O Brasil está repleto de opções para os viajantes e as cidades turísticas mais conhecidas nem sempre já foram visitadas por todos, então está mais do que na hora de tirar este atraso, não é mesmo? Para te ajudar nesta árdua tarefa de escolha, o Quanto Custa Viajar selecionou 10 opções em quatro regiões brasileiras.

Para ajudar na matemática da viagem, colocamos como meta o gasto de até R$ 100 por dia, incluindo alimentação, atrações, hospedagem e locomoção. Optamos por destinos não tão desconhecidos assim, pra ninguém desanimar de viajar esse ano! Os valores informados são referentes a uma estimativa de julho de 2018.

Se quiser verificar todos os custos, datas e opções de hotéis, hostels e pousadas, clique no nome da cidade e assim terá acesso a diversas informações sobre o destino dentro da nossa plataforma.

1. Curitiba, Paraná

Moderna, a capital paranaense é uma das melhores para se viver. Há muitos museus, bosques e belos parques para se visitar, como o icônico Jardim Botânico, o Museu Oscar Niemeyer e o Parque Tingui. A boa oferta de hostels ajuda tanto a mochileira quanto o viajante econômico. Há desde opções mais simples em dormitórios até quartos individuais com cara de pousada e café da manhã incluso. Os preços ficam entre R$ 30 e R$ 100 por dia. Andar em Curitiba também é fácil, pois as ruas são agradáveis e cheias de atrativos. Para chegar às principais atrações turísticas, em sua maioria gratuitas ou com custo baixo, basta pegar um ônibus (R$ 3,70) ou um uber, sem precisar gastar muito.

Curitiba

2. Salvador, Bahia

Terra acolhedora cheia de alegria, história e encantos, Salvador é um dos destinos mais baratos do Brasil. As passagens aéreas entram constantemente em promoção, ficando numa média de R$ 250 a R$ 500 ida e volta. A parada obrigatória para brasileiros inclui um passeio pelo Pelourinho, uma ida ao Farol da Barra e, quem sabe, dá tempo de conhecer ainda a bela ilha de Morro de São Paulo. As principais atrações gratuitas ou com baixo valor de entrada. A partir de R$ 35 se consegue uma noite em pousada e por R$ 15 uma cama num hostel com localização privilegiada.


3. Florianópolis, Santa Catarina

Uma das mais belas ilhas do Brasil, Floripa se destaca por suas mais de 40 praias rodeadas de muito verde. A cidade é tranquila e ao mesmo tempo oferece toda a infraestrutura necessária para sua estadia ser acolhedora. Existem duas vantagens em relação a seus custos: boas promoções de passagens aéreas ao longo do ano todo e uma variedade de hostels, afinal, Floripa abriga gente do mundo todo. É possível encontrar diárias por R$ 25 ou até mesmo pessoas dispostas a hospedar em esquema couchsurfing. O maior atrativo são as belas praias, lagoas e cachoeiras, garantindo diversão gratuita de alta qualidade! O ônibus custa R$ 3,50 – mas é um costume local pegar caronas com os moradores ao redor da ilha.

florianopolis
4. Fortaleza, Ceará

Com um dos custos de vida mais baixos entre as capitais brasileiras, Fortaleza pode ser um destino econômico, apesar da passagem aérea não ser das mais baratas para quem está nas regiões Sul e Sudeste do Brasil. Rodeada por belas praias e ao mesmo tempo um destino vibrante, cheio de coisas a se fazer, a cidade recebe pessoas do mundo todo, que deixam a vida noturna animada de segunda a segunda. Há hostels a partir de R$ 30 por dia e hotéis por R$ 52 a diária. O ônibus custam R$ 2,75 e seus principais atrativos são gratuitos, com exceção do Beach Park. Mas pra quê piscina se você tem o mar à sua disposição, não é? Confira nosso guia do que fazer na cidade aqui.

 

5. Ouro Preto, Minas Gerais

Volte um pouco no tempo nesta encantadora cidade histórica mineira, cheia de edifícios antigos, ruas de paralelepípedos e igrejas em estilo Barroco. A viagem pode contar até mesmo com um passeio de Maria Fumaça, alimentando ainda mais a nostalgia. As hospedagens em Ouro Preto têm um bom custo-benefício. Charmosas e bem localizadas, incluem hostel, pousadas, hospedarias e hotéis. O destino acaba atraindo muitos estudantes e mochileiros, que dão uma agitada na região. Para melhorar, as passagens de ônibus ou aéreas para Minas Gerais não costumam ter preços exorbitantes.

ouro preto

Fotos: Reprodução

6. João Pessoa, Paraíba

Já imaginou ficar num hotel a beira-mar por R$ 135 por dia, com café da manhã? Só em João Pessoa mesmo! A capital paraibana tem beleza de sobra e muito sol o ano todo. Seja nas águas esverdeadas de Tambaú, nas piscinas naturais de Picãozinho ou nas melodias do Bolero de Ravel ao pôr do sol, os turistas encontram uma perfeita junção de lazer e descanso. A melhor parte? Preços amigáveis com bolsos mais econômicos. Além de ter hospedagens muito bem localizadas com diárias quase inacreditáveis, Jampa, como é chamada carinhosamente, tem passeios econômicos quando se fala em Nordeste. Uma ida de catamarã à linda piscina de Areia Vermelha custa apenas R$ 35 e a alimentação fica por menos de R$ 50 por dia.

7. Ilha do Marajó, Pará

O Pará é cheio de encantos e não requer tanto investimento do bolso do viajante. Indo além de Belém, a Ilha do Marajó pode ser uma boa opção para curtir seus dias de folga.  Localizada no encontro entre o Atlântico e os rios Amazonas e Tocantins, ficou famosa justamente por sua pororoca – grande onda criada pelo encontro das águas – e pela grande quantidade de búfalos usados para carga e transporte. Entre os atrativos deste santuário ecológico se encontram ainda praias, lagos, dunas e florestas tropicais. Os turistas se hospedam em pousadas agradáveis, com muito contato com a natureza, por até R$ 250 a diária.

8. Chapada das Mesas, Maranhão

Em Maranhão, a dica é ir além de Lençóis e da capital São Luís. No município de Riachão estão alguns dos melhores atrativos naturais do estado, dentro do Parque Nacional Chapada das Mesas. Entre seus atrativos está o Encanto Azul, um belíssimo poço de águas cristalinas, onde há uma queda d’água e peixes como os cascudos e os lambaris. A região ainda encanta por seus sertões, cânions, buritizais, cavernas e formações rochosas curiosas. Os turistas têm como base a cidade de Carolina, onde há pousadas, hospedarias e campings a partir de R$ 30 por dia. A maneira mais simples de chegar até lá é de ônibus a partir de Imperatriz, resultando em 3h30 de viagem. As passagens custam R$ 35 ou R$ 70 ida e volta.

9. Niterói, Rio de Janeiro

Apenas 13 km de distância separam Rio de Janeiro de Niterói. Ambas têm qualidades semelhantes, como atrações culturais bacanas, praias bonitas e boêmia garantida. Mas são os preços que fazem toda a diferença. Para orçamentos mais enxutos, o ideal é optar por hostel ou bed&breakfast, que cobram, em média, R$ 50 por dia com café da manhã. Por ser uma cidade litorânea, dá para curtir um banho de mar sem pagar nada e ver as belezas do Costão de Itacoatiara, uma das praias mais bonitas do Rio, ou o mirante do Forte São Luiz.

10. Caldas Novas, Goiás

Destino de águas termais, Caldas Novas é um dos lugares mais visitados do Brasil e surpreendentemente ainda tem bons preços para os viajantes. Os parques aquáticos oferecem diversão para todas as idades, tendo até mesmo praias artificiais. Para conhecer o lado mais natural da cidade, o Parque Estadual da Serra de Caldas reúne trilhas que conduzem até belíssimas quedas d’água. Para se hospedar, há flats por R$ 80 a diária e pousada.A média de gastos de um viajante econômico é de R$ 97 por dia, mas um mochileiro consegue poupar mais do que isso.

Fotos: reprodução

2 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *