A virada de ano vai se aproximando e todo mundo já quer saber onde vai ter os melhores preços para fazer uma viagem tranquila. Como a gente sabe que ninguém quer machucar o “órgão” mais sensível do corpo humano, que é o bolso, selecionamos 10 destinos baratos para 2017 ser ainda melhor.

Com o dólar e o euro nas alturas, os brasileiros passaram a olhar com mais carinho para seu próprio território e também para a América Latina. A previsão não promete melhoras no cenário econômico por enquanto, então o turismo sulamericano deve continuar em alta, o que é bastante positivo, já que não faltam motivos para visitar o que está ao nosso redor.

Mas, se há condições de ir para a Europa, o ideal é dar preferência para lugares menos populares, aqueles que ainda são desconhecidos pela maioria dos viajantes e que valem a pena tanto pelos preços quanto pelos atrativos. Confira alguns deles e planeje sua viagem. Se a ideia é ficar pelo Brasil, conheça as cidades mais baratas aqui.

1. Lviv – Ucrânia

A gente já falou por aqui que a Ucrânia é O lugar para quem quer economizar uma grana na Europa, afinal, Kiev é atualmente o destino mais barato do Velho Continente. Mas existem outras cidades ucranianas para conhecer e Lviv é um dos lugares a constarem na sua lista. Vibrante, suas ruas se enchem durante o verão, quando moradores e turistas se refrescam nas fontes da Praça Rynok, onde músicos se reúnem para tocar. Este é o ponto de partida para explorar joias históricas, admirar a arquitetura, parar para um café e depois seguir rumo ao Castelo de Lviv, onde há uma vista espetacular.

*Preços médios: R$ 80,00 [diária em hotel] R$ 8,00 [combo num fast food] R$ 0,90 [01 bilhete de ônibus] 

lviv

2. Luang Prabang – Laos

Uma das mais charmosas e fascinantes cidades do Sudeste Asiático, Luang Prabang é considerada Patrimônio Mundial pela UNESCO e o título é merecido. Entre templos pitorescos e arquitetura colonial, o destino consegue unir desde hotéis sofisticados até hospedarias bem simples por um preço bem baixo, tornando-se amigável tanto para casais em Lua de Mel quanto para mochileiros vivendo uma aventura. Suas belezas encantadoras se estendem para além das águas azuis das cachoeiras Kuang Si, uma das principais atrações locais.

*Preços médios: R$ 35,00 [diária em hotel] R$ 10,00 [refeição completa] R$ 8,31 a 12,45 [trajeto de tuk-tuk] 

luang-prabang2

3. Valparaíso – Chile

Entre duas colinas, a cidade é a segunda mais visitada entre as chilenas, encantando turistas nacionais e estrangeiros. A faixa litorânea, os morros, as artes, os edifícios coloniais do século 19 e uma das casas do famoso poeta Pablo Neruda são o que tornam o lugar tão especial. Vale a pena seguir rumo a Viña del Mar e à Rota 68, onde estão alguns dos melhores vinhos da região.

*Preços médios: R$ 88,27 [diária em hotel] R$ 18,00 [combo num fast food] R$ 3,54 [01 bilhete de ônibus] 

valparaiso2
4. Bogotá – Colômbia

Aos pés do morro Monserrate, Bogotá preserva seus costumes mas também se abre para o novo, unindo o moderno e o tradicional. Em constante movimento e agora ganhando um brilho a mais por conta de sua fama na série Narcos, a cidade a 2640 metros de altitude tem inúmeros atrativos, com destaque para a arquitetura colonial de seu centro histórico, onde estão alguns museus notáveis, como o do Ouro e o de Fernando Botero, um dos principais artistas latino-americanos.

*Preços médios: R$ 102,00 [diária em hotel] R$ 17,00 [combo num fast food] R$ 2,67 [01 bilhete de ônibus] 

bogota

5. Wroclaw (Breslávia) – Polônia

Wroclaw é quase uma Veneza polonesa, composta por 12 ilhas e 130 pontes que passam acima de muitos canais. Além das águas pulsa uma cena cultural forte, recheada de opções em teatros, museus, galerias e até mesmo num passeio pelas ruas, de onde se observam edifícios com estilos entre o gótico, o barroco e a art-nouveau, além de muitas estátuas. A vida noturna é tão animada quanto a cena musical, cheia de festivais em seu calendário.

*Preços médios: R$ 121,00 [diária em hotel] R$ 13,00 [combo num fast food] R$ 3,09 [01 bilhete de ônibus] 

Wroclaw

6. Braga – Portugal

Esta é a a terceira maior cidade do país e figura como um dos principais centros religiosos de Portugal. No coração da região do Minho e dona de um charme único, Braga está cercada de montes verdejantes, igrejas barrocas e jardins impecáveis. Vale a pena aproveitar os produtos frescos e as cerâmicas vendidas no mercado de rua, às quintas-feiras pela manhã, além dos bares animados e restaurantes contemporâneos. Ao longo da costa de Esposende, Ofir e Apúlia é possível ainda desfrutar de belas praias.

*Preços médios: R$ 120,00 [diária em hotel] R$ 19,00 [combo num fast food] R$ 6,63 [01 bilhete de ônibus] 

braga2

7. San Antonio – Estados Unidos

Foi em San Antonio, no Texas, onde aconteceu a histórica Batalha do Álamo, em 1836, pela independência do México. Até hoje este é um dos grandes motivos que levam turistas à cidade e à passeios em locais marcados pela luta. A cultura hispânica ainda é muito presente, seja em festivais, em barracas de comidas e roupas, ou em típicas apresentações de mariachis. Um dos pontos mais charmosos é o calçadão River Walk, que reúne restaurantes à beira do rio, onde as pessoas também passeiam a bordo de barcos.

*Preços médios: R$ 174,00 [diária em hotel] R$ 23,00 [combo num fast food] R$ 6,63 [01 bilhete de ônibus] 

san-antonio
8. Erevan – Armênia

Já pensou em ir para a Armênia? Eis dois bons motivos: economia e cultura diversificada. Chamada de Cidade Rosa, por conta da cor de seus edifícios, a capital Erevan ganha mais cores ao cair da noite, quando há um show de luzes e água na fonte da Praça da República. Repleta de construções históricas do início do século 4 até meados do século 19, é um verdadeiro paraíso para conhecer estruturas emblemáticas.

*Preços médios: R$ 200,00 [diária em hotel] R$ 13,90 [combo num fast food] R$ 0,69 [01 bilhete de ônibus] 

yerevan2

9. Bristol – Londres

Londres já era, baby! Agora o que está fervendo é Bristol, que sem deixar seus marcos industriais de lado conseguiu ganhar status de descolada e criativa. Por seus muros fica fácil encontrar um porção de graffitis e demais artes de rua, a começar por obras do famoso Banksy, já que lá é sua terra natal. Para completar esse astral, nada melhor do que a boa e velha música underground, que vai desde pubs de jazz até redutos inusitados, como uma antiga estação policial chamada The Island. A cena gastronômica não fica atrás, revelando sabores de vários cantos do mundo.

*Preços médios: R$ 230,00 [diária em hotel] R$ 22,00 [combo num fast food] R$ 11,53 [01 bilhete de ônibus] 

bristol2

Não deixe de conferir quanto custa viajar para mais de 260 cidades no nosso site!

10. Bergen – Noruega

A Noruega não é um país barato para os brasileiros, mas aparentemente este será o melhor período para visitar Bergen. Com cenários idílicos emoldurados por colinas e fiórdes, a segunda maior cidade do país é uma das mais encantadoras do mundo. Casinhas de madeira dividem espaço com propriedades rurais, cafés, galerias, lojas, bons bares e restaurantes. Seu ritmo e paisagem é semelhante à Liubliana, na Eslovênia.

*Preços médios: R$ 327,00 [diária em hotel] R$ 45,00 [combo num fast food] R$ 17,74 [01 bilhete de ônibus] 

bergen-noruega

bergen

Post por Brunella Nunes
Fotos: reprodução/agências de turismo

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *