Mesmo em um ano de incertezas e desafios para o setor de viagens, rolou premiação para os lugares mais acolhedores do Brasil, com foco em acomodações que foram capazes de proporcionar uma hospitalidade excepcional aos hóspedes.

O resultado é da premiação anual da Booking.com, o Traveller Review Awards, que reconhece as propriedades parceiras que ofereceram os melhores serviços e foram avaliadas com as melhores notas pelos viajantes.

Para entrarem no ranking nacional, as cidades tinham que ter pelo menos 50 parceiros de acomodação vencedores dentro do Traveller Review Awards e foram classificadas pela maior proporção de vencedores por cidade. A seleção também leva em consideração notas altas de acomodação, serviço de aluguel de carros e táxis.

Com relação ao tipo de acomodação favorito dos viajantes brasileiros, apartamentos lideram o ranking, sendo também a categoria mais premiada globalmente. A lista nacional segue com as pousadas, casas de temporada, hotéis e hospedagem domiciliar.

Uma pesquisa** recente da Booking.com, que envolveu mais de 20 mil entrevistados, revelou que 43% dos viajantes brasileiros que buscam destinos locais estão preferindo ficar em casas de temporada ou apartamentos, em vez de hotéis.

De acordo com a análise da Booking.com para o Traveller Review Awards 2021, Ilha do Mel, Maringá, Foz do Iguaçu, Londrina e Cascavel são, nesta ordem, os destinos mais acolhedores no Paraná. Confira abaixo outras cidades selecionadas, com maiores detalhes que o Quanto Custa Viajar separou:

Essa cidadezinha é a principal colônia finlandesa no Brasil, com cultura que se espalha por sua arquitetura no estilo escandinavo, por museus, praças, clube e pelas ótimas opções para os chocólatras. Além de contar com atrativos natalinos, possui encantos naturais. O vale é cortado pelo Rio das Pedras, com nascente no Pico das Agulhas Negras, formando ao longo do percurso lagos naturais, poços e cachoeiras.

Com uma extensa variedade de pousadas, o distrito de Monte Verde – em Camanducaia – também é reduto de casais apaixonados que buscam por conforto em meio as montanhas. Tirolesa, passeio a cavalo, trekking e arvorismo são algumas das atrações locais para quem não quer só relaxar e sim movimentar o corpo. A região ainda é ideal para comprar doces, queijos e artesanatos.

Quem é que nunca sonhou em ir até a famigerada Noronha? O arquipélago brasileiro é famoso por suas vistas impressionantes e paisagens incríveis. Entre pedras escuras de origem vulcânica e próximo a uma grande falésia estão piscinas naturais, ricas em fauna marinha, que torna o local uma região de preservação. O acesso a algumas das praias mais bonitas do Brasil é difícil, mas o esforço por um mergulho compensa.

  • Ilha do Mel (PR)

Saindo de Curitiba, o destino para se chegar até a Ilha do Mel é Paranaguá. O percurso pode ser feito através da estrada ou num encantador passeio de trem, que percorre lindas paisagens e inspira o clima de romance. A ilha tem 25 km de belas praias desertas, pequenas ou com pouca urbanização. Possui 90% de área protegida pela Unesco, englobando a Fortaleza de Nossa Sra. dos Prazeres, o Morro do Farol e a Gruta das Encantadas.

ilha do mel viajar nas férias
Foto: Wikimedia Commons

Colonizada por italianos, Bento Gonçalves resguarda todo o charme, tradição, culinária e arquitetura do país europeu, além de ter paisagens que lembram a região da Toscana. Conhecida por suas vinícolas (saiba mais sobre elas aqui), a produção artesanal e as charmosas casas de pedra que cercam o roteiro Caminhos de Pedra, a cidade também promove passeios de Maria Fumaça rumo a Garibaldi, fornecendo uma verdadeira viagem no tempo.

  • Nova Petrópolis (RS)

A 40 minutos de Gramado fica Nova Petrópolis, considerada berço da colonização alemã no Sul do Brasil. A Aldeia do Imigrante é um parque que busca preservar a história dos imigrantes alemães que colonizaram a região. Outro atrativo da cidade é o Labirinto Verde, localizado em uma praça municipal. Trata-se de uma cerca viva plantada em círculos que faz a alegria de crianças e adultos que visitam o destino.

Foto: divulgação/Eloana Antinolfi
  • Lavras Novas (MG)

Lavras Novas é um dos treze distritos da cidade mineira de Ouro Preto. O sinônimo do local é sossego. No meio das montanhas e com belas paisagens por todos os lados, Lavras Novas possui várias pousadas, chalés, lofts e sítios. Para os que gostam de atividades ecológicas, é possível explorar a região por meio de trilhas, passeios de quadriciclo e rapel. E se o tédio bater, Ouro Preto está bem pertinho garantido outras atrações.

Sabe aquele discurso de se isolar no meio do mato? Visconde de Mauá pode ser o lugar ideal para isso. Mas veja, não é bem uma cidade e sim um distrito de Resende, a 1.200 metros de altitude, resultando em temperaturas mais baixas. O friozinho faz com que casais se refugiem nas charmosas pousadas, equipadas com lareira. Os mais corajosos saem rumo aos seus encantos naturais, que passam por mais de 100 cachoeiras, piscinas naturais e infinitos vales verdes.

Localizada a 200 km de Porto Alegre, é conhecida como “capital dos cânions”, já que abriga 36 formações rochosas distintas. Entre os principais está o cânion do Itaimbezinho, um abismo verde que existe a pelo menos 130 milhões de anos e é um dos maiores do Brasil. Sua extensão atinge 5.800 metros e uma largura que varia entre 200 e 600 metros, dentro do Parque dos Aparados da Serra. Com sorte, é possível ver até neve no município durante o inverno.

  • Serra do Cipó (MG)

A região a cerca de 100 km de Belo Horizonte reúne pousadas aconchegantes no meio da natureza. Um dos principais atrativos é o cânion em Ribeirão Bandeirinhas, dentro do Parque Nacional da Serra do Cipó. Com 80 metros de altura e 4 quilômetros de extensão, reúne trilhas que atravessam córregos, rios, rochas e subidas íngremes. O percurso com esforço tem recompensas: muitas cascatas, piscinas naturais e cachoeiras.

cânions do brasil
Cânion das Bandeirinhas. Foto: Wikimedia Commons

*As cidades foram selecionadas de acordo com a proporção total dos vencedores do Traveller Review Awards em relação ao número total de propriedades elegíveis na cidade específica (apenas acomodação). As cidades também precisavam ter um número de vencedores superior à média para serem incluídas na lista (50 ganhadores ou mais) e foram selecionadas de acordo com sua localização geográfica.

**Pesquisa encomendada pela Booking.com e realizada com um grupo de adultos que viajou a lazer ou a trabalho nos últimos 12 meses, e que planeja viajar nos próximos 12 meses (se/quando as restrições de viagem forem suspensas). No total, 20.934 entrevistados em 28 mercados responderam a uma pesquisa online em julho de 2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *