Não é novidade que o Brasil é um país imenso e cheio de lugares fantásticos para desbravar, e se você busca um destino nacional para a sua próxima viagem, hoje temos uma dica impressionante: a Ilha de Santo Aleixo.

Situada entre Porto de Galinhas e a Praia dos Carneiros, a Ilha de Santo Aleixo é aquele lugar paradisíaco, calmo e perfeito para quem gosta de estar em sintonia com a natureza.

Bora viajar? Encontre aqui sua passagem aérea para Recife

Ainda pouco explorada turisticamente, a região foi ocupada por navegadores espanhóis em 1527 e depois por portugueses, franceses e holandeses. Nos séculos 16 e 17, a Ilha de Santo Aleixo serviu como base de saques que eram realizados no litoral de Pernambuco, especialmente do pau-brasil.

Como chegar à Ilha de Santo Aleixo

A ilha é uma propriedade particular destinada ao turismo e que faz parte do município de Sirinhaém. O acesso acontece através do rio Sirinhaém e você pode percorrer o trajeto, que dura cerca de 15 minutos, de lancha ou barco.

Para programar a travessia, você pode entrar em contato com a agência Monteiros Tour, situada em Barra de Sirinhaém, que tem um pacote especial de passeio completo, com ida e volta de lancha e acompanhamento de guia turístico. O valor do passeio, que dura 5 horas no total, é de R$ 60 por pessoa, e as reservas podem ser feitas pelo site da empresa.

Outra opção é agendar o tour pelo site da Viator, parceira aqui do Quanto Custa Viajar. Neste caso, o passeio oferecido parte de Maragogi rumo à Ilha de Santo Aleixo e tem duração de 8 horas. O valor deste pacote fica na faixa de R$ 175. Clique aqui e confira!

O que fazer na Ilha

Já na ilha, você vai poder admirar a paisagem, mergulhar em piscinas naturais e com águas azuis e mornas, descansar na areia, fazer a trilha até o outro lado da ilha e apreciar os petiscos e as bebidas dos bares e sombreiros instalados em Santo Aleixo.

Na hora que bater uma fominha, você pode almoçar no Santo Aleixo Tour, um restaurante na ilha. Tem porções de fritas por R$ 25 e até peixe inteiro, com 1,5 kg de carne que serve tranquilamente 4 pessoas, assado e com acompanhamento por R$ 140.

Vale frisar que a trilha de Santo Aleixo é considerada pequena, de pouco esforço e pessoas de todas as idades podem participar – ela é feita com a ajuda de um guia local, conhecido popularmente por seu bom humor e por contar a história da região aos visitantes.

A ilha, que tem cerca de 30 hectares, é uma superfície formada em cima de rochas vulcânicas cobertas por uma vegetação de arbustos e muitos coqueiros.

De cima, o formato da ilha se parece com uma ferradura, por isso ela é conhecida também como Praia da Ferradura, mas não se assuste se alguém se referir ao mesmo lugar como Lagoa Azul – você vai entender a origem desse apelido quando vir as águas de Santo Aleixo pela primeira vez, não tenha dúvidas!

Outra informação bacana sobre o lugar é que ele conta com diversos mirantes para que os visitantes admirem as paisagens de diferentes pontos de vista – são muitas opções de fotos impressionantes.

Se você gosta de mergulhar em um mar claro, limpo, refrescante e cheio de corais e peixes, leve uma máscara de mergulho e um snorkel, para ter tempo de apreciar a vista abaixo da água. Caso não tenha o equipamento, você pode alugar uma máscara direto na ilha por R$ 20.

O uso de guarda-sóis, de cadeiras, e até da ducha são cobrados à parte. Por isso, certifique-se dos valores vigentes antes de usufruir esses itens para não ser surpreendida com a conta no final do passeio.

Onde ficar ao visitar Santo Aleixo?

Foto: reprodução / Booking.com

A Ilha de Santo Aleixo, propriamente dita, é uma propriedade particular aberta à visitação, o que significa que você precisará se hospedar em Porto de Galinhas ou em Sirinhaém, o que é ótimo para variar o número de praias que você vai conhecer.

Quem adora a vibe de um bom hostel pode cogitar ficar Porto de Galinhas Hostel, uma hospedagem muito bem avaliada no Booking.com. A diária em quarto misto com 8 camas parte de R$ 74, já com café da manhã incluso!

Se estiver indo com mais uma pessoa, uma pousada mais do que recomendada é a Vila Moa. Essa hospedagem também fica em Porto de Galinhas e é conhecida por seus aposentos cheios de charme e conforto – os quartos têm até redes, para que você descanse bem depois dos seus passeios, mergulhos e trilhas. A pousada conta também com piscina ao ar livre, churrasqueira, estacionamento próprio, praia privativa e tem comodidades para pessoas com mobilidade reduzida. Os preços para duas pessoas vão de R$ 307 a R$ 670 por dia.

Mais uma dica de hospedagem para quem viaja a dois é a Pousada dos Coqueiros, que fica na belíssima orla da Praia de Maracaípe, um lugar tranquilo com areia fina e fofinha indicado para quem busca por sossego. Com mar agitado e ondas fortes, os surfistas também adoram essa praia, que inclusive faz parte do Circuito Brasileiro de Surf. As diárias nesta hospedagem dos sonhos para quem deseja conhecer Porto de Galinhas partem de R$ 290 para o casal, já com café da manhã incluso.

pousada dos coqueiros
Foto: Booking

Também com excelente localização, a Pousada Santo Aleixo fica na Praia de Serrambi, de frente para a ilha. Os quartos têm varanda térrea ou sacada com rede e vista para o mar, e a pousada também é acessível a pessoas com mobilidade reduzida. O valor da diária por pessoa varia de R$ 135 a R$ 414.

A Pousada Palanca Negra fica em Serrambi, pertinho de Santo Aleixo, e todos os seus quartos têm varanda com vista da piscina. Os hóspedes também têm acesso ao terraço da pousada, localizada a apenas 12 km do centro de Porto de Galinhas. A propriedade tem acomodações variadas e conta com ótimos quartos para famílias, além de restaurante e bar. A diária por pessoa vai de R$ 423 a R$ 603.

Os preços foram consultados em fevereiro de 2020 e estão sujeitos a alteração.

Viajar pelo Brasil é uma experiência rica em diversos aspectos, e se você decidir mesmo explorar Pernambuco, Ilha de Santo Aleixo e, de quebra, Porto de Galinhas, aproveite para conhecer o incrível Projeto Hippocampus, um centro de preservação ambiental focado na pesquisa dos cavalos-marinhos. A gente garante: vale muito a pena!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para ajudar você a enfrentar essa quarentena...

Preparamos muito conteúdo bacana para você viajar sem sair do sofá!