Você deve concordar conosco: não tem coisa mais gostosa do que sair da selva de pedra que é São Paulo e fugir de todo esse agito, curtindo um dia no meio do mato com trilhas e banhos de cachoeira para lavar a alma.

Um destino perfeito para esse tipo de atividade é Paranapiacaba, a uma hora de distância de São Paulo. Esse reduto ecológico para pessoas que gostam de boas trilhas e muito contato com a natureza tem grande riqueza histórica e cultural, sendo um convite para se desligar da correria do dia a dia e simplesmente desacelerar no meio da mata.

View this post on Instagram

Natureza 📸😍

A post shared by Monick (@_alem_do_olhar) on

Dentre os passeios que podem ser feitos na cidade, o Circuito de Cachoeiras de Paranapiacaba é um dos favoritos. O passeio passa por sete cachoeiras que rendem belezas estonteantes e banhos deliciosos.

Saiba mais sobre esse tour de dia inteiro e comece a organizar o seu passeio!

Circuito de Cachoeiras de Paranapiacaba

A primeira coisa a saber é que o Circuito de Cachoeiras de Paranapiacaba leva o dia inteiro para ser concluído. O ideal é começar a trilha por volta das 8h ou 8h30 para retornar ainda de dia.

Além disso, é obrigatório fazer o passeio acompanhada por um guia profissional. Dessa forma, você saberá direitinho o caminho a ser seguido, aprende bastante sobre a história do local e tem uma pessoa que conhece a mata como a palma da mão junto para auxiliar caso algum imprevisto aconteça.

A empresa Nature Lovers é uma das agências que oferecem esses tours guiados. O preço por pessoa fica na faixa de R$ 20. Na vila, também é fácil encontrar mais opções de agências e guias credenciados para acompanhar o passeio.

A trilha é considerada moderada/difícil, isso porque em muitos trechos o visitante passa por riacho ou caminhos repletos de lama. Se fizer a trilha da Fumaça, o caminho fica íngreme e mais complicado.

View this post on Instagram

#brasilturismocom #trilhasbrasil #trip #amotrilha

A post shared by anndy (@andersonanndy) on

Veja também: Cachoeira dos Pretos é passeio de final de semana para fazer pertinho de São Paulo

Mais uma vez, entra a importância de um guia experiente acompanhando o passeio. Ter preparo físico é fundamental para aguentar um dia inteiro de caminhada.

Durante o passeio, o visitante se depara com:

  • Prainha: perfeita para um banho relaxante nas piscinas naturais; Cachoeira da Joaninha;
  • Mirante: no meio da Mata Atlântica;
  • Cachoeira Portal: com seu lindo paredão de pedras;
  • Cachoeira da Tartaruga;
  • Cachoeira das 7 quedas;
  • E finaliza na imponente Cachoeira da Fumaça por cima.

Também é possível fazer a Trilha da Ferradura, com 15 km de distância, que passa em pontos lindos em meio à Mata Atlântica. Fazer a mística Trilha do Funicular, travessia de Paranapiacaba a Cubatão que passa em trilhos de trens desativados, também é mais um opção imperdível na cidade. 

Veja também: Parque Ecológico Perequê em Cubatão tem cachoeiras e natureza perto de SP

Como chegar

View this post on Instagram

🙏🏻

A post shared by Vallescka Rosa (@vallesckarosa) on

Saindo da capital, a distância da sua viagem será de menos de 50 km. É possível ir pela Rodovia Anchieta, passando por São Bernardo do Campo e seguindo pela SP-31. Se preferir, também dá para pegar a Avenida dos Estados, até a Avenida Capitão João e SP-021.

Vá até a estação Rio Grande da Serra, em Paranapiacaba. É desse local que uma condução parte até o início da trilha (a passagem custa R$ 5 por pessoa). Quem vai de carro até lá pode estacionar o veículo a um custo de R$ 15 a diária — mas é recomendado ir de ônibus, mais fácil e tranquilo.

Veja também: Passaporte das trilhas de São Paulo oferece centenas de roteiros

Dicas importantes

Para tornar o passeio ainda melhor:

  • Confira a previsão do tempo. Se chover, adie o passeio;
  • Leve uma mochila com lanches para comer na trilha e muita água;
  • Traga seu lixo de volta, preserve a natureza;
  • A trilha tem bastante lama, por isso: use botas impermeáveis;
  • Leve um casaco corta-vento e uma muda de roupa (melhor garantir);
  • Toalha para se secar e roupas para entrar na água precisam estar na sua mochilinha;
  • Vale a pena ter repelente para espantar mosquitos e passar protetor solar para não se queimar;
  • Chapéu ou boné e óculos de sol também podem ajudar;
  • Evite fazer a trilha aos feriados, o movimento de visitantes fica bem intenso.

E aí, ficou animada para fugir do agito da capital e passar um dia em contato com a natureza? Se você já fez alguma trilha em Paranapiacaba, conta aqui nos comentários como foi sua experiência 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *