Você sabia que os administradores e redatores do Quanto Custa Viajar trabalham em casa? Pois é. Não somos uma galera que vai ao escritório todos os dias – também não precisamos bater ponto ou cumprir horários muito fechados. Com uma demanda que varia para cada um de nós, a gente consegue se organizar para cumprir prazos e metas sem que tenhamos que sair de casa 🙂

Esse cenário de trabalhar home office, em tempos de pandemia por Coronavírus, tem se tornado mais comum, afinal a quarentena obrigou muita gente a ficar em casa para diminuir as taxas de transmissão do vírus. Nada mais justo, não é?

Se você tem a oportunidade de fazer home office, entrar no ritmo ideal de trabalho pode ser desafiador, e é bem possível que você descubra que trabalhar em casa não é melzinho na chupeta. Para não entrar em parafuso, temos algumas dicas de quem faz isso há anos e que podem ajudar você a se adaptar com a nova rotina:

1. Home office não é bagunça

home office
Foto: Pixabay

Trabalhar em casa é uma tarefa mais difícil do que parece, pelo menos em termos de disciplina Você precisa ter em mente que ficar de pijama, por exemplo, pode parecer uma boa ideia no início, mas a verdade é que quanto mais organizada você for, inclusive em relação à forma como você se veste, melhor.

Busque manter uma rotina consistente: a partir do horário X você começa a trabalhar todos os dias e, antes disso, é bacana que você se arrume, tome um banho ou um café, e coloque roupas confortáveis, mas que não sejam as mesmas que você tenha usado para dormir na noite anterior.

O problema de ficar de pijama o tempo todo é que às vezes seu cérebro entende que você está descansando mesmo e, a gente sabe, trabalhar requer muito mais energia do que descansar.

2. Organize seu cantinho

trabalhar home office
Foto: Pixabay

É bacana que você encontre um lugar em sua casa para trabalhar. Não precisa necessariamente ser um escritório, mas um cantinho dedicado a isso, apenas. Lá, posicione seu computador, sua agenda, suas canetas e o que mais você precisar usar. Acredite: você trabalha muito melhor assim do que se ficar deitada na cama com o laptop no colo.

3. Estipule horários e metas para seu home office

trabalhar home office
Foto: Pixabay

Trabalhando em casa, você terá as tarefas que devem ser realizadas, certo? Pois então atenha-se a elas e estipule metas para você mesma. Eu, que trabalho com redação, sempre estabeleço uma meta de textos para a manhã e outra para a tarde. Dessa forma, fica mais tranquilo trabalhar sem correr o risco de sobrecarregar um dos meus turnos de trabalho.

Se você é novata nesse modelo de trabalho, fale com seu superior e peça para ter uma noção clara das tarefas que precisará fazer e do tempo que terá para resolver cada uma delas. Assim, você consegue manter uma rotina funcional e saudável de trabalho.

4. Fique longe das distrações

trabalhar home office
Foto: Pixabay

A gente sabe: trabalhar em casa tem uma sensação de liberdade e é normal que você pense que, entre uma tarefa e outra, vai dar para assistir um pouco daquela sua série favorita, mas é preciso que você não tenha distrações por perto para render tão bem quanto no escritório (ou até melhor, depois de um tempo de prática e dependendo do seu perfil social).

Ficar longe da televisão, das redes sociais, dos joguinhos de celular e de tudo aquilo que tira seu foco do trabalho é fundamental para que você se dê bem nessa missão. Sério, desligue a TV.

5. Encontre formas de manter contato com seus colegas de profissão, clientes e superiores

trabalhar home office
Foto: Pixabay

Comunicar-se é fundamental para que seu trabalho seja bem feito, então é bacana que você e seus clientes, colegas de trabalho ou superiores estipulem uma forma de manter contato: seja por chats corporativos, videoconferências, emails ou mensagens via WhatsApp. O importante é manter contato, deixar claro que você está fazendo seu trabalho e também que está disponível e acessível online durante o período em que estiver trabalhando.

6. Intervalos são necessários

trabalhar home office
Foto: Pixabay

Não fique horas seguidas em frente ao computador sem ao menos levantar para ir ao banheiro. Isso nunca será saudável. De tempos em tempos, faça uma pequena pausa, brinque com seu gato, alongue-se, veja alguns posts naquele site de viagem que você adora (cof, cof), responda as mensagens dos seus amigos e, depois de uns 10 ou 15 minutos, volte para seus afazeres.

O cérebro humano é curioso e se recusa a se manter focado depois de muito tempo no mesmo assunto, por isso é importante, inclusive para a sua produtividade, que você tenha alguns intervalos ao longo do dia.

7. Tome água!

Foto: Pixabay

Somos feitos de água e funcionamos muito pior se estamos desidratados – muitas vezes, aquela dorzinha de cabeça ao meio do dia é só uma forma de seu corpo dizer que está precisando de água, sabia?

Então, sim, vamos pegar no seu pé: tome água! Você pode deixar a experiência mais saborosa se fizer uma garrafinha de água saborizada, deixando algumas frutas cítricas fatiadas dentro de uma garrafa ou copo com água por alguns minutos antes do consumo. Fazer chá também é uma boa opção, mas a água pura deve estar sempre presente. Corpos hidratados trabalham melhor!

8. E como fazer se tiver mais gente em casa?

Foto: Pixabay

A gente sabe que o mundo ideal, que é aquele onde você tem seu espaço sem que ninguém atrapalhe, não é a realidade da maioria das pessoas. Se você tiver filhos ou se dividir a casa com outras pessoas em geral, mais organização será necessária.

Converse com essas pessoas sobre suas necessidades de trabalho e peça para que elas respeitem limites relacionados a barulhos, uso de equipamentos (se o seu computador for o único da casa, por exemplo) e por aí vai.

Caso você tenha um filho pequeno demais para entender as regras, você vai precisar da ajuda de outra pessoa – e, em tempos de quarentena, não vai dar para contar com creche, babá e membros da família que não moram com você.

Esse item pode ser difícil, sabemos disso, mas você vai encontrar uma forma de lidar com os outros moradores da sua casa, a gente tem certeza.

9. Como fazer para não surtar?

Foto: Pixabay

Mudar de rotina é sempre uma questão desafiadora, e nem todo mundo lida bem com isso. Como estamos vivendo uma situação de risco à saúde, ainda por cima, é esperado que as pessoas fiquem mais nervosas e ansiosas, o que só piora as coisas.

Se você estiver se sentindo sobrecarregada pela questão do trabalho em casa, respire fundo e tenha em mente que isso tudo é temporário. Pode ser que você fique em casa algumas semanas ou até meses, dependendo de qual seja o seu trabalho, mas logo você voltará para o escritório e as coisas funcionarão como antes.

Se a sensação de ansiedade e nervosismo durante o home office for intensa e frequente demais, talvez seja bacana procurar ajuda psicológica – muitos psicólogos estão trabalhando em casa também e atendem seus pacientes por videoconferência!

Trabalhar em casa é desafiador no início para todas as pessoas, e sabemos que esse desafio tem uma sobrecarga emocional em meio à atual pandemia de coronavírus. Por isso, respire fundo, tente se focar no fato de que isso vai passar, fique em casa o máximo possível, lave as mãos e higienize as superfícies constantemente. Cuidar de si mesma é o que você pode fazer para que essa quarentena acabe logo. Estamos juntos. <3

Você tem mais dicas para deixar seu home office com cara de sucesso? Compartilhe com a gente nos comentários!

2 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *