Dormir debaixo de um céu estrelado, no meio da floresta ou na beira da praia é um dos maiores privilégios de quem dispensa o conforto de hotéis para se aconchegar em barracas. Com tantas paisagens bacanas e pouco investimento, pode ser que você se renda a ideia de acampar. Confira 10 campings incríveis na América do Sul e prepare-se para uma aventura das boas.

Os mochileiros já conhecem bem essa modalidade e já sabem exatamente onde montar suas barracas para ter a melhor experiência. Já quem precisa de ao menos uma ducha quente e um espaço com o mínimo de infraestrutura, os campings são ideais para atender tais necessidades. Se a ideia é ter mais contato com a natureza e ainda assim não quer abrir mão do conforto, é melhor dar uma olhadinha no nosso post sobre glampings.

Campings incríveis na América do Sul

1. Pousada Camping Taiuá – Chapada dos Veadeiros (GO)

A Chapada dos Veadeiros dispensa apresentações. Recanto natural cheio de atividades de aventura, o local atrai quem procura por adrenalina e tranquilidade. Para quem deseja uma boa noite de sono, o Camping Taiuá está a 15 minutos da entrada do parque e tem uma infraestrutura bem bacana. Além de alugar barracas e chalés, possui banheiros, cozinha, lounge, bar, camas e pufes a céu aberto, além de redes e balanços, ideais para relaxar. Só não tem Wi-fi. Tarifas: R$ 30 durante a semana; R$ 40 aos fins de semana; barraca: R$ 45 a R$ 55.

camping-taiua

lugares-para-acampar

2. Camping Pedra do Sino – Ilhabela (SP)

A Pedra do Sino é uma das atrações mais famosas de Ilhabela, um dos melhores destinos do litoral paulista. O nome é porque ao bater na tal pedra se ouve um som semelhante aos sinos. O camping homônimo dispõe de sala de TV, duchas, banheiros, refeitórios e churrasqueira. Para o lazer ficar ainda mais completo, tem piscina com cascata artificial e campo de futebol. Tarifas sob consulta.

camping-pedra-do-sino

3. Camping Mundaí – Porto Seguro (BA)

Em frente a praia de Porto Seguro está o hotel Mundaí e dentro dele existem diversas áreas para camping, onde é permitido barracas e motorhomes. Os campistas tem acesso à vestiários, cozinha coletiva, banheiros, piscina, áreas de convivência e todos os outros espaços. Para motorhomes conta com módulos individuais, energia elétrica, televisão e água canalizada. O Wi-fi é gratuito. Tarifas: R$ 70 por dia

camping-mundai

4. Pousada Parque das Cascatas – São Francisco de Paula (RS)

Em Lajeado Grande mora um sossego muito maior do que das vizinhas Gramado e Canela. Um dos principais destinos da Serra Gaúcha, o Parque das Cascatas tem 54 hectares de área verde e conta com uma pousada que abriga campistas. Restaurante, banheiros coletivos, churrasqueira e piscina estão disponíveis para uso. Tarifas: R$ 40 por adulto e R$ 20 por criança entre 5 e 11 anos. Não há cobrança por barracas ou automóveis.

camping-parque-das-cascatas

5. Camping do Rappa – Paraty (RJ)

Paraty atrai muitos viajantes interessados em trilhas que levam a belas praias e cachoeiras, além do centro histórico charmoso. Considerado como um dos melhores da região, o Camping do Rappa dispõe de área verde com refeitório, cozinha, fogão à lenha, churrasqueiras, TV a cabo, Wi-fi, banheiros coletivos, cantinho do bebê e cantinho da beleza (para o público feminino). Tarifas sob consulta.

camping-do-rappa

Países vizinhos

1. Camping da Trilha Inca para Machu Picchu – Peru

O caminho feito durante o Império Inca é atualmente um ponto turístico onde os campistas adoram passar a noite. Chamado de Camino Inca, está a 4.215 metros de altitude e tem 42 km de extensão, que leva os viajantes até Machu Picchu. As áreas de acampamento são indicadas por placas e possuem proteção de guardas. A infraestrutura, porém, é um tanto precária. Existem banheiros e chuveiro em certas áreas, porém não há energia elétrica e nem sinal de celular.

camping-machu-picchu

2. Eco Camping Domo Los Abuelos – Atacama 

O Deserto do Atacama é um dos destinos queridinhos dos mochileiros e aventureiros. Neste camping, a 200 metros do centro de San Pedro e a caminho das ruínas de Pukara de Quitor, é possível alugar domos com banheiro privativo e café da manhã ou erguer sua própria barraca. Duchas de água quente, redes, energia elétrica e uma área para jogar futebol estão inclusos no valor. Também tem uma piscina. Tarifas sob consulta.

camping-atacama

Outra opção na região é a Tenda Altos de Quitor, que inclui um colchão, um saco de dormir, um edredon, tomadas e banheiro compartilhado. Tarifas: US$ 20 a US$ 30 por noite, com direito a pequeno almoço.

altos-de-quitor

 

3.  Colibri Camping & Ecolodge – La Paz (Bolívia)

Montado por uma família britânica-boliviana com materiais reciclados e energia renovável, o camping está em Jurupina, sul de La Paz. O espaço abriga até oito tendas e pequenos/médios veículos, incluindo também cabanas, quartos, tendas, sacos de dormir e equipamentos para locação. A área dos campistas tem uma cozinha totalmente equipada, banheiros com duchas quentes, Wi-fi gratuito, churrasqueiras, redes e tomadas. Por um valor extra é possível usar a lavanderia, a jacuzzi e ter acesso às aulas de culinária boliviana e café da manhã. Tarifas: US$ 7 por pessoa; aluguel de barracas: US$ 11 (1 pessoa), US$ 22 (2 pessoas), US$ 29 (3 pessoas), US$ 36 (4 pessoas).

colibri

colibri2

4. Flor de Pez – Punta del Diablo (Uruguai)

Punta del Diablo é uma área simples, dominada por pescadores, dentro do Parque Nacional de Santa Teresa, a quase 300 km de Montevidéu. A apenas 400 metros do mar, o camping Flor de Pez abriga até 50 pessoas em sua área, que conta com cozinha comunitária equipada, banheiros com ducha de água quente, área para churrasco, jardim e luz elétrica. Tarifas: US$ 15 para o camping e US$ 50 para as cabanas.

flor-de-pez

5. Camping Bonanza – El Chaltén (Argentina)

Pegando a região da Patagônia, El Chaltén é um dos lugares mais legais para os adeptos do ecoturismo. A 12 km da Vila Turística e a apenas 2 km do Parque Nacional Los Glaciares está o camping Bonanza, que oferece três tipos de alojamento: cabanas, domos e camping. A área conta com banheiros, restaurante, parque de aventuras, equipamentos para jogar futebol, vôlei e praticar rafting no Rio de las Vueltas. Tarifas: R$ 13 por pessoa. Menores de três anos não pagam.

camping-bonanza

Post por Brunella Nunes 
Fotos: divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *