Se você ainda não conheceu as cachoeiras cristalinas de Minas Gerais, faça as malas rumo a Carrancas. A cidade reúne paisagens deslumbrantes e suas quedas d’água já foram cenário para oito novelas da Rede Globo. Mas seus encantos não param por aí: são 110 atrações naturais, entre serras, grutas, trilhas e poços, além de pinturas rupestres, fazendas histórias e charmosas pousadas.

Entre os destaques está o complexo da Zilda, que é um parque de diversões de ecoturismo. São vários lugares para conhecer, como a Cachoeira dos Anjos e o escorregador da Zilda, uma pedra escorregadia por natureza, com descida para uma nascente. O Poço da Proa e o sítio arqueológico Lapa são outros passeios para fazer dentro da propriedade, garantindo lazer para o dia todo. Os atrativos custam de R$ 5,00 a R$ 30,00 por pessoa.

Perto dali está o Complexo Grão Mogol, acessado apenas com guia da região, pois trata-se de uma área particular com percurso mais difícil do que os demais, com 35 minutos de caminhada entre o estacionamento e os atrativos . A reserva a 12 km de Carrancas conta com lindas piscinas naturais de águas azuis, entre as rochas de um pequeno cânion. Um trajeto mais complicado leva até a Lagoa Azul, outra piscina com visual estonteante.

O sítio sedia ainda um casarão com mais de 250 anos, que não é aberto ao público, a não ser que a pessoa seja boa de lábia. Pelo valor de R$ 15,00 é possível entrar na trilha até o oásis natural.

Há muito a se ver e se fazer na cidade. Você ainda pode visitar o complexo da Fumaça, o complexo da Toca, o complexo da Vargem Grande e tantos outros.

Como chegar: Carrancas está a 286 km de Belo Horizonte. A partir da capital mineira, pegue a Rodovia Fernão Dias até a entrada para Lavras (saída 688), caindo na BR 265 – sentido São João del Rei. No km 54, entre no município de Itutinga e siga por mais 26 km até Carrancas. Há algumas linhas de ônibus que fazem a viagem, como a Expresso Gardênia (até Lavras) e a São Cristóvão (até Carrancas). Do Rio de Janeiro e de São Paulo também saem ônibus até Lavras.

Paraíso Perdido reúne cânions, piscinas naturais e cachoeiras em Minas Gerais

Fotos via Carrancas/Marden Couto/Poliana Turismo

2 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *