Entre as montanhas de Chorro e Gaitanejo, está o El Caminito del Rey, conhecido como “o caminho mais perigoso do mundo“. Chegando a até 100 metros de altura, a atração próxima a Málaga, na Espanha, reabriu após 15 anos de inatividade e alguns acidentes. Depois de reformas, funciona somente por temporada e garante mais segurança aos viciados em adrenalina!

Cravada nas paredes rochosas, a estreita passarela no desfiladeiro que aponta para o rio Guadalhorce foi criada em 1905 para facilitar o transporte de materiais na construção de centrais de energia. Em 1921, o local de pontos vertiginosos tinha a função de auxiliar os pedestres. Com o tempo, a antiga estrutura se deteriorou e algumas partes chegaram a desmoronar, causando mortes entre 1999 e 2001, quando foi enfim fechado. Mas mesmo assim continuou figando os aventureiros de plantão, que burlavam as regras e arriscavam suas vidas.

Então, no final de 2013, o governo de Málaga e a comunidade de Andaluzia resolveram recuperar e remodelar o percurso de três quilômetros de extensão e um metro de largura, com investimento total de mais de 2 milhões de euros. Também estão construindo um centro de turismo em Puerto de las Atalayas, que tem vista para o desfiladeiro. A passagem entre as muralhas de pedra foi reaberta em março de 2015 e passou a receber o público durante períodos específicos. Todos devem usar capacete.

Em 2017, as visitas vão de abril a 30 de setembro. Com a procura gigantesca, nas primeiras 24h de bilheteria já haviam sido compradas 15 mil entradas. A atração recebe, no máximo, 1.100 visitantes por dia e custa 10€ por pessoa ou 18€ com um guia acompanhando. As reservas podem ser feitas online no site oficial.

E aí, topa esse desafio?

Curtiu a ideia? Então veja mais 8 lugares nas alturas para conhecer!


Post por Brunella Nunes
Fotos: divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *