Se Florianópolis é lembrada por seus surfistas na praia, as cachoeiras em José Boiteux, no interior de Santa Catarina, são o destaque da região.

A pequena cidade, que tem pouco mais de 5 mil habitantes, é um ponto interessante para quem quer se conectar com a natureza. Através das diversas trilhas, é possível encontrar as famosas cachoeiras da região. São elas: Cachoeira do Rio Laeisz, Cachoeira Wiegand e Cachoeira do Encontro. Vamos conhecê-las?

Cachoeiras em José Boiteux

Cachoeira do Rio Laeisz

Sendo a maior da cidade, com 40 metros de altura, a cachoeira do Rio Laeisz impressiona. Os paredões do cânion formam um cenário incrível, com direito até à piscina natural. Mas cuidado! A profundidade vai aumentando à medida que você se aproxima da queda d’água.

Para chegar até lá, é preciso caminhar por uma trilha de 2 km de extensão. Em alguns trechos, é preciso atravessar o rio, geralmente com a água até o joelho. 

Por isso, vá preparado com sapatos e roupas adequadas! Ao final deste texto, deixamos algumas sugestões para você.

É preciso tomar cuidado, pois as pedras no caminho são bastante lisas, precisando, algumas vezes, se agarrar em raízes e cordas para evitar quedas. Ainda assim, não chega a ser um passeio tão complicado. 

Se você estiver com o fôlego em dia, o percurso pede um esforço moderado.

Mas um ponto importante para se destacar é: evite se aventurar sozinho por essa trilha. Prefira a ajuda de um guia local, ou de alguém que já visitou as cachoeiras em José Boiteux.

Cachoeira Wiegand

A cachoeira Wiegand, na verdade, são duas: Wiegand 1 e 2. A primeira, tem cerca de 20 metros de altura e é considerada bastante “amigável” com seus visitantes. Afinal, possui uma plataforma natural de pedra, o jacuzzi natural (na parte superior) e permite a entrada atrás da queda (na parte inferior), resultando em ótimas fotos.

Para chegar até lá, existem duas trilhas (uma para a parte de cima e outra na parte de baixo). Ambas são trilhas curtas, de apenas 200 metros de extensão. O acesso à parte de baixo é facilitado por escadas e corrimões rústicos.

Já a cachoeira Wiegand 2, tem menos da metade da altura da outra, mas vale a pena a parada para fotos pela facilidade de acesso. Ela fica na beira da estrada que leva à cachoeira 1 e ao camping das cachoeiras.

Cachoeira do Encontro

O que acontece quando dois rios se encontram? Formam a Cachoeira do Encontro, em José Boiteux. Esse é o local ideal para passar um tempo conversando e lavando a alma, pois a piscina natural formada é pouco profunda.

Para acessá-la, é preciso atravessar uma propriedade particular, com uma caminhada com cerca de 700 metros.

As cachoeiras ficam relativamente próximas umas às outras e você pode conferir a distância entre elas através do mapa abaixo. Lembrando que, ao visitar as trilhas, certifique-se que fez o download do mapa, pois a internet não funciona bem por lá.

Conhecendo a pequena cidade de José Boiteux

Com pouco mais de 5 mil habitantes, a cidade de José Boiteux está a uma altitude de 240 metros. Seu nome foi dado em homenagem ao escritor e político catarinense José Arthur Boiteux.

A região foi colonizada por alemães por volta de 1897, sendo palco de vários conflitos por terras entre colonos alemães e indígenas.Em 1926, foi criada a área indígena Ibirama-La Klãnõ e, hoje, 12,3% da população do município é indígena.

Como chegar

A cidade das cachoeiras fica a 47 km de Rio do Sul e a 98 km de Blumenau. O acesso é pela rodovia SC-340, que se conecta com a BR-470. Depois de passar por Ibirama, pela Avenida Missler, segue-se por mais 12 km até Boiteux.

Quer conhecer Blumenau? Descubra um passeio arquitetônico para aproveitar a viagem!

De avião, é necessário descer em Navegantes e de lá alugar um carro para José Boiteux.

Onde ficar em José Boiteux e região

Se você pretende visitar as cachoeiras em José Boiteux, o ideal é que você tenha um carro à sua disponibilidade, pois a cidade não oferece uma boa estrutura turística. Existem opções de hotéis em Presidente Getúlio e Ibirama. Mas a cidade com mais estrutura é Rio do Sul, situada a 47 km de Boiteux.

Confira alguns hotéis para se hospedar em Rio do Sul:

Aliança Express – Nota: 8,9
Hotel Ferrari – Nota: 7,9
Hotel Bergozza – Nota: 8,6

Como se preparar para fazer a sua primeira trilha

Quem está disposto a entrar em contato com a natureza não precisa abrir mão do conforto. Como o título desse post já sugere, estamos falando de tranquilidade. A cidade de José Boiteux é realmente pura magia para os amantes de trilhas, cachoeiras e florestas.

Mas para quem está querendo iniciar nesse caminho, é preciso se preparar. Por isso, separamos três dicas para que a sua viagem seja ainda mais bem aproveitada:

  • Estude a trilha
    Apesar das trilhas desse passeio serem relativamente curtas, é importante que você converse com um guia local sobre os terrenos pelos quais você irá passar. E, para prevenir, faça o download do mapa.
  • Prepare-se fisicamente
    Assim como toda atividade física, as caminhadas por dentro das florestas, para visitar as cachoeiras, demandam esforço. Por isso, antes da viagem, dê uma passada na academia para retomar os bons hábitos.
  • Prepare sua mochila e vista-se adequadamente
    Escolha uma mochila confortável, nem tão grande nem tão pequena, e vista um tênis antiderrapante. Isso é bastante importante para que você não sinta nenhum desconforto e consiga aproveitar ao máximo o passeio.
  • Confira a previsão do tempo
    Como as trilhas são no meio da floresta, o clima naturalmente é úmido e abafado. Se chover, a situação piora. Por isso, fique atento ao tempo.
  • Arranje companhia
    Por último, mas não menos importante, escolha um parceiro ou uma parceria para lhe acompanhar na jornada. Afinal, tudo fica melhor com uma boa companhia!

E aí? Preparado para descobrir as cachoeiras de José Boiteux? Conta pra gente o que achou desse destino!

Imagem destaque: Divulgação Caminhos do Alto Vale

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aproveite a Black Week da Zarpo!

Até 50% de desconto em hospedagens incríveis