Planejamento de viagem é uma das coisas sobre as quais mais falamos por aqui. Não faltam conselhos sobre lugares para conhecer, maneiras de economizar e outros mistérios da vida de viajante. Mas tem uma coisa sobre a qual ninguém fala: o que levar na mochila para turistar?

Não me entenda mal.

Por mochila, nós entendemos qualquer recipiente que você use para levar suas coisas. Pode ser uma bolsa, uma carteira, uma ecobag e até pochete, para quem é de pochete (quem diria que elas voltariam à moda!). Para os mais ortodoxos, também pode ser uma mochila, claro.

As possibilidades de coisas para levar são muitas e vão depender do seu objetivo durante o dia: ir para o museu não requer os mesmos gadgets do que uma trilha na floresta, que também vai precisar de alguns objetos que seriam inúteis numa praia (e vice-versa).

Mas vamos ao que interessa…

O que levar na mochila?

Garrafinha de água

Não tem hora nem lugar para se manter hidratado. Levar uma garrafinha de água reutilizável vai te fazer poupar tempo procurando um lugar para comprar água e render uma economia de dinheiro (na Alemanha, por exemplo, a água é caríssima!).

Além de tudo, você economiza recursos do planeta e não gera mais lixo plástico no mundo comprando garrafinhas descartáveis – meu argumento preferido. ♥

Quando levar? Sempre!

Foto: Mari Dutra

Câmera ou Smartphone

Viajar não é só sobre tirar fotos, mas sempre é bom registrar um momento especial. Por isso, a câmera fotográfica não pode faltar quando você coloca a mochila nas costas e sai por aí para turistar. Se você não for profissional, escolha uma câmera leve, que não vá pesar no caminho, ou opte por tirar fotos com o seu smartphone.

Quando levar? Sempre, mas pode deixar em casa se quiser se desconectar.

Foto: Marco Xu

Óculos de sol

Raios UVA e UVB estão em todos os lugares e eu recomendo muito que você leve um óculos de sol quando sair para passear. Melhor mesmo é não levá-lo na mochila, mas no rosto. Assim você já protege esse par de olhos que ainda tem sede de ver muitas paisagens pelo mundo.

Quando levar? Durante o dia e principalmente em lugares com muita incidência de sol.

Foto: Ethan Robertson

Carregador para celular

Não importa onde você estiver, a bateria do seu celular vai acabar justamente quando você precisar dela. Para bancar o precavido, aposte em um carregador portátil e livre-se de perrengues tecnológicos.

Quando levar? Sempre!

Foto: Chelsia Qiao

Dinheiro

Cartão de crédito pode até ser considerada a 8ª Maravilha do Mundo Moderno, mas tem horas em que só o antiquado dinheiro de papel salva. Por isso, é bom ter sempre alguns trocados consigo na mochila.

Quando levar? Sempre!

Foto: Jp Valery

Documentos

Pode cair um raio na sua cabeça, você pode ser atropelado por um elefante, ou pode ser que algum lugar solicite seu documento apenas porquesim. Na dúvida, leve a identidade ou passaporte na mochila (ou uma cópia autenticada). Cartão do plano de saúde ou cópia do seguro viagem são também ótimos acompanhantes pro passeio.

Quando levar? Sempre!

Foto: Spencer Davis

Copo

O passeio pode virar um café ou uma passada no bar? Então leve consigo um copo. Pode ser um copo plástico reutilizável, uma caneca bem resistente ou um daqueles copinhos de silicone dobráveis, que ocupam pouco espaço na mochila.

Quando levar? De acordo com as suas necessidades.

Foto: Mari Dutra

Canudo reutilizável

Quem gosta de beber coisas com canudo também pode apostar em um canudo de vidro, bambu ou de inox – assim você evita o lixo gerado por mais canudos no mundo. Não quer ou não tá podendo gastar? Lembre-se de que eles não são necessários: você sempre pode substituir o canudinho por beber diretamente do copo, uma tecnologia milenar.

Quando levar? De acordo com as suas necessidades.

Foto: SWZLE

Remédios

Não precisa sair por aí com uma farmácia ambulante, mas alguns remédios podem ser bastante úteis. Quem tem a saúde 200% pode pular essa parte. Se não for o seu caso, pense em alergias, remédios de uso prolongado ou qualquer necessidade médica que você costume ter. Fale com o seu médico para entender quais as suas necessidades. Ele é a única pessoa que pode receitar medicamentos.

Em lugares diferentões, vale incluir um remedinho para enjoo – mas tenha consigo o próximo item caso o problema seja inevitável…

Quando levar? De acordo com as suas necessidades. Essencial em destinos exóticos ou lugares remotos.

Papel higiênico

Vai passar o dia fora de casa? Não custa nada ter um pouquinho de papel higiênico na mochila. Pode até ocupar espaço, mas não pesa – e você vai agradecer pela decisão quando mais precisar dela.

Quando levar? De acordo com as suas necessidades.

Foto: Mitchell Orr

Repelente

Os mosquitos podem ser pequenos, mas são os bichos que mais matam no mundo. Não dá para ficar à mercê destes predadores inescrupulosos, não é mesmo? Por isso, a dica é ter sempre aquele repelente esperto na mochila e mostrar quem é que manda na sua pele. Seu corpo, suas regras.

Quando levar? Essencial em lugares com muita incidência de insetos e destinos de natureza.

Foto: Егор Камелев

Protetor solar

Sol queima em qualquer lugar e sua pele vai agradecer se você tomar esse pequeno cuidado durante a viagem. Vale aplicar uma camada de protetor solar quando sair da acomodação e levar o potinho junto na mochila para passar mais um pouco ao longo do dia. Esse cuidado é principalmente importante se você for ficar exposto ao sol na praia ou durante longas caminhadas.

Quando levar? Para longas caminhadas ou dias em que ficará exposto ao sol.

Foto via

Lanche

A tentação de conhecer cada cantinho de um destino pode ser tão forte que muitas vezes a gente esquece que nosso corpo também tem suas necessidades. A principal delas é comer.

Leve sempre consigo um lanchinho para ocasiões em que for difícil localizar o bar/restaurante/lanchonete mais próximo. Assim você engana o estômago e ganha tempo para encontrar o lugar perfeito para uma refeição.

Uma boa dica é levar um kit de castanhas ou frutas que, além de saudáveis, aumentam a sensação de saciedade. Se a turistada for em um lugar ermo, pode ser interessante levar um sanduíche completo na mochila.

Quando levar? Sempre!

Foto: Juan José Valencia Antía

Kit de sobrevivência

Ter um kit de sobrevivência consigo parece uma bobagem, até que você precisa dele. E ele obviamente é dispensável em grandes aglomerados urbanos, mas pode fazer a diferença em lugares remotos. Tenha consigo: curativos, álcool gel, desinfetante, pinça (com ela você pode retirar um espinho que entre na pele rapidamente, por exemplo) e isqueiro (para desinfetar a pinça).

Leve sempre junto uma lanterna e um papel que indique telefones de pessoas próximas, bem como suas condições médicas, incluindo doenças pré-existentes e possíveis alergias. Torça para não precisar usar nada disso e lembre-se de que, caso tenha qualquer problema, os tratamentos caseiros podem ser importantes quando não se têm acesso a um hospital, mas eles não substituem uma ida ao médico.

Quando levar? Essencial em destinos remotos.

Foto: Josiah Weiss

Mochila pronta? Então bora turistar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *