Elaborado por meio de iniciativa do Consórcio Intermunicipal de Quiriri, o Circuito das Araucárias é formado por quatro cidades do Planalto Norte Catarinense: Campo Alegre, Corupá, Rio Negrinho e São Bento do Sul. Seu trajeto assegura aproximadamente 248 km para quem quer se aventurar em bicicletas, além de até 340 km para aqueles que preferem aproveitar a vista por meio de longas caminhadas.

Independentemente da modalidade, os aventureiros de plantão vão se deparar com lindas cachoeiras e formações montanhosas ao longo dos percursos. Alguns pontos de checagem, inclusive, incentivam os esportistas a fazer uma pequena pausa para saborear pratos típicos, dar uma geral na bicicleta, descansar um pouco ou simplesmente contemplar os exuberantes tesouros esculpidos pela natureza.

Encontre aqui sua hospedagem em São Bento do Sul

São muitas as atrações turísticas durante ambos os módulos e, por isso, montamos um roteiro sobre alguns trechos repletos de cachoeiras, montanhas e lagos. Percorrer o Circuito das Araucárias pode ser mais do que uma prática esportiva, já que as belezas ao longo dos trajetos devem lhe garantir inúmeras experiências inesquecíveis.

Campos do Quiriri. Foto: Wikipedia

No entanto, é importante avisar que as pousadas e demais estabelecimentos rurais, como cafés coloniais e restaurantes, exigem agendamento prévio por apenas funcionarem via demanda. Se você não fizer as reservas, é bem possível vislumbrar os ambientes fechados ou não preparados para recebê-lo.

Por meio do site oficial do circuito, todos os caminhantes e ciclistas encontram os contatos para realizar os agendamentos com antecedência.

Roteiro Circuito das Araucárias SC para cicloturismo

Os caminhos disponíveis para os ciclistas contam com atrativos naturais, gastronômicos e culturais. Em resumo, você vai se deparar com altas serras, planaltos, vales de rios e florestas tropicais mescladas com as imponentes araucárias.

As paisagens podem ser vistas na grande concentração de nascentes e quedas d’água, como as da Rota das Cachoeiras. Uma incrível sequência de 14 cascatas em menos de 3 km cria a atmosfera perfeita para as pedaladas dos aventureiros. Confira, abaixo, os principais trechos que os ciclistas poderão percorrer.

Lembrando que, por meio do site oficial do Circuito das Araucárias SC, é possível ter acesso aos detalhes sobre as localizações dos trajetos, guias de bolso e cartilhas com dados sobre os principais atrativos das quatro cidades. Vale a pena conferir esses materiais, porque os percursos podem não ser tão simples quanto aparentam.

Cachoeiras em São Bento do Sul

Neste primeiro trecho, com distância aproximada de 38,7 km, os ciclistas vão avistar belíssimas paisagens, construções da época colonial e também passará por extensas áreas cobertas pela Mata Atlântica preservada. E, apesar de uma descida revigorante, conhecerá como são complicadas as subidas a partir do bairro Schramm

Em determinados pontos, será possível escutar o som crescente das quedas d’água. Você estará se aproximando de uma unidade de conservação de uso sustentável, que foi criada em 1998 e abrange 23.000 hectares (APA do Rio Vermelho/Humboldt). O final do trajeto corresponde à entrada da Rota das Cachoeiras.

O que visitar ao longo do caminho:

Departamento de Turismo: Rua Jorge Lacerda, 11 – Centro;
Praça Getúlio Vargas: Rua Barão do Rio Branco – Centro;
Parque 23 de setembro: Rua Vigando Kock, 171 – Centro;
Igreja Matriz Puríssimo Coração de Maria: Rua Padre Fidélis Tomelin – Centro;
Arquivo Histórico: Avenida Argolo, n° 215 – Centro;
Museu Municipal Dr. Felippe Maria Wolff: Avenida Argolo, 245 – Centro;

Rota das Cachoeiras em Corupá

Foto: Wikipedia

Este caminho é bem mais plano do que os demais, com distância aproximada de 15,4 km. Os ciclistas seguem próximos ao rio e, por isso, podem avistar várias corredeiras e cachoeiras durante grande parte do belíssimo percurso. Todavia, é importante ficar atento à sinalização e aos materiais de instrução. Existem muitas bifurcações que podem gerar momentos de incerteza.

O que visitar ao longo do caminho:

Rota das Cachoeiras em Corupá: o ticket do ingresso precisa ser comprado nos restaurantes e nos chalés. Eles estão localizados antes da entrada.

Seminário Sagrado Coração de Jesus: R. Padre Gabriel Lux, 900. Belos jardins onde foram filmadas as cenas da novela Ana Raio e Zé Trovão. Em anexo, existe um museu de animais empalhados;

Orquidário Catarinense Alvim Seidel: R. Roberto Seidel, 2171. Funciona há mais de 100 anos e pertence à mesma família desde sempre.

Pousada Casa Antiga – Ponte de Pedra

Este trajeto de 41 km exige bastante dos ciclistas, já que possui constantes subidas e descidas. É necessário reservar um tempinho para conseguir percorrê-lo por completo. Em seu entorno, há várias propriedades rurais abertas ao turismo, com criação de ovelhas e produção de artesanato com lã tingida naturalmente.

A paisagem, de uma maneira geral, segue magnífica do início ao fim. Uma cachoeira com local ideal para banho fica bem ao lado da estrada, no Salto do Engenho. É uma excelente opção para quem busca se refrescar nos dias mais quentes do ano.

O que visitar ao longo do caminho:

Foto: Divulgação

Sítio Ponte de Pedra: localizado às margens da histórica Estrada Imperial Dona Francisca e interligado por meio de uma ponte construída em 1884. O atendimento é feito nos finais de semana e feriados, desde que os interessados reservem antecipadamente;

Campos do Quiriri: conjunto de montanhas pontilhadas por cerca de 30 cumes, cuja altura varia entre 1.300 a 1.580 metros. Pode-se praticar trekking, rapel e montanhismo no local. Para obter autorização, mapa de acesso e aluguel de casa, é necessário ligar para o telefone (47) 3632-8185. Por sua vez, o telefone (47) 3632-8185 é destinado para quem quer contratar guias, fazer acampamentos, caminhadas e cavalgadas até o topo das montanhas;

Rampa do Bugio – Voo Livre: rampas gramadas com um desnível de 230 metros. Também possui área de camping, mas só pode ser liberada por meio de autorização. Telefones: (47) 3632-7395 ou (47) 3632-2450;

Museu Sto Lat (Museu dos 100 Anos): Rua Alcides Medeiros Correia, 296. Necessário agendamento prévio pelos telefones (47) 3632-7053 ou (47) 3632-7061;

Salto do Engenho: estrada para o Salto, S/N, 89294-000. Queda d’água com sete metros de altura, mas em grande volume de água. Alguns pontos são ideias para pesca e banho. Existem infraestrutura propícia para acampamento. Mais informações pelos telefones (47) 3632-7328 e (47) 3632-2450.

Sítio Ponte de Pedra – Rio Negrinho

Apesar de sua distância aproximada (34,4 km), este trecho é relativamente curto e não possui nenhuma serra. Os ciclistas vão se deparar com muitas matas de araucárias, além de plantações de pinus e de milho. Se estiver na época da florada das hortênsias (mês de novembro), as estradas estarão decoradas com tons pastéis. Coisa mais linda do mundo.

O que visitar ao longo do caminho:

Casa Neumann: Estr. Dona Francisca, 2988. Unidade arquitetônica disponível para contemplação externa;

Escola Km 80: Estr. Dona Francisca, 5492-5726. Unidade arquitetônica disponível para contemplação externa;

Foto: Divulgação

Café Colonial Brothaus: Estrada Rio Represo, nº 605. Serviço de café colonial e venda de artesanato/produtos coloniais. As visitas podem ser agendas pelos telefones (47) 3633-2822 e (47) 9614-8334.

Roteiro Circuito das Araucárias SC para caminhada

O Circuito das Araucárias também disponibiliza percursos para os amantes de trekking em meio à natureza. Até então, são quase 350 quilômetros de trechos mapeados.

Eles estão divididos em 15 trajetos diferentes, que variam de 15 a 30 quilômetros (sim, isso mesmo! É necessário estar disposto a realizar longas caminhadas). Todos têm o potencial de lhe fornecer experiências únicas, já que foram planejados de maneira aleatória e em formato de ‘pétalas’.  

Por outro lado, vale ressalta que os caminhos na modalidade de caminhada não são autoguiados. Isso quer dizer que ainda não foram implantadas as placas e tulipas de navegação.

Será necessário fazer o uso de equipamentos de GPS, conforme os mapas oficiais disponibilizados no site do Circuito das Araucárias. Para certos trechos, inclusive, vale a pena contratar guias habilitados a percorrerem os trajetos.

Estrada Dona Francisca

Situado na cidade de Rio Negro, o trecho pela Estrada Dona Francisca é praticamente um retorno aos tempos daqueles que viveram na região. Os caminhantes vão passar pela rota que ligava o litoral do município de São Francisco do Sul com o planalto de Curitiba. Mesmo que os cortes nas árvores, ainda é possível entender como as carroças e guarnições passavam ao longo da estrada.

Já alertamos que essa rota possui distância aproximada de 19,79 km. Então, os caminhantes precisam estar animados para realmente fazer uma jornada daquelas.

Só não deixe de visitar a Lanchonete Rio da Prata, que está localizada em Pirabeiraba. Há boatos de que o pastel de lá é um dos melhores de Santa Catarina. Vale a pena conferir por conta própria.

Turismo Rural no Brasil, saiba mais sobre roteiros!

Interligação SBS – Campo Alegre

O trecho de Interligação SBS promete ser inesquecível, já que inúmeras montanhas e vales compõem o plano de fundo das caminhadas. Esse trajeto está situado entre as cidades de São Bento do Sul e Campo Alegre, com distância aproximada de 15,45 km.

Foto: Wikipedia

Em alguns pontos, é possível se aproximar da estrada de ferro onde fica o histórico “Trem Maria-Fumaça”. Os passeios programados duram aproximadamente 45 minutos e possuem valor de R$ 35 por pessoa. É uma experiência imperdível para quem quer conhecer diversos pontos turísticos de uma só vez.

O que visitar ao longo do caminho:

Espaço Gourmet Restaurante: Rua Capitão Ernesto Nunes, 426;
Nono Primo Pizzaria e Pastelaria: R. Paulo Parucker, 100;
Panificadora e Confeitaria São Bento Ltda: Rua Capitão Ernesto Nunes, 703;
Bertovan Padaria e Café: Rua Capitão Ernesto Nunes, 1055-929;
São Bento Shawarmaria: R. Augusto Wunderwald.

Saltinho do Engenho – Campo Alegre

Mesmo com distância aproximada de 21,08 km, as caminhadas pelo trecho “Saltinho do Engenho” têm o potencial de se transformarem em experiências para lá de revigorantes.

Isso porque os aventureiros vão se deparar com pequenas cachoeiras ao longo do trajeto. A calmaria das águas tende a ditar o ritmo dos passos e o ânimo para suportar todo o percurso.

No entorno do trecho, também será possível visitar alguns dos mais incríveis pontos turísticos das redondezas. Se planeje para dar uma passadinha pelo seminário abandonado, que fica no distrito de Bateias.

O que visitar ao longo do caminho em Campo Alegre:

Alto da Serra Restaurante e Choperia: Rodovia SC 418, 7961, Centro;
Hotel e Churrascaria Egon Larsen: Rod. SC-418, 8100;
Queijaria Sabores do Campo;

Foto: Divulgação

Cachoeira Salto do Engenho: Estrada para o Salto, s/n, 89294000. Queda d’água com apenas sete metros de altura, mas com grande volume de água. Espaços para banho, pesca e piquenique. Contato pelos telefones (47) 3632-7328 e (47) 3632-2450.

Parque das Aves – São Bento do Sul

Situado entre as cidades de São Bento do Sul e Corupá, o trecho em questão possui distância aproximada de 24,62 km e pode ser considerado como uma verdadeira jornada de sensações. Sua longa descida fica a poucos metros acima do nível do mar, o que desperta diferenças consideráveis na temperatura e na pressão atmosférica. Além disso, a fauna e flora dos locais também vão se modificando a cada quilômetro percorrido.  

Os caminhantes, no final do trecho, poderão visitar o Parque Natural das Aves. Com acesso aberto ao público, essa propriedade abriga borboletário, trilha ecológica, orquidário, pousada, restaurante, camping e loja de produtos artesanais. A entrada custa R$ 7 (por adulto) e R$ 3 (por criança). Contatos pelos telefones (47) 99115-8609 e (47) 3059-0024.

Braço Esquerdo – Corupá

Este é o último dos trechos mapeados e possui distância aproximada de 16,90 km. Ele termina aos pés da entrada do Parque Natural Braço Esquerdo, que se consolidou como um espaço perfeito para quem deseja praticar esportes radicais, trilhas guiadas, escaladas e montanhismo. 

Sua estrutura conta com uma queda d’água de 90 metros de altura, além de uma formação rochosa de 60 metros de extensão. A taxa para visitação é de R$ 10 por pessoa.

O que visitar ao longo do trecho em Corupá:

Pesque Pague Recanto Dos Lagos: R. Ano Bom, 1308-1330;
Do Sítio – Alimentos Artesanais: R. Ano Bom, 3143;
Cachoeira Antiga Usina: R. Ano Bom Fundos, área rural;
Restaurante Sabores da Roça: Av. Getúlio Vargas, 132.

Foto destaque: wikipedia

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aproveite a Black Week da Zarpo!

Até 50% de desconto em hospedagens incríveis