Não tem coisa pior do que estar longe de casa, recém chegada (o) a um destino e descobrir que sua mala foi perdida. Sempre que viajamos de avião corremos o risco de ter algum imprevisto com uma bagagem extraviada.

As companhias aéreas até oferecem indenizações que, infelizmente, muitas vezes nem cobrem os custos que tivemos com a compra do cadeado para a mala!

Para evitar passar por um pesadelo desses, de ter sua bagagem extraviada e, com isso, acarretar em gastos e imprevistos na sua viagem, confira dicas que você pode seguir para reduzir o risco de ter imprevistos com sua bagagem!

1. Tenha um seguro viagem que cubra problemas com bagagem extraviada

bagagem extraviada
Foto: Pixabay

Antes mesmo de embarcar, faça um seguro viagem que também cubra a localização e extravio de bagagem.

Você acabou de chegar ao destino, fica na esteira esperando sua bagagem e… Cadê? Ter um seguro que cubra a localização da bagagem é um alívio e tanto!

Ficou interessada? Faça uma cotação com a Allianz Travel e viaje tranquila (o)

Se o extravio acontecer, você deve preencher, no balcão da companhia, um documento chamado PIR (registro de irregularidade de bagagem). Depois, basta entrar em contato com a central de atendimento do seu seguro viagem. A central de atendimento realizará contato diariamente com a companhia aérea para localização da sua bagagem e o manterá informado do processo da cia.

Se a companhia confirmar o extravio, você vai primeiro pedir a indenização da companhia aérea e, depois, acionar seu seguro, enviando o PIR, o recibo da indenização e os documentos da sua assistência viagem para receber seu reembolso.

Ter um seguro viagem com esse tipo de cobertura faz com que você viaje mais tranquila (o). Isso porque, caso algum imprevisto aconteça, você será ressarcida (o).

Por que é importante ter um seguro viagem?

2. Atenção ao roteiro de viagens

bagagem extraviada
Foto: Pixabay

Antes de comprar suas passagens, preste bastante atenção às conexões. Caso existam, fique atenta (o) para que elas tenham pelo menos uma hora para voos domésticos e duas horas para voos internacionais.

Isso dá uma margem de segurança caso algum atraso aconteça, fazendo com que a transferência das suas malas de um voo para outro seja feita com maior precisão.

3. Tenha tags de identificação na mala

Foto: Esatta Card

Caso sua bagagem seja perdida temporariamente e a companhia a localize mais tarde, se a mala não tiver uma tag de identificação, vai ficar difícil de você ser contatada e bagagem devolvida.

Por isso, mantenha as tags sempre atualizadas, com seu endereço e telefone. Dica: se você tiver o endereço de destino final da viagem, vale a pena colocá-lo para que a companhia envie sua mala para o local, em vez da sua casa. Caso contrário, você estará em Nova York, por exemplo, e sua mala será devolvida para São Paulo.

4. Nunca despache itens caros

Foto: Pixabay

Jamais despache notebook, celular, tablet, video game, dinheiro, remédios e outros itens de valor. Leve-os sempre na sua bagagem de mão para evitar problemas com perdas ou até mesmo danificações.

5. Fique alerta no momento do despacho

Foto: Pixabay

Remova de sua mala todas as etiquetas antigas para evitar complicações. Veja também se o destino final foi impresso corretamente, afinal de contas, erros podem acontecer no momento da impressão.

Sempre tire suas dúvidas com o atendente do balcão da companhia aérea de onde você deve retirar suas malas, caso tenha alguma conexão. Nos Estados Unidos, por exemplo, isso é sempre obrigatório. Mas, dependendo do local para o qual vai viajar, você só vai pegar as malas quando chegar no destino final.

6. Não chame muito a atenção

Foto: Esatta Card

Infelizmente, sabemos que existem quadrilhas que furtam malas nos aeroportos em todo o mundo. Malas de marcas caras geralmente chamam mais a atenção e tornam-se alvos mais fáceis para esses bandidos. Por isso, evite despachar malas de grifes.

Como você pode ver, existem muitas atitudes que você pode tomar para evitar problemas, gastos extras e imprevistos com bagagens despachadas. Caso isso aconteça, sempre vá em busca dos seus direitos!

Advogado virtual ajuda a processar companhias aéreas que desrespeitam os direitos do consumidor

A melhor maneira de se prevenir, sempre, é tendo um seguro! Até porque, dependendo para onde você pretende viajar, ter um seguro com cobertura mínima de 30 mil Euros é obrigatório.

Converse com os atendentes e verifique qual a melhor cobertura,em caso de extravio de bagagem, que o Seguro oferece para seu tipo de viagem. Seu bolso e seu coração agradecem!

Partiu viajar com segurança? Cote agora seu seguro viagem com a Allianz Travel!

*artigo patrocinado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *