Nada melhor do que descobrir boas opções de lazer para se refrescar nos dias quentes de verão — e melhor ainda se esse passeio for em contato com a natureza! Quem está em São Paulo encontra na Cachoeira Grande em Lagoinha um lugar mágico para pausar a rotina, criar memórias inesquecíveis e se conectar com a natureza, tudo isso sem abrir mão de acolhimento e de conforto.

Localizada na pequena cidade de Lagoinha, no Vale do Paraíba, esse recanto ecológico é uma propriedade particular e familiar com mais de 20 mil metros quadrados dentro de uma área de preservação com mata nativa, animais e infraestrutura completa para se passar o dia. Por conta de sua beleza, a cascata também já foi cenário para o filme “O Grande Xerife”, 1972, de Mazzaropi.

A 190 km de distância da capital, em uma viagem de duas horinhas e meia o visitante chega até uma das maiores cachoeiras do estado de São Paulo. A Cachoeira Grande em Lagoinha possui quedas d’água com mais de 38 metros, sendo considerada a mais alta da região, que se forma pelas águas do Rio Pinhal, afluente do Rio Paraitinga. Dá uma espiadinha e veja que coisa mais linda:

Tomar banho no poço que se forma com a água da cachoeira e contemplar esse visual das quedas incrível é a principal atividade que você pode fazer durante sua visita à propriedade. Nos dias de calor, ficar nesse espaço é tudo o que você precisa para relaxar e se refrescar.

É possível passar o dia inteirinho dentro da propriedade, já que o local possui restaurante e petiscaria para você almoçar ou fazer um lanchinho. Usando ingredientes da região, os pratos no sistema La Carte servem tranquilamente de duas a três pessoas, custando em média R$ 90.

As principais opções do cardápio oferecem picanha, contrafilé, filé mignon à parmegiana, filé de frango, tilápia ou truta grelhadas, prato vegano e o delicioso frango caipira, típico da região. Já na petiscaria a pizza e a batata frita com queijo são os grandes destaques! Nos quiosques, salada de frutas, sucos, além de açaí e sorvete são a cara do verão.

Quem curte passeios históricos e culturais pode aproveitar mais um dia em Lagoinha. O município faz parte do Caminho Velho da Rota Real, primeira via aberta oficialmente pela Coroa Portuguesa para ligar o litoral fluminense à região produtora de ouro no interior de Minas Gerais. Nessa época, no século 17, o percurso demorava 60 dias para ser feito pelos tropeiros a cavalo.

Caso você queira se hospedar pela região, saiba primeiramente que não é permitido acampar dentro da propriedade. Logo, você pode procurar opções em Lagoinha para ficar. No centro do município, vale a pena conferir a Pousada Lagoana; Pousada do Gelão; e Pousada Pires. Já na área rural, a dica é ficar na Chácara ao lado da Cachoeira Grande ou no Sítio 3 Lagos.

Essa pode ser a oportunidade que você procurava para se desligar da correria do dia a dia e tomar um banho de cachu para lavar a alma, começando o ano com o pé direito!

Informações importantes sobre a Cachoeira Grande em Lagoinha

Antes de visitar a Cachoeira Grande em Lagoinha, confira algumas regras e informações importantes:

  • O valor da entrada custa R$ 15 por pessoa, que pode ser pago em dinheiro ou com cartões de débito e crédito das principais bandeiras;
  • A propriedade possui vestiários com duchas para o visitante tomar banho após passar o dia na cachoeira;
  • Você pode entrar com água, frutas e papinha. Não é permitido cooler, isopor, caixas térmicas ou outros alimentos;
  • Não existe espaço para jogar bola e isso não é permitido no gramado, já que a prática pode machucar ou incomodar outras pessoas;
  • A Cachoeira Grande em Lagoinha conta com som ambiente próprio e, com exceção dos eventos e casamentos, não é permitido que os visitantes liguem aparelhos de som para não incomodar os demais visitantes;
  • Dentro da área de conservação não é possível acender fogueiras, fazer churrasco ou acampar, essas são normas de conservação ambiental;
  • A trilha Alto da Cascata é parte do passeio da Tirolesa e do Rapel e não pode ser feita sem a companhia dos guias;
  • O local é pet friendly e você pode levar seu animalzinho de estimação junto no passeio, desde que ele fique sempre com você na coleira e não circule na água, no banco de areia ou no salão do restaurante;
  • O Espaço Flor e Ser é um projeto de Cultura de Paz, autoconhecimento e Sensibilização Ambiental aberto a todos os interessados dentro da propriedade. A cada dois ou três meses acontecem encontros de meditação para você voltar zen para casa. Acompanhe a programação na página do projeto Facebook.

Cachoeira Grande em Lagoinha

  • Endereço: Rodovia Nelson Ferreira Pinto – km 18,5 – Bairro do Faxina (SP-153; estrada São Luiz do Paraitinga – Lagoinha)
  • Horário: para visitação, diariamente das 9h às 18h; Restaurante e petiscaria: das 9h às 17h
  • Preço: R$ 15,00 por pessoa; crianças menores de 12 anos são isentas; pessoas com mais de 60 anos tem 50% desconto
  • Estacionamento gratuito

5 comentários

  1. Boa tarde.
    No local NAO eh permitido acender churrasqueira, nem fogueiras… acho q houve erro de digitação.
    Atenciosamente
    Lilian Oliveira

  2. Linda mas não dá pra pra ficar deboa sem gastar uma grana , só pra entrar cobram 15 por pessoa e não pode entrar culler nem caixa de som ,nem nada do tipo, vc é obrigado a consumir tudo do bar q por sinal tem os preços um pouco salgados. Mas a Cachoeira e bonita !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *