Visitar Fernando de Noronha é o sonho de muita gente! Mas, conhecer esse paraíso pernambucano tem um preço (bem alto para muitos bolsos) e muitos mochileiros acabam deixando o destino de lado por conta disso. Mas é possível conhecer Fernando de Noronha sem gastar muito.

Tudo vai depender das suas escolhas e principalmente da sua dedicação na hora de montar o roteiro. Por isso, não tenha pressa na hora de se planejar para ir a Fernando de Noronha.

A ilha é pequena, isso é verdade. Mas a variedade de passeios e coisas para fazer por lá é tanta que você vai sempre sentir vontade de ficar mais tempo. Não faça as coisas apressada, ok? Economize para poder viajar, invista seu dinheiro para render e conseguir realizar esse sonho.

Noronhe-se você também, como já diria nossa amiga Bruna Marquezine, né!

Taxas obrigatórias em Fernando de Noronha

fernando de noronha sem gastar muito
Foto: Wikimedia Commons

Saiba que existem algumas taxas que não tem jeito: você terá que pagar quando for para Fernando de Noronha.

Taxa de Preservação Ambiental

A Taxa de Preservação Ambiental (TPA) é obrigatória para todas as pessoas que desejam visitar a ilha de Fernando de Noronha. O valor pago é referente ao número de dias que você fica na ilha. Um dia de permanência gera uma TPA de R$ 70,66, quatro dias de permanência custa R$ 282,66. A partir de 5 dias de permanência, os turistas começam a ganhar descontos. Clique aqui e confira a tabela com os preços vigentes.

Essa taxa pode ser paga diretamente no aeroporto. Mas, para agilizar sua saída, você pode pegar o formulário online e fazer o pagamento. Clique aqui.

Parque Nacional Marinho Fernando de Noronha

A segunda é o ingresso para o Parque Nacional Marinho Fernando de Noronha. O ingresso individual e intransferível dá direito ao visitante a acessar todas as áreas de visitação pública do PARNAMAR, suas trilhas e praias.

Onde comprar o ingresso para o Parque Nacional Marinho Fernando de Noronha:

  • Pela internet, acessando aqui.
  • No Centro de Visitantes do ICMBio – Al. do Boldro, s/n, Boldró. Diariamente das 8h às 22h.
  • No Pic Golfinho – Sancho – no acesso ao Mirante dos Golfinhos e Praia do Sancho. Diariamente das 8h às 18H30.
  • Pic Sueste – Praia do Sueste. Diariamente das 9h às 16h.

O preço é de R$ 106 para brasileiros e R$ 212 para estrangeiros.

1. Meses para viajar para Fernando de Noronha sem gastar muito

fernando de noronha sem gastar muito
Foto: Rosanetur

A baixa temporada é entre os meses de agosto a outubro e um bom período para conhecer Fernando de Noronha sem gastar muito. Isso porque, nesse período, os custos de passagem, hospedagem e até de alguns passeios reduzem um pouco — e o mar fica super bom, garantindo aquelas cenas dignas de cartão postal.

Existe uma campanha chamada “Mais Noronha” na qual, entre os meses de abril e julho, diversas pousadas, restaurantes e fornecedores de serviços oferecem descontos de até 30% para você conhecer e desfrutar do melhor de Fernando de Noronha.

Esse também é o período em que a probabilidade de chuvas aumenta, podendo deixar o mar mais agitado e com visibilidade reduzida. Saiba mais sobre quando ir para Fernando de Noronha aqui.

2. Pesquise passagens aéreas baratas

fernando de noronha sem gastar muito
Foto: Wikimedia Commons

O primeiro passo quando queremos viajar é definir uma data para a trip e já ficar com o radar ligado para encontrar passagens aéreas baratas.

Aqui no site do Quanto Custa Viajar, você pode usar nosso buscador para encontrar passagens com os melhores preços.

Dentro da página com os custos de viagem para Fernando de Noronha, você define a cidade de origem e pode acompanhar a oscilação dos preços das passagens.

Clique aqui e calcule os preços de passagens aéreas para Fernando de Noronha

Note que as datas sinalizadas em laranja são as com preço mais em conta. Já as azuis escuras são as mais caras. Com esse buscador, você consegue ter uma ideia dos períodos em que as passagens estão mais em baratas e pode começar a organizar sua viagem para lá.

3. Tem hotéis e pousadas mais baratos, sim!

Foto: Pixabay

Nem todo mundo tem a chance de ficar em um hotel ou pousada de luxo de frente para o mar. Mas é possível, sim, encontrar hostels bem ajeitadinhos e com preços atrativos. Assim, você consegue viajar para Fernando de Noronha sem gastar muito. Quer ver algumas opções?

Para simular essa viagem, pesquisamos os preços de hostels e pousadas com hospedagem para a primeira semana de abril de 2019. Lembre-se: os valores mudam conforme períodos do ano e também aos finais de semana.

  • Boldro Surf House: diárias a partir de R$ 99,40 por pessoa em hostel com dormitório compartilhado misto ou dormitório feminino – contendo cozinha compartilhada.
  • Estação Noronha Hostel: diárias a partir de R$ 120 para dormitórios compartilhados masculinos e R$ 124 para feminino, também com cozinha compartilhada.
  • Doce Lar Hostel Noronha: diárias a partir de R$ 139 em quarto misto ou quarto feminino, com cozinha compartilhada.

Pesquise aqui todos os hostel em Fernando de Noronha!

Se você procurar com carinho, sem dúvidas vai encontrar opções próximas de praias e com preços bem interessantes para viajar para Fernando de Noronha sem gastar muito

4. Alimentação sempre é cara, por isso: prepare suas refeições

fernando de noronha sem gastar muito
Foto: Wikimedia Commons

Um dos itens que mais encarece as despesas de viagem é a alimentação. Se você pretende conhecer Fernando de Noronha sem gastar muito tenha em mente que será importante cozinhar no seu hostel.

O bom é que a maioria tem cozinha compartilhada e geladeira para você guardar seus itens. Assim, você faz o café da manhã (caso não esteja incluso na sua diária) e prepara um lanche para levar em seus passeios. Essas ações vão fazer com que você economize de verdade!

Se você quiser jantar fora, também tem estabelecimentos com preços mais em conta por lá. Um deles é o Restaurante do Jacaré, que vende marmitas por R$ 15 ou buffet livre por R$ 25. Veja a avaliação do local no TripAdvisor.

O Restaurante do Valdenio também serve refeições por R$ 30 (veja as avaliações sobre ele aqui). Para quem está pertinho da praça Flamboyant, corre até o Maiskibon, um trailer que vende lanches e porções com preços a partir de R$ 20.

5. Transporte mais em conta? Tem sim!

fernando de noronha sem gastar muito
Foto: Pixabay

A ilha pede por um passeio de bugue. Porém, eles podem variar de R$ 250 a R$ 600, dependendo da época do ano em que deseja ir. Sendo assim, caso você realmente queira fazer passeios assim, tente dividi-lo com mais pessoas e seja bom negociador com seu condutor.

Você também pode apostar em andar por lá de ônibus, e economizar bastante! O valor da passagem é de R$ 5 por pessoa e a linha liga Baía do Sueste e o Porto de Santo Antonio, os extremos da ilha. O ônibus passa a cada 30 minutos (inclusive saindo do aeroporto) e funciona das 7h às 23h30.

Desde 2015, o projeto Bike Noronha foi implementado na ilha, auxiliando demais quem quer viajar para Fernando de Noronha sem gastar muito, isso porque o empréstimo das bicicletas é de graça! As bikes podem ser retiradas na faixa nas pousadas ou nos bicicletários espalhados pela ilha.

Outra maneira confiável de se deslocar pela ilha de Fernando de Noronha sem gastar muito é pedindo carona. Muitos moradores ajudam os turistas dessa maneira e você pode experimentar também.

6. Pesquise os passeios

fernando de noronha sem gastar muito
Foto: Wikimedia Commons

Noronha tem uma grande quantidade de passeios e muitos deles precisam ser feitos com agências e guias autorizados, já que você vai entrar em áreas de preservação.

Nós recomendamos que você dê uma olhadinha no site Ilha de Noronha e no site Trip Noronha para ter uma ideia dos preços dos passeios e poder negociar os valores.

O Ilha Tour, que faz um giro por toda a ilha, é uma maneira super legal de conhecer Noronha. Esse tour é feito com um carro 4×4 autorizado. Entre em contato com várias agências, porque os preços do passeio podem variar bastante (entre R$ 150 a R$ 250, por exemplo – preços consultados em dezembro de 2018).

O passeio de barco na Baia dos Golfinhos também é algo espetacular. Existem agências que oferecem o tour a partir de R$ 160.

fernando de noronha sem gastar muito
Foto: Wikimedia Commons

Mergulhos também variam bastante — e são uma das coisas mais lindas que você pode fazer em Noronha. Quem deseja fazer um, pode ir direto na Praia do Porto e falar com um instrutor credenciado (os valores chegam a ser quase metade do preço). Se você tiver equipamentos, como snorkel, máscara, pé de pato, vale a pena levar para economizar, sem precisar alugar por lá.

fernando de noronha sem gastar muito
Foto: Wikimedia Commons

Muitas trilhas também estão disponíveis na ilha. Uma delas, que deve ser feita com guia credenciado, é a Costa Esmeralda. A caminhada de 5km é considerada com dificuldade média, passando por 8 praias.

O importante é pesquisar com calma! As negociações que você fizer pela internet que ficarem boas serão importantes. Mas na hora, pagando em dinheiro, pode ser que você consiga preços atrativos também.

7. Praias para ir por conta própria

fernando de noronha sem gastar muito
Foto: Wikimedia Commons

Nem todas as praias são difíceis de chegar. A praia que fica no Porto de Santo Antonio tem águas cristalinas e é fácil de chegar por lá sem guia (inclusive, o ônibus passa lá por perto).

Perto da Vila dos Remédios, um local com bastante opção hoteleira, temos a praia da Conceição, uma praia urbana com infraestrutura legal para receber visitantes (e o ônibus passa por lá também).

Quer descobrir todos os custos-médio de uma viagem para Fernando de Noronha? Use nossa calculadora como ponto de partida. Depois, é só ajustar o roteiro de acordo com seu perfil 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *