Huacachina é um vilarejo que fica pertinho da cidade de Ica, no Peru. O local é considerado o “oásis da América”, isso porque, bem no centro da pequena aldeia, existe uma lagoa que é rodeada por dunas gigantescas com areias claras e macias! Se você gosta de esportes de aventura, visitar o local deve fazer parte do seu roteiro de viagens pela América do Sul, afinal de contas: dunas = sandboard e skibunda!

O pequeno vilarejo surgiu na década de 40 e servia como um refúgio para as famílias ricas peruanas descansarem. Mas foi nos anos 90 que o local se popularizou, quando os passeios de buggy começaram por lá. Desde então, muita gente coloca Huacachina no roteiro de passeios. Reservar apenas um dia inteiro para visitar a pequena aldeia é suficiente para você aproveitar os esportes radicais.

Como chegar a Huacachina

Foto: Flickr – David Stanley

O Saara do Peru fica a 290 quilômetros de Lima e a melhor maneira de chegar até lá é fazendo a viagem de ônibus. A Cruz del Sur é considerada uma das melhores empresas de transporte rodoviário do Peru. O valor das passagens pode ser um pouquinho mais caro, mas vale a pena.

Defina seu ponto de chegada na cidade de Ica, que fica pertinho de Huacachina. Saindo de Lima, por exemplo, em aproximadamente 5 horinhas de ônibus, você chega lá. Outro ponto de partida comum é a cidade de Nazca, que fica a 150 quilômetros de Ica.

Chegando em Ica, você deve pegar um táxi até Huacachina — assim que desembarcar, vários taxistas já irão te abordar, oferecendo serviços. O valor da corrida deve ficar em torno de 10 Soles (aproximadamente 10 reais) e o tempo de Ica até Huacachina é de 10 minutos.

Quer viajar para o Peru economizando? Confira nosso buscador de passagens aéreas baratas.

O que fazer em Huacachina

Foto: Wikimedia Commons

Chegando ao oásis de Huacachina, uma das primeiras coisas para visitar é a lagoa, rodeada por palmeiras, restaurantes e dunas gigantescas. A água da lagoa é imprópria para banhos — por isso, deixe a vontade de dar aquele tchibum de lado, mesmo no calor escaldante do deserto! O máximo que você consegue fazer por lá são passeios em pedalinhos.

Passeio de buggy em Huacachina

Foto: Flickr – Flexbox

A grande diversão de Huacachina é o passeio de buggy pelas dunas imensas! Não é necessário reservar com antecedência, basta chegar na rua principal (e única) do vilarejo e procurar uma agência local. Os carros são adaptados e levam até 12 pessoas ao mesmo tempo, um pouco diferente dos buggies que vemos aqui pelo Brasil.

Foto: Pixabay
Foto: Wikimedia Commons
Foto: Wikimedia Commons

O preço dos passeios varia de 35 a 45 Soles e você também paga uma taxa de 3,60 Soles para entrar nas dunas. São oferecidas duas formas de passeio: a Dune Buggy e a Sandboarding Tour.

A primeira consiste em fazer apenas o passeio de buggy, que é bem radical e veloz pelas subidas e descidas das dunas. Já a segunda, a mais recomendada, garante o buggy e ainda a possibilidade de realizar sandboard pelas dunas.

Foto: Pixabay

Você pode descer em pé, deitada ou sentada na prancha: escolha como você se sente mais confortável e se jogue! Prepare-se porque o passeio é cheio de emoção: as dunas medem aproximadamente 30 metros de altura! Seja dentro do buggy ou descendo deitada em cima de uma prancha, será um dia repleto de atividades bem radicais.

O melhor horário para fazer o passeio de buggy em Huacachina é às 16h, isso porque lá faz muito calor e o sol já não vai mais castigar tanto a sua pele. Esse horário também é bom porque você pode ficar por lá para curtir o pôr-do-sol e admirar a mudança de cores no céu, é um espetáculo incrível! Os passeios de buggy em Huacachina duram em média 2 horas.

Inclua um Seguro Viagem Internacional antes de se aventurar nas dunas gigantescas do deserto.

Dicas para quem vai fazer o passeio de buggy em Huacachina

Foto: Pixabay
  • A areia é muito macia e você vai praticamente afundar nas dunas. Por isso, vá com um tênis confortável.
  • Não use chinelos: a areia fica muito quente e pode ser difícil andar dessa maneira.
  • Leve seus óculos: é MUITA areia para todos os lados. Sem óculos vai ser difícil ficar com os olhos abertos.
  • Se você usa lentes de contato, retire-as antes de ir. Vai entrar areia e você vai se incomodar.
  • A areia vai praticamente grudar no seu corpo. Use uma bermuda mais comprida para que a areia não fique raspando e não asse entre suas coxas.
  • Protetor solar é indispensável, mas já sabe: você vai ficar “à milanesa”!

O que fazer à noite

Em Huacachina, tudo fecha às 22:30 e a vida noturna na cidade é bem pacata. Muita gente sobe as dunas à noite para fotografar a lagoa. Se você estiver com uma câmera fotográfica bacana, vale a pena a subida. Use uma lanterna para ajudar a enxergar pelo caminho!

Foto: Wikimedia Commons

Quem procura um pouco mais de diversão pode ir até o centrinho de Ica para aproveitar os bares e restaurantes que ficam abertos até mais tarde. Você vai encontrar muitas lojinhas de artesanato na praça central.

Se você viaja com grana curta, a boa notícia é que a alimentação tanto em Huacachina quanto em Ica é mais econômica. Com 10 a 15 Soles, você consegue fazer refeições estilo prato-feito com bebida. Não é nada gourmetizado, são pratos simples, mas para quem fica um ou dois dias na cidade, é ok.

Onde se hospedar

Foto: Flickr – Carlos Adampol Galindo

Quem viaja para conhecer o oásis de Huacachina pode se hospedar em Ica ou diretamente no vilarejo. Confira boas opções:

  • Banana’s Adventure Hostel: hostel em Ica com piscina ao ar livre perfeita para se refrescar do calor, redes no jardim, Wi-Fi e café da manhã. O bar do hostel é sempre bem animado.
  • Hotel El Huacachinero: um dos melhores hotéis situado no oásis, rodeado por dunas gigantescas! Possui piscina, Wi-Fi e restaurante.
  • Casa de Arena: mais uma opção de hotel para quem quer se hospedar no vilarejo de Huacachina.
  • Hotel Las Dunas: hotel com boa infraestrutura localizado na cidade de Ica.
  • Hotel Viñas Queirolo: uma opção para quem deseja se hospedar com estilo em Ica.

Huacachina é um destino perfeito para quem gosta de aventura ou de simplesmente admirar as belezas naturais. Prepare sua mochila e vá desbravar o deserto peruano. Use nosso buscador de passagens baratas para começar a planejar sua trip.

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *