Quem diria que o país mais isolado do mundo é também um dos mais pacíficos e o mais feliz entre todas as nações. Entre mosteiros e as montanhas do Himalaia, o Butão incentiva turistas a plantarem árvores durante suas visitas, para se tornar não só um lugar de felicidade, paz e harmonia, mas também onde a natureza impera sobre os homens.

Essa ideia partiu de um acontecimento histórico para a população de Thimpu, a única cidade do país. Em fevereiro se celebrou o nascimento do primeiro filho do rei Khesar e da rainha Jetson, que trouxe uma alegria enorme para os butaneses. Mas não adiantava fazer só festejos, então foi criado o Happiness Garden, um jardim com uma enorme estátua de Buda onde cada morador teria uma árvore plantada, para que o menino cresça saudável, forte, sábio e com compaixão, como ditam os ensinamentos budistas.

principe-butao

Localizado em Kuenselphodrang, distrito a 5 km da capital, a atração já conta com mais de 82 mil mudas de várias espécies plantadas e outras 26 mil em outras regiões. Em junho teve até um recorde mundial: 100 voluntários plantaram 49,672 mudas em apenas uma hora!

butao-happiness-garden

A ideia é ter pelo menos uma árvore representando cada país do mundo, então você também pode plantar a sua na terra da felicidade e da paz. Chegando ao local do jardim, um guia vai indicar e auxiliar os visitantes que desejam ter uma muda e uma plaquinha com seu nome.

Além de ter 70% do território coberto por vegetação (sendo que o mínimo estabelecido por lei é 60%), o país tem outras metas ambiciosas: cultivar uma agricultura 100% orgânica e zero emissões de gases até 2020, além de almejar zero-desperdício até 2030.

butao6

butao8

happiness-garden

butao12

butao9

butao4

butao3

arvores-no-butao

Post por Brunella Nunes
Fotos: divulgação/Bhutan Tourism Council

2 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *