Para se desligar da correria cotidiana e se refrescar nos dias quentes, a Cachoeira do Horto, no Rio de Janeiro, é o refúgio dos cariocas. A atração dentro do Parque Nacional da Tijuca está entre as mais visitadas do estado e seu acesso por trilhas moderadas garantem contato com a natureza na maior área urbana reflorestada do mundo.

Quem vai até o Jardim Botânico costuma esticar o passeio até a reserva ambiental, que fica logo ao lado. Depois de driblar os bares, restaurantes e padarias no meio do caminho, a caminhada começa rumo à primeira parada do dia (caso você tenha resistido aos estabelecimentos citados): a Vista Chinesa, construção a 380 metros de altura, que lembra um coreto oriental, feita em homenagem aos imigrantes.

Confira dicas de hospedagem no Rio de Janeiro em nosso site!

São 4,5 km de caminhada ou pedalada até chega a um dos locais mais legais do Rio. A vista lá do alto é impressionante e vale cada gota de suor. É no meio do caminho que estão as cachoeiras e, consequentemente, o alívio para as altas temperaturas da cidade.

Na hora de pular para o primeiro mergulho, subindo a estrada Dona Castorina, a primeira opção que surge na caminhada é a Cachoeira do Quebra, seguida pela do Chuveiro, como também é chamada a cachoeira do Horto. O acesso é feito por uma trilha de 15 minutos, não muito difícil, mas com subidas um tanto complicadas para pessoas com pouco preparo físico e idosos.  Os caminhos são bem bonitos, propícios para respirar ar puro, encontrar outras quedas d’água e apreciar as coisas mais simples da vida.

Lembre-se que as chuvas influenciam o volume de água das cachoeiras, então não espere grandes quantidades de água se o período estiver seco. Outro detalhe: apesar de ser bem mais agradável ir a pé ou de bike, também é possível acessar os locais de carro. Vale lembrar que, ao evitar os automóveis, você colabora com o meio ambiente.

Ao todo, o parque se divide em quatro mil hectares de área preservada da Mata Atlântica, portanto há ainda muito para se ver, incluindo grutas, montanhas e cascatas. Nos fins de semana, o local recebe muitos visitantes. Se possível, procure ir até lá das 8h às 11h, durante os dias de semana.

[+] Que tal uma excursão completa para conhecer a Floresta da Tijuca?

[+] Cicloturismo: dicas e lugares incríveis para ir na companhia da sua bike

Foto: Pé na Trilha

[+] Confira um passeio completo para conhecer praias incríveis no Rio!

Cascatinha Taunay

Post por Brunella Nunes
Fotos: divulgação/Visit Rio e Parque Nacional da Tijuca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *