O Equador reserva muitas paisagens naturais impressionantes, mas nada se compara ao incrível e único lago que se forma dentro da cratera do vulcão Quilotoa, inativo desde 1.280, ou seja, praticamente não há o que temer e assim a água ocupou o lugar do fogo.

No alto dos 3.880 metros, o frio prevalece mas a neve não chega a cair. O lago azul turquesa de 250 metros de profundidade chega a ter várias tonalidades de acordo com o sol, podendo ficar esverdeado por conta dos minerais, e foi formado a partir da acumulação de água ao longo dos anos.

O acesso é através da cidade de Quito, onde qualquer ônibus com destino a Latacunga serve. Chegando lá, pega-se outro ônibus, desta vez com destino a Zimbahua e depois mais um transporte, muitas vezes oferecidos por moradores locais, até o Quilotoa. O trajeto até o vulcão não deve sair por mais de 15 dólares. Se você já quer garantir o seu passeio compre aqui uma viagem de um dia para a cratera do Quilotoa saindo de Quito com direito a guia e almoço!

Confira outros passeios para se fazer em Quito!

A região tem se desenvolvido e conta com hotéis, como o luxuoso Quilotoa Crater Lodge, ou as pessoas podem passar a noite na casa de uma das famílias, com diária em torno de 10 dólares. Além de contemplar a paisagem exuberante, dá para fazer passeios de barco numa lagoa próxima, escaladas e trekking. Aproveite o belíssimo mirante de madeira e vidro, que ajuda os turistas a se apaixonarem pelo visual.

lagunaquilotoa

lago-cratera-vulcao-quilotoa-equador

Encontre aqui sua passagem para Quito.

mirante

mirante2

mirante-quilotoa

mirante3Fotos: reprodução