Só quem já viajou sozinha sabe como essa é uma experiência incrível, capaz de nos conectar não apenas com o mundo externo, mas também com o universo que vive dentro da gente.

Quando não temos companhia durante uma viagem, somos nós quem decidimos tudo o que será feito: de lugares a se visitar a pratos típicos que queremos experimentar. Essa independência, acredite, é muito válida, e se você tiver a oportunidade de escolher um destino e conhecê-lo sem companhia, faça isso sem pensar duas vezes.

Apesar de recomendarmos a experiência, sabemos que existe um pequeno porém em termos fotográficos: tirar fotos sozinha pode ser um desafio – mas não precisa se preocupar, estamos aqui para elencar algumas dicas para que você arrase nos cliques mesmo quando não estiver acompanhada.

Vai viajar? Encontre sua passagem aérea aqui

1. Tenha um bom suporte de câmera

tirar fotos sozinha
Foto: Pixabay

Isso é muito útil para que você não faça apenas selfies durante o seu passeio, e o ideal é buscar um modelo que não seja muito grande, afinal você não vai querer carregar uma parafernália imensa em todos os lugares que visitar, certo?

O bom de escolher modelos menores é que, em geral, eles são também mais baratos, como este mini tripé articulável, que custa R$ 9,90 e pode salvar sua vida (e suas fotos) em vários momentos. Outro produto bacana é o tripé de mesa que é compatível com vários modelos de câmeras e celulares e custa R$ 40,79, e se você conhece o modelo octopus, que é ideal para GoPro, além de celular, encontramos uma opção com preço camarada, a R$ 19,90.

Caso você prefira um pau de selfie, a sugestão é um modelo bem bacana e com preço acessível, R$ 39,90, e se a grana estiver curta, você pode optar por um ainda mais barato, que sai por R$ 19,80. Importante não esquecer que muitos museus não autorizam o uso de pau de selfie, hein!

2. Dê atenção à iluminação do lugar onde você está

como tirar fotos sozinha
Foto: Pixabay

Já reparou que aquelas fotos que as pessoas tiram no meio da balada não são muito boas, não é mesmo? Para que as imagens sejam de qualidade, especialmente se você estiver fotografando com seu celular ou uma câmera simples, uma boa iluminação natural pode fazer milagres.

Abuse das fotos durante o dia, especialmente pela manhã – se tiver sol, melhor ainda! Com claridade, as cores se destacam mais e os contrastes da imagem deixam a cena mais definida e com cara de cartão-postal.

3. Use e abuse do temporizador

como tirar fotos sozinha
Foto: Pixabay

Praticamente todos os celulares têm uma função que permite que você programe um timer para que o clique aconteça, o que é muito bacana quando você está sozinha e deseja planejar sua foto e aparecer nela. Alguns acessórios são pensados para funcionar como tripé, pau de selfie e temporizador, como é o caso deste aqui, que custa R$ 108,47.

Se você quiser controlar seu smartphone à distância, inclusive programando o temporizador das fotos, uma ideia legal é usar um smartwatch que possibilite essa interação. Encontramos um modelo charmoso e com preço acessível, saindo por R$ 143,99.

4. À procura da selfie perfeita

como tirar fotos sozinha
Foto: Pixabay

Fazer selfies em uma viagem é inevitável, e talvez o que falte para que as suas fotos fiquem perfeitas seja algumas dicas infalíveis.

Lembra que falamos em iluminação agora há pouco? Isso vale para as selfies também: seus melhores cliques serão aqueles feitos em locais iluminados, especialmente com a boa e velha iluminação natural, sempre que possível.

Outra coisa que valoriza sua selfie é o ambiente no qual você está. Olhe ao redor e escolha um lugar que combine com a foto – se houver alguma cortina clara, por exemplo, fique pertinho dela e veja como tecidos claros ou quase transparentes são ótimos difusores de luz. Posicionar-se perto de móveis ou portas claras também tem efeito semelhante.

Em relação à sua aparência, veja aquilo que você deseja ressaltar (seus cabelos ou, quem sabe, algum detalhe em sua roupa ou nos seus acessórios) e enquadre a imagem de modo que você consiga dar esse destaque. Se a ideia é parecer mais esbelta, segure a câmera mais para cima do seu rosto, pois isso afinará seu rosto e também o seu nariz. Erguer o queixo e empurrá-lo levemente para frente é um bom truque para quem quer parecer mais esguia.

Se estiver usando maquiagem, cuide para não pesar a mão na hora de aplicar o blush, por exemplo, ou para não usar uma base de tonalidade diferente da sua pele – esses detalhes, que às vezes podem não chamar muito a atenção, ficam visíveis nas fotos, então é bom redobrar o cuidado.

Lembre-se, também, que seu rosto não precisa aparecer inteiro na selfie. Às vezes, fotografar só metade do rosto em composição com o ambiente é uma ótima saída. Também é bacana tirar fotos apenas de partes do seu corpo, como dos seus pés caminhando em uma calçada bacana, ou do seu braço acenando por aí.

Por fim, não se esqueça de que cada pessoa tem seu melhor ângulo, então aproveite e tire muitas selfies para treinar sua melhor pose e tirar fotos sozinha lindas na sua viagem!

5. Não tenha vergonha de fazer poses para tirar fotos sozinha

como tirar fotos sozinha
Foto: Pixabay

Pode parecer um pouco constrangedor sair fazendo poses em frente a um espelho ou a um celular no tripé, mas a verdade é: e daí? Você se lembra de todas as pessoas que já viu tirando fotos sozinhas? Lembra os rostos dessas pessoas ou de ter achado que elas estavam malucas? Não, né? Pois então, entenda: ninguém vai ficar lembrando de você posando sozinha para uma foto. Relaxe, aproveite sua aventura, encante-se com os cenários, explore todos os cantos possíveis e deixe a vergonha em casa, fora da sua mala de viagem.

Experimente posições diferentes, fique em pé, sente-se, curve o corpo, faça a divertida e sorria muito, cubra o rosto com as mãos, cruze as pernas, dê pulinhos. Divirta-se durante o processo de tirar fotos e, quem sabe assim, você ainda acaba servindo de inspiração para alguma outra viajante tímida por aí.

Aliás, se encontrar outros turistas que estejam tirando fotos no mesmo lugar que você, peça ajuda, puxe papo, se ofereça para tirar as fotos deles também. Acredite: quando você encontra outras pessoas que estão viajando no mesmo lugar que você, a simpatia mútua é praticamente natural.

6. Estude suas expressões faciais

Foto: Pixabay

O conselho aqui é que você se olhe e observe suas expressões, seu sorriso natural, sua postura corporal e entenda que trabalhar essas questões fará com que suas fotos fiquem melhores.

Nada de sorrisos forçados, hein! Quanto mais confortável e à vontade você estiver se sentindo, melhor. Respire fundo, relaxe e pense em coisas legais na hora de fazer as fotos – isso fará toda a diferença!

Além disso, mantenha uma boa postura na hora de tirar as fotos, erga os ombros para frente ou para cima. Para parecer mais descontraída, não deixe seus braços grudados ao seu corpo quando estiver em pé (o mesmo vale para suas pernas, quando estiver sentada). Descubra ângulos bacanas para o seu tipo de corpo e faça movimentos que criem curvas,

7. Cuidado com o ângulo da câmera

Foto: Pixabay

É importante que você perceba que o ângulo no qual a câmera está posicionada afeta o resultado da imagem. Se tirar fotos de baixo para cima, por exemplo, é possível que suas pernas pareçam muito longas e que sua cabeça fique pequena demais.

Reparar nessas questões é uma forma de garantir que suas fotos serão perfeitas, e o mesmo vale para fotos que você tirar de paisagens.

8. Fotos na água? Proteja seu celular ou câmera

Fazer fotos na água é incrível e, graças à tecnologia, é também cada vez mais fácil e possível. O ideal nesse caso é que você proteja seus equipamentos de maneira adequada para evitar prejuízos.

Uma boa GoPro à prova d’água custa, em média, R$2.199,00, mas existem modelos que podem ter resultados bacanas também e são mais em conta, como a câmera esportiva que custa R$ 58,49.

Para quem usa câmera fotográfica, é possível proteger o equipamento com o uso de capas à prova d’água, como a que custa R$ 59,99, e se você quiser levar o celular para a beira da piscina, por exemplo, talvez possa escolher um bastão retrátil à prova d’água, que custa R$ 51,90.

9. Faça vídeos e use frames como fotos

Foto: Pixabay

Você pode gravar vídeos e, depois, pausar várias cenas para capturar os frames que desejar usar como fotografia. Essa dica é simples e valiosa, hein, especialmente para quem viaja sozinha e não quer deixar de registrar todos os encantos do passeio.

10. Tire várias fotos de uma só vez

Foto: Pixabay

Felizmente, nossos celulares e câmeras têm espaço para que possamos tirar muitas fotos de uma só vez e, na hora de publicar, consigamos escolher aqueles cliques que ficaram melhores. Não economize na hora de fotografar o que você deseja!

Muitos celulares e câmeras, especialmente a GoPro, têm funções específicas para tirar várias fotos em sequência. Use e abuse!

11. Busque inspirações!

Foto: Pixabay

Encontre perfis de pessoas que viajam sozinhas, por exemplo, ou de viajantes profissionais, de fotógrafos ou modelos que possam servir de inspiração para que você componha seus cliques.

Uma busca rápida no Instagram ou no Pinterest é o que você precisa para começar a ter ideias das fotos que deseja fazer em suas viagens, inclusive para ter noção de termos técnicos, como enquadramento, iluminação, uso de filtros e efeitos.

12. Tenha paciência!

Foto: Pixabay

Se você é afoita e quer tudo para já, talvez esteja na hora de começar a ter mais paciência com tudo aquilo que exige calma, treino, repetição e boa vontade. Fotos feitas de sopetão ou sem uma análise prévia do ambiente ou da pessoa fotografada acabam não tendo muita graça.

Aproveite que está viajando para se desligar do ritmo acelerado do cotidiano, respirar fundo e exercitar a boa e velha paciência inclusive para tirar fotos sozinha durante a trip.

13. Edição de imagem ajuda

Foto: Pixabay

Você pode editar suas fotos para que elas fiquem melhores, e não há nada de errado nisso. Cuide, aqui, para não abusar em retoques que deixem a imagem artificial.

A ideia é fazer ajustes em aspectos como iluminação, contraste e tonalidade de cor das imagens. Você também pode usar o filtro automático do seu celular, por exemplo, que melhora todos esses itens de uma vez só, ou pode escolher os filtros do Instagram, que só fazem parte do aplicativo porque, de fato, deixam muitas imagens com cara de cliques profissionais.

Uma dica boa é usar aplicativos que facilitam o processo de edição de imagem, como o Snapseed, o Lightroom, o Retouch e o Inshot.

Depois de todas essas dicas, é simplesmente impossível que suas fotos não melhorem em termos de qualidade. Se você gosta de viajar sozinha, compartilhe conosco suas dicas para fazer os melhores cliques!

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para ajudar você a enfrentar essa quarentena...

Preparamos muito conteúdo bacana para você viajar sem sair do sofá!