É bem provável que você tenha lido o termo “dunas” aqui no título do nosso texto e já associado este destino às dunas de areia imensas e perfeitas para passeios de buggy (com ou sem emoção) ou para prática de ski-bunda, certo? Mas o Dunas de Marapé que vamos te apresentar não é isso, não!

Na verdade, este pedacinho do paraíso no Nordeste brasileiro é um complexo turístico localizado na cidade de Jequiá da Praia, a 65 km de distância de Maceió. Com praia, lagoa, mangue e tours para manter sempre vivo os costumes locais, o complexo é opção de lazer para quem viaja para Alagoas, mas definitivamente não tem nenhuma duna gigante!

Partiu, Maceió? Encontre passagens aéreas baratas e compre com segurança aqui

Quem é adepto da filosofia do deboismo precisa colocar o Dunas de Marapé no roteiro, isso porque o local é ótimo para quem adora uma calmaria, seja para ficar apreciando a lagoa de lado ou para aproveitar as ondas leves da praia do outro.

Você pode ir ao complexo por conta próprio, saindo com um carro alugado em Maceió ou com seu veículo próprio sem nenhuma dificuldade — o complexo tem estacionamento. Pegue a AL-101 Sul e siga sentido Praia do Gunga (a estrada é boa e asfaltada) e em menos de uma hora chega-se a Jequiá. Se quiser mais praticidade, tem excursões que partem de Maceió!

Como funciona o Dunas de Marapé

Foto: reprodução / Pousada Dunas de Marapé

O complexo turístico funciona no esquema de day-use. Você paga, por pessoa, um valor de R$ 75 de entrada (crianças de 0 a 6 anos não pagam, entre 6 e 12 pagam meia) e pode aproveitar toda a estrutura do local, que conta com estacionamento monitorado, banheiros, duchas, praia limpa e segura com mesas, cadeiras e guarda-sol.

Neste preço já está incluso o almoço (sem bebidas inclusas). O Dunas de Marapé tem um restaurante que serve a refeição no estilo self-service com buffet com pratos quentes que podem ser repetidos quantas vezes o visitante quiser (tem até camarão à vontade). Neste mesmo restaurante, ao longo do dia, você pode comprar bebidas e petiscos para comer na praia.

Seja pagando apenas pelo day-use ou com o almoço incluso, veja o que financeiramente fica melhor para você! Durante o almoço, um artista toca teclado dentro do restaurante e um couvert artístico é cobrado pela apresentação. Caso não queira pagar, avise um garçom logo que se sentar. Muitos visitantes reclamam que o som é alto e incomoda o momento da refeição, caso você se sinta desconfortável com o barulho, fale com o garçom para trocar de mesa!

Ao escolher sua opção e pagar pelo acesso na recepção, você será encaminhada até a lagoa, de onde partem os barcos que fazem a travessia do continente até a ilha na qual o complexo se encontra (é uma travessia curtíssima, de dois minutos, não é um passeio de barco nem nada do tipo). Desembarcando, aí sim é hora de começar a curtir!

O que fazer durante o dia

Foto: reprodução / Pousada Dunas de Marapé

Paz, tranquilidade e descanso é o que o Dunas de Marapé tem para oferecer — dá para literalmente ficar de boa na lagoa, apreciando a beleza da natureza. A praia particular do complexo é calma e ótima para banho. Escolha uma mesa com guarda-sol, deixe seus pertences ali mesmo e curta o mar! Você também pode tomar banho no rio, mas atenção em relação à correnteza, que pode estar mais forte em direção ao mar.

Quer descansar mais um pouquinho? Vá até o redário para tirar um cochilo. A estrutura com sombra e aquela brisa gostosa do mar será perfeita após o almoço! Depois, faça uma caminhada pelo complexo, existem várias calçadinhas às margens da lagoa com bastante sombra de coqueiros para bater perna.

Foto: reprodução / Pousada Dunas de Marapé

Um passeio pago à parte também é ofertado no Dunas de Marapé. O Circuito Pau-de-Arara é um tour que sai diariamente do estacionamento do complexo. Feito em um caminhão do exército com capacidade para até 30 pessoas, o passeio segue pelas estradinhas da cidade, passando pela por uma fazenda e regiões com coqueiros até chegar à Praia de Jacarecica do Sul.

Selvagem e deserta, a praia é cercada por belíssimas falésias que atingem 15 metros de altura. A cor avermelhada dessas rochas contrasta com o azul do mar, rendendo um cenário dos sonhos para guardar para sempre no coração.

dunas de marapé
Foto: reprodução / Pousada Dunas de Marapé

O tour do Circuito Pau-de-Arara está disponível diariamente no complexo, a um custo de R$ 40 por pessoa (crianças pagam meia-entrada). O passeio parte às 10h30 e tem 1h30 de duração, com banho de lagoa no final.

O Dunas de Marapé fica aberto todos os dias, das 8h30 às 17h. Na baixa temporada, o restaurante fica fechado às terças.

Saindo de Maceió, em menos de uma hora você chega ao local, ou seja: é perfeitamente possível ir no estilo bate e volta, com um carro alugado ou excursão. A dica é se planejar para chegar na portaria do complexo bem cedinho. Assim, você conseguirá uma mesa na areia com mais facilidade.

Encontre aqui os melhores hotéis, pousadas e hostels em Maceió

Outra opção para quem deseja ficar mais na região é se hospedar na Pousada Dunas de Marapé que faz parte do complexo turístico e possui 12 apartamentos no continente. As diárias custam a partir de R$ 390 para duas pessoas, com pensão completa (café da manhã, almoço e jantar incluso), além de acesso livre ao complexo.

Você já visitou este cantinho fofo em Alagoas? Se sim, compartilha aqui nos comentários como foi sua experiência, vamos adorar saber sua opinião.

Preços consultados em janeiro de 2020 e sujeitos a alteração

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *