A Gruta da Pratinha e Gruta Azul são duas atrações que não podem ficar de fora de um roteiro de passeios de quem visita a maravilhosa Chapada Diamantina, na Bahia. As duas grutas ficam na Fazenda Pratinha, uma propriedade particular com infraestrutura simples, mas bacana, no município de Iraquara que recebe visitantes de todos os cantos do mundo que desejam ver de perto esse espetáculo da natureza.

Localizada a 73 km de Lençóis, principal cidade que serve como base para quem deseja desbravar a Chapada Diamantina, a Gruta da Pratinha e Gruta Azul ainda ficam no caminho de quem visita a imponente Gruta Lapa Doce, mais um ponto turístico que deve fazer parte do seu roteiro!

chapada diamantina
Pratinha. Foto: Rosanetur

Os visitantes podem ir até a Fazenda Pratinha com uma agência de turismo ou por conta própria, com um veículo particular ou carro alugado, já que o deslocamento é tranquilo e bem sinalizado.

Conheça a Gruta da Pratinha e Gruta Azul

Ao contratar o passeio com uma agência, você provavelmente vai fechar apenas o translado e a entrada na fazenda (ingresso que custa R$ 40). Porém, lá dentro, existem várias atividades extras, como passeio de pedalinho, tirolesa com 80 metros de extensão, caiaque entre outras que podem ser pagas à parte. Um desses passeios extras, talvez o mais especial, é a flutuação na Gruta da Pratinha, também pago à parte. O valor da flutuação é de R$ 40.

Ao pagar pelo passeio nas águas cristalinas, o visitante recebe um colete salva-vidas de uso obrigatório, máscara de mergulho e lanternas. Acompanhados por um guia que navega na frente dentro de um bote, os turistas seguem para a área interna da gruta, o lugar mais bonito do passeio!

gruta da pratinha e gruta azul
Foto: Wikimedia Commons

Por questões de preservação, o guia irá alertar você a não tocar no solo em determinadas regiões da gruta. Mas, mesmo assim, o passeio é bem tranquilo e fácil de ser conduzida pelas águas! O deslocamento é de aproximadamente 150 metros e dura em média 40 minutos.

Tudo começa na área externa da gruta, um local onde todos os visitantes da Fazenda Pratinha podem chegar. Se for apenas contemplar, o tour vai até ali. Se for flutuar, é dessa área de águas rasas que a excursão começa.

chapada diamantina
Pratinha. Foto: Wikimedia Commons

Deslocando-se para o interior da gruta, a escuridão toma conta de tudo e a profundidade das águas começa a ser sentida. Sem as lanternas, é praticamente impossível ver qualquer coisa. Siga flutuando e apreciando cada detalhe da gruta. Seu guia vai pedir para que seu grupo fique em silêncio e desligue as lanternas. Esse é um momento de se conectar com a natureza em sua forma mais pura!

Flutuando para a saída da gruta, as águas retornam a ficar mais rasas e ainda mais azuladas, podendo-se, assim, observar peixes e, com sorte, até tartarugas que habitam a região. Visitar a Chapada Diamantina e não fazer esse passeio é quase um pecado! Você PRECISA sentir essa emoção <3

Chapada Diamantina: guia sobre um dos destinos mais lindos para conhecer no Brasil

Saindo da Gruta Pratinha, os turistas podem emendar o passeio indo a pé até a Gruta Azul, que fica praticamente ao lado. Essa formação rochosa está diante dos seus olhos apenas para contemplação. Os visitantes não podem entrar nas águas fascinantes e transparentes, que atingem 70 metros de profundidade. Essa é uma maneira de preservar essa joia da natureza.

Pelo fato de não ser aberta a flutuações e mergulhos, muita gente que visita a Fazenda Pratinha deixa de visitar a Gruta Azul. Até mesmo porque, convenhamos: será difícil sair das águas quentinhas da Gruta da Pratinha. Mas, acredite, vale muito a pena ver de perto a Gruta Azul.

gruta da pratinha e gruta azul
Foto: Wikimedia Commons

A dica é ir até lá entre 14h e 15h, isso porque, nesse horário, um feixe de sol invade a abertura superior da gruta, fazendo com que os visitantes consigam ver o fundo da caverna. Simplesmente, um cenário para ficar para sempre na memória.

Após conhecer essas duas belezinhas, aproveite a infraestrutura da Fazenda Pratinha ou siga para outros pontos, porque atração bonita e emocionante é o que mais se encontra na região da Chapada Diamantina!

Informações importantes sobre a Gruta da Pratinha e Gruta Azul

  • O ingresso para entrar na Fazenda Pratinha custa R$ 40. Os preços das atividades extras são: R$ 40 flutuação; R$ 20 Tirolesa; R$ 20 para andar de pedalinho, R$ 90 para fotos subaquáticas;
  • A fazenda possui banheiros e até um casarão com mais de 100 anos que funciona como uma pousada;
  • Se bater a fome, aproveite para comer no restaurante do local que serve comida típica;
  • Para o passeio, leve roupas de banho, toalha e chinelo caso queira flutuar;
  • Se for apenas caminhar, use roupas confortáveis;
  • Não use protetor solar ou repelente antes de entrar na água da Gruta da Pratinha, mas leve os itens para proteger sua pele.

Onde ficar?

As principais cidades na Bahia que funcionam como base para quem viaja para a Chapada Diamantina são: LençóisMucugêIbicoaraPalmeirasAndaraí e Rio de Contas. As vilas Igatú e Vale do Capão também fazem parte do roteiro.

Lençóis é a maior delas, com muitas opções de hospedagem e restaurantes legais para conhecer. Mucugê é uma verdadeira gracinha e ficar hospedada nela também será uma boa pedida!

Agora que você já sabe mais sobre duas das atrações mais bonitinhas da Chapada Diamantina, comece a se organizar para viajar! Use nosso buscador de passagens aéreas baratas e fique atenta, porque vira e mexe aparece promoção para você voar mais barato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verão 2020

Programe-se para curtir as belezas da Bahia no próximo verão! Temos dicas de lugares incríveis para suas férias.