Desbravar as belezas da Grécia é um verdadeiro colírio para os olhos. Mas se você quer sair do lugar-comum, a pitoresca Ilha de Amorgos é uma boa opção. Rodeada por penhascos e baías cênicas, tem como principal atração turística um curioso mosteiro encrustado numa rocha a 300 metros de altura.

Chamada de Panagia Hozoviotissa, o monumento religioso fica visível apenas a partir do mar Egeu, que banha a ilha. O monastério, que é o segundo mais antigo do país, é devoto à Virgem Maria, padroeira local, celebrada anualmente no dia 21 de novembro pelo residentes de Chora, a capital. Dizem que a imagem da santa, encontrada encontrada há muitos anos atrás, foi precursora de vários milagres na região.

O lugar inusitado foi escolhido por intervenção divina, segundo os monges. Erguida em pedra calcária no ano de 1077 e renovado em 1088, durante o reinado de Alexios Komnenos, a construção conta com 300 degraus íngremes que levam ao seu labirinto interior, formado por uma série de cavernas em oito níveis distintos, decoradas com elementos um tanto bizantinos.

Os atuais monges que vivem e estudam ali recebem o público servindo psimeni raki, um licor típico, e loukoumi, manjar turco semelhante a uma bala de goma, com sabor de água de rosas ou limão.

Outras belezas da ilha também não passam despercebidas. As baías são de cair o queixo tanto na superfície quando debaixo d’água, com cavernas submersas que são um verdadeiro tesouro para mergulhadores. Para conhecer algumas das mais bonitas, siga rumo Ayia Anna, de onde se vê o monastério, a península de Ayios Pavlos e as praias de Mouros e Mikri Vlyhada.

Seja pelos pátios, becos estreitos e tavernas de Chora, nas ensolaradas praias da Katapola ou nos adoráveis vilarejos de Aigiali, onde o sol se põe, você pode cair de amores por este pedacinho do arquipélago de Cíclades.

Como chegar: a maneira mais prática de ir até Ilha de Amorgos é por meio dos ferries. Quem vem de Atenas pode recorrer ao porto de Pireu, numa travessia que leva de sete a nove horas. Há balsas saindo de ilhas vizinhas, como Santorini, Syros, Naxos, Paros e Patmos.

Encontre aqui opções de hospedagem em Amorgos!

Fotos: divulgação/turismo de Amorgos
Foto em destaque: Andrea Moroni

Os incríveis mosteiros suspensos de Meteóra, na Grécia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *