindo da Vila.

Outro passeio de dia inteiro maneiro é para a Gruta do Acaiá, um dos destinos mais encantadores de Ilha Grande que, acredite: quase ninguém conhece!

Após descer uma escadinha de madeira e passar por fendas estreitas, alguns momentos sem iluminação (não recomendado para quem tem claustrofobia), os visitantes chegam à gruta com águas transparentes alucinantes.

A incidência dos raios solares deixa a água com uma tonalidade fora de série. A gruta tem 30 metros de largura e “teto” baixo, não dá para fazer muita farra, mas vale pelo visual (leve um celular em bolsas à prova de água).

Depois da Gruta do Acaiá, muitas agências seguem para a Lagoa Verde, local bom para banho e flutuação. Um passeio desse tipo dura o dia inteiro e custa entre R$ 60 a R$ 80 já com o ingresso de entrada da gruta incluso (+ R$ 10 do guia que acompanha a descida).

Outro ponto bastante interessante para visitar é a Praia do Aventureiro, muito bonita e com o famoso Coqueiro Aventureiro (aquele coqueiro deitado que aparece em várias fotos de Ilha Grande). Chega-se até lá de barco ou lancha, com transfers que custam entre R$ 35 e R$ 50.

Ainda na Praia do Aventureiro, faça a trilha de 15 minutinhos para chegar ao Mirante do Sundara e ter uma vista privilegiada das praias. É bem fácil achar um restaurante simples que sirva PF nesta praia: seu almoço está garantido!

Visitar a Praia do Caxadaço e apreciar seu visual selvagem e rústico também vale fazer parte do roteiro de passeios em Ilha Grande. Algumas agências oferecem o passeio com combo para a Praia do Aventureiro + Praia do Caxadaço. Verifique todas as opções disponíveis em agências de Vila Abrão 😉

Outro passeio de dia inteiro é para conhecer a Praia de Santo Antônio, que fica pertinho de Lopes Mendes (200 metros de distância). Dá para visitar uma de manhã e outra à tarde numa boa! Nossa dica é que você pegue uma lancha até Lopes Mendes, já que a distância de Abraão até lá é de 11 km.

A Praia de Santo Antônio tem pedras grandes no meio do mar, aquele visual característico de Ilha Grande, que deixa o cenário ainda mais encantador. Bem cedinho a cor da água fica com aquela coloração azul-esverdeada dos sonhos.

A Praia de Lopes é considerada uma das mais bonitas do país. Nem precisamos reforçar muito que você não vai se arrepender de conhecer esse lugar!

Como comentamos, Ilha Grande tem 106 praias e dezenas de ilhas espalhadas ao seu redor. Tem muito lugar MESMO para você conhecer e explorar durante uma viagem, como a Praia da Feiticeira, a Praia Dois Rios, Praia de Palmas… Só vá e se divirta!

Mergulho em Ilha Grande

Foto: Reprodução / Ilha Grande

Apaixonados por mergulho colocam sempre Ilha Grande no roteiro de expedições. Mas não pense que só profissionais se divertem no fundo do mar: tem bastante opção para amadores e quem nunca mergulhou na vida.

Graças às águas cristalinas, será possível visualizar naufrágios, a maioria deles europeus, que naufragaram entre os séculos XVI e XIX (na época que Ilha Grande foi território de batalhas com o Império).

É imperdível mergulhar até o navio Pinguino, que fica na Enseada de Sítio Forte; ver o helicóptero na Enseada do Bananal; ver o fundo do mar na Ilha de Jorge Grego; ou mergulhar na Praia Vermelha para ver o naufrágio Vapor Califórnia.

Veja também: As 12 melhores praias de Angra dos Reis que você precisa conhecer

Onde ficar em Ilha Grande

Foto: reprodução / Booking.com

Ao planejar uma viagem para Ilha Grande, você tem várias possibilidades de hospedagem para cogitar.

Quem resolve fazer um bate e volta pode ficar em Angra dos Reis. Nossa dica é pernoitar na ilha, se possível na Vila Abraão, já que a oferta hoteleira é bem interessante e isso facilita o deslocamento para passeios.

Os preços não são os mais baratos, mas confira nossa seleção:

O Beira Mar Hostel fica bem em frente ao cais da Vila de Abraão. As diárias, com café da manhã incluso e acomodação em quarto coletivo com 6 camas, custam a partir de R$ 200 para o casal.

O Mambembe Hostel também é bem localizado em Abraão e fica pertinho da Igreja de São Sebastião e do Porto da Cidade. Com café da manhã incluso, as diárias em quarto duplo custam a partir de R$ 500 para o casal.

Foto: Reprodução / Booking.com

Outra hospedagem bem fofinha e rústica é o Hostel Chalé da Praia, à beira-mar e a poucos passos da Praia do Abraão. As diárias com café da manhã incluso em quarto compartilhado custam a partir de R$ 137 por pessoa. Suítes para duas pessoas, com banheiro privativo, saem em média R$ 400.

Ainda em Abrão, a 5 minutos a pé da praia, a Pousada d’Pillel é bem avaliada pelos hóspedes, com café da manhã incluso no preço e oferece suítes com banheiro privativo e varanda. As diárias para duas pessoas saem por R$ 240.

A Pousada Toca do Mar está situada à beira-mar na Praia de Palmas, aproximadamente 2 km de distância do cais de Vila Abraão. Os quartos possuem varanda e banheiro privativo, garantindo o bem-estar do hóspede. Para janeiro, alta temporada, encontramos quarto para casal com diária a partir de R$ 350 com café da manhã.

Outra opção é a Pousada Recanto do Sabiá, que fica pertinho da Igreja São Sebastião. Um lugar rústico, simples e com café da manhã bem saboroso. As diárias para duas pessoas partem de R$ 162.

Preços consultados em abril de 2021 e sujeitos a alteração

Quem gosta de acampar pode cogitar ficar na Praia do Aventureiro, isso porque lá tem o Camping do Luiz e o Camping do Ferreira.

Onde comer em Ilha Grande

Apesar de se uma pequena ilha, Ilha Grande tem uma boa variedade de restaurantes de todos os bolsos e gostos.

Além de frutos do mar, há gastronomia italiana, mexicana, especializados em cortes de carne, creperia, bares, cafés e quiosques mais simples com opções de hot dogs e tapiocas, a maioria fica localizado na Vila do Abraão.

The Secret Gourmet Club

O nome já indica: é um restaurante secreto, não é possível andar pela vila e avista-lo, é necessário fazer reserva pelo WhatsApp (24) 99211124 e no momento da reserva você já escolhe o prato e te indicam o local. Experiência gastronômica incrível segundo pessoas que já foram lá.

Café do Mar

Foto: Divulgação

Na Vila do Abraão com pé na areia o Café do Mar tem frutos do mar, carnes, música ao vivo e claro a experiência de comer tendo o mar como a vista principal! Praia Canto

Meros – Creperia, Pizzaria e Restaurante Mexicano

Nada como uma boa variedade no cardápio não é mesmo? O Meros tem crepe, pizza e ainda comida mexicana! Para agradar todos os paladares. O restaurante pertence à Pousada dos Meros e recebe todos os visitantes da Ilha Grande. R. Getúlio Vargas, 719 – (24) 3361-9446

Las Sorrentinas

Foto: Divulgação

Comer massa na praia pode parecer estranho mais o Las Sorrentinas é um restaurante extremamente bem recomendado em Ilha Grande. A proposta é um cardápio enxuto: a massa Sorrentina que você escolhe o recheio e o molho, tudo feito em casa. Rua Getulio Vargas 638 Pousada Paloma – 24 3361-5063

Pronta para curtir praias lindas e ter férias dos sonhos em um dos trechos mais animados do litoral brasileiro? 😉

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *