Explorar o interior do Brasil pode revelar boas surpresas. É o caso da isolada e tranquila Ilha de Superagui, destino repleto de paisagens intocadas no Paraná, onde muitos costumam fugir para a famosa Ilha do Mel. Emoldurada pela Mata Atlântica, o território faz parte do Parque Nacional do Superagui, junto com o Vale do Rio dos Patos, que engloba as ilhas das Peças, do Pinheiro e do Pinheirinho.

A aproximadamente 145 km de distância de Curitiba, a rústica ilha pertence ao município de Guaraqueçaba, próximo à fronteira de Paraná com São Paulo. Restingas, manguezais, trilhas ecológicas e praias formam o cenário exótico, onde é possível avistar golfinhos, mico-leão-da-cara-preta e papagaio-de-cara-roxa, espécies endêmicas, raras e ameaçadas de extinção. Tudo isso torna a região Patrimônio Natural da Humanidade segundo a Unesco.

Com 38 km, um dos grandes atrativos é a Praia Deserta, onde dá para fazer longas caminhadas, que vão de 4 a 7 horas de duração, andar de bicicleta ou até mesmo reservar um tempo para a observação de aves, especialmente nos meses de março e abril. A chamada Trilha da Lagoa, com cerca de 3 km, também é outra opção de passeio para ir do vilarejo até a praia.

Durante a estadia é possível ainda navegar pelos canais e conhecer as outras ilhas num passeio de barco. Na Ilha das Peças há grande concentração de golfinhos e restaurantes de comida caseira, feita por pessoas da comunidade de pescadores. Além dos 500 habitantes, muitos paranaenses mantêm casas de veraneio na região.

Outra dica é provar a Cataia, conhecida como “uísque caiçara“. A cachaça regional é feita a partir das folhas da cataia, um arbusto encontrado no Parque Nacional, que traz um sabor único para o paladar. Mas, nada de exageros, já que no local não há farmácias, hospital ou caixas eletrônicos, tampouco sinal de celular.

Para garantir que a visita seja produtiva, evite os meses de março a maio, período de muitas chuvas. Como chegar: o acesso mais fácil é de barco ou táxis náuticos, sendo 2 horas de travessia a partir de Paranaguá; ou por Guaraqueçaba, que inclui no trajeto 80 km por terra e outras 3 horas por mar.

Para hospedagem confira a rústica Pousada Superagui que oferece quartos estilo hostel mas também quartos para casais.

Que tal aproveitar a viagem e conhecer uma vinícola na Serra do Mar?

Foto: Felipe Feijó

 

Post por Brunella Nunes
Fotos: divulgação

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verão 2020

Programe-se para curtir as belezas da Bahia no próximo verão! Temos dicas de lugares incríveis para suas férias.