Imensas montanhas emolduram um lago que, nos dias de sol, fica com coloração azulada de encher os olhos. Apreciar a Laguna del Inca é apenas uma das atrações da Estação de Esqui Portillo, que conta com resort e pistas para esquiar e fazer snowboard.

Considerada uma das mais agradáveis para aprender a esquiar e com um clima todo charmoso, o complexo, localizado a 2 horas de distância de Santiago, no Chile, fica no meio da Cordilheira dos Andes, a 2.888 metros de altitude.

estação de esqui portillo
Foto: Divulgação / Ski Portillo
estação de esqui portillo
Foto: Ski Portillo

Partiu? Encontre sua passagem aérea para Santiago com o melhor preço aqui!

Inaugurado em 1966, a estação de Portillo possui um ambiente bem familiar e funciona de junho a novembro. No total, são 35 pistas com níveis fáceis e avançados.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Demont Bus (@demontbus) em

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por skiportillo (@skiportillo) em

As pistas “Corralito” e a “La Princesa” são indicadas para iniciantes. No local também ocorrem aulas, pagas a parte, com instrutores de Portillo.

Além de esqui, o complexo oferece outras formas de lazer, como piscina aquecida, monitores para crianças, apresentações de música ao vivo e muito mais.

Como chegar à Estação de Esqui Portillo

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por skiportillo (@skiportillo) em

Portillo está a 164 km de distância de Santiago. Quem segue viagem de carro da capital chilena até a estação de esqui pega a Ruta 5, Ruta 57 e Ruta 60, todas estradas bem tranquilas para dirigir.

A cidade está localizada em uma região de alta montanha onde as condições climáticas são imprevisíveis. Informe-se sobre a previsão do tempo e das estradas antes de viajar. Atenção redobrada se estiver nevando, já que isso deixa a pista escorregadia e a motorista precisa ser boa na boleia.

Também tem excursão saindo de Santiago para a Estação de Esqui Portillo. O preço do translado contando ida e volta fica na faixa de US$ 65 por pessoa.

A estação de esqui normalmente é avistada por viajantes que percorrem a estrada de Los Caracoles, trecho de 4 km repleto de curvas no lado chileno que liga o país com a Argentina.

Onde se hospedar?

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por skiportillo (@skiportillo) em

O tempo de deslocamento da Estação de Esqui Portillo até Santiago será aproximadamente 2 horas. Não é tanto tempo assim, mas também não é pertinho. Logo, se quiser pegar a estrada após esquiar, é possível retornar e ficar em um hotel em Santiago.

A dica é, se possível, ficar hospedada na região, isso porque pertinho de Portillo tem vários pontos turísticos legais para conhecer, como Puente del Inca, a estação de esqui Los Penitentes (a apenas 33 km) e até mesmo o Aconcagua.

Se estiver viajando de carro de Mendoza para Santiago no mesmo período em que deseja esquiar, por exemplo, você pode parar na estação de Portillo para se divertir, pernoitar por lá (os nas redondezas) e seguir viagem para a capital chilena no dia seguinte — também é uma possibilidade.

Se tiver grana para investir na hospedagem, tente ficar no icônico Hotel Portillo, que conta com 123 quartos todos com vista para a Laguna del Inca ou para o vale onde fica o resort. O preço da diária para quarto duplo é de USS 386 na alta temporada, algo em torno de R$ 1.480, mas recebendo atendimento de princesa all-inclusive.

estação de esqui portillo
Foto: Divulgação / Ski Portillo

Para economizar com hospedagem durante uma viagem à Estação de Esqui Portillo, você pode optar por ficar em Las Cuervas. O Portezuelo del Viento – Hostel de Montaña, a 7 km de Portillo, sempre tem promoções durante as férias. Uma diária com café da manhã em dormitório compartilhado com mais 7 pessoas sai por R$ 38.

Já a Pousada Hospedaje Leñas del Tolosa, a 14 km da estação, tem quartos duplos com diárias a partir de R$ 147. Cogite também ficar no charmoso Refugio Cumbres, em Los Andes, a 19 km da estação Portillo, com diárias a partir de R$ 182 e, inclusive, com quartos com vista para as montanhas.

Dá para ir e economizar numa boa, ficando pertinho da atração para esquiar e, depois, dormir em um quarto confortável e quentinho.

Quanto custa esquiar por um dia?

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Sachiyo Sug (@sachiyongram) em

Quem deseja visitar a estação de esqui e se divertir praticando esportes na neve precisa comprar um ticket de acesso ao teleférico — para chegar até a área das pistas.

Existem duas tabelas de preços de entrada:

  • Temporada Alta: Sábado, Domingo, feriados e período entre 6 e 27 de julho.
  • Temporada Baixa: Dias úteis e fora da temporada alta.

Confira a tabela com os preços vigentes retirada do site oficial:

Pela cotação do dia, o ticket dia para adulto, na alta temporada, custará R$ 270. Os tickets DIA MENU incluem um almoço na cafeteria self-service onde os hóspedes do Inca Lodge. O menu oferece sopa ou salada, prato principal, sobremesa e uma bebida. Para adulto, o valor do combo sairá por R$ 332.

Onde comer?

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por skiportillo (@skiportillo) em

Quem não pega o pacote com refeição pode almoçar no Tio Bob’s, restaurante que fica a 3.200 metros de altitude, no topo da montanha! Os pratos principais ou sanduíches variam de R$ 33 a R$ 73, as sobremesas saem, em média, por R$ 17.

Com preços mais elevados, ainda tem o Ski Box, opção charmosa para almoçar enquanto aprecia a paisagem da Laguna del Inca e ainda o requintado restaurante principal do hotel.

Dicas importantes

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por skiportillo (@skiportillo) em

  • Não tem local para alugar roupas de inverno em Portillo, ok?
  • Vá preparada com calça impermeável, jaquetas, gorro, luvas, óculos de sol e principalmente uma bota impermeável. Agasalhe-se, no inverno é MUITO frio.
  • Na Estação de Esqui Portillo é possível alugar os equipamentos para esquiar. Você vai investir aproximadamente R$ 200.
  • Mesmo no inverno, lembre-se de levar um protetor solar. Em grandes altitudes, a incidência dos raios é maior.
  • Você pode pagar os gastos no complexo tanto em pesos chilenos quanto em dólar.
  • Praticar um esporte radical requer, mais do que nunca, a contratação de um seguro viagem. Faça sua cotação aqui.

Agora, é só aproveitar o inverno e curtir bastante, boa viagem!

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *