Ir para a Itália e não saborear una bella pasta é praticamente o oitavo pecado capital. Para organizar melhor a sua viagem, selecionamos as melhores pizzarias de Roma, assim ninguém perde tempo, porque na hora que a fome bater…você vai lembrar da gente e nos agradecer!

Comer bem não tem segredo em nenhum lugar do mundo, mas os italianos sabem aproveitar as qualidades de seus ingredientes como ninguém. Uma boa pizza requer não apenas isso, mas também a fermentação adequada da massa, tempo certo no forno, equilíbrio nos recheios e uma mão abençoada para sová-la e fazer a magia acontecer.

A principal diferença mesmo entre os estilos da receita é o tempo de fermentação, que pode ser de 36 horas a 72 horas. Quando falamos em pizza romana, significa que chegará à mesa uma massa fina como papel (ou seja, fermentou pouco), crocante e leve, com apelo mais clássico. Já a napolitana é mais encorpada, com massa alta feita de ingredientes facilmente digeríveis e, geralmente, com mais originalidade nos sabores, variando de acordo com a criatividade de cada chef ou pizzaiolo. De entrada, as casas geralmente servem frituras, como croquetes de batata e supplisbolinho feito com arroz de risoto recheados de queijo.

Também ajuda bastante na escolha das melhores pizzarias se o ambiente for aconchegante e os preços justos (em média, de € 5 a € 30). Somando tudo isso e consultando os próprios nativos-comedores-de-pizzas, chegamos a algumas conclusões:

As melhores pizzarias de Roma

Tonda
Via Valle Corteno, 31

Não se engane com o ambiente simples e informal da Tonda, pois dali saem boas pizzas napolitanas, acompanhadas de um serviço educado. Entre as opções mais clássicas está a margheritta, com molho de tomate de Pachino (comuna italiana), mozarela de búfala e boas doses de manjericão.

Atenção: existe uma rede de franquias chamada Tonda, com unidades em diversas partes do mundo, incluindo Roma. Mas, essa não tem ligação nenhuma com a Tonda da Via Valle Corteno, 31, que pertence aos mesmos donos da Sforno e outros restaurantes.

La Gatta Mangiona
Via Federico Ozanam, 30/32

Bem conhecida e bem falada, a pizzaria com mais de 18 anos nas costas oferece o encontro da pizza napolitana com a pizza romana. A massa bem fermentada leva vários tipos diferentes de recheio para o forno a lenha, como creme de grão de bico com bacalhau defumado (foto). Fato curioso: o menu é escrito à mão! É recomendável fazer reserva para não ficar de fora ou simplesmente passando vontade na fila.

[+] Dicas de onde se hospedar em Roma! As melhores regiões e opções de hospedagem.

Sforno
Via Statilio Ottato, 110/116

A poucos passos da Basílica di San Giovanni Bosco está a Sforno, que se sobressai pela qualidade dos ingredientes e a fermentação primorosa da massa. As redondas bem executadas seguem o estilo napolitano, ou seja, são de apenas quatro pedaços, mais robustas e com molho caprichado. Peça uma cerveja artesanal para acompanhar as mordidas da golden pork, pizza com porchetta, laranja, azeitonas, erva doce e pimenta (foto).

Moma Pizzeria Romana
Via Calpurnio Fiamma, 40/44

Decorada de um jeito clean, com tudo branco, a pizzaria Moma é quase unânime quando o assunto é boa pizza na cidade. Servindo a receita tipicamente romana, com massa fermentada por 72 horas, inclui sabores como a supplizio, com ragu de carne e molho de tomate. De sobremesa, não hesite em pedir um belo cannoli recheado de ricota e pinhão.

Emma
Via del Monte della Farina, 28

O restaurante Emma se autodenomina como pizzaria com cozinha, o que significa que também serve alguns pratos de macarronada. As redondas, os calzones e as focaccias são feitas com farinha orgânica e no menu é possível identificar quais opções são vegetarianas e veganas. A pizza Fiori di zucca é recheada de mozarela e flor de abobrinha; já a scozzese é elaborada com a mistura de tiras finas de salmão e rúcula.

Giulietta
Piazza dell’Emporio, 28

Na moda, a Giulietta tem pouco mais de um ano, mas já caiu nas graças dos comilões de plantão. Dois fornos se dedicam exclusivamente às pizzas romana e napolitana, além da versão frita, com ciccioli (ou cicoli), mozarela defumada, ricota e pimenta preta. A margheritta del vesuvio é feita com molho de tomate piennolo, mozarela de búfalo e azeite de oliva. A carta de vinhos é enxuta, mas tem rótulos assertivos. Também há chopes artesanais e champanhes para acompanhar a massa.

Seu Pizza Illuminati
Via Angelo Bargoni, 10/18

Inaugurada em 2018, a Illuminati fica distante do centro turístico mas não deixa a desejar. Aliás, talvez isso seja até melhor! Servidas num ambiente moderno e despojado, as pizzas são leves, embora tenham uma borda bem generosa, cobertas com sabores que vão desde clássicos a autorais. Comece a brincadeira provando a 3P, com fiordilatte (queijo semelhante à burrata), provolone defumado, batata e pesto de manjericão.

[+] Partiu Roma! Clique e encontre sua passagem aérea.

Pizzeria Gaudì
Via Ruggero Giovannelli, 8/12

Saborear pizzas napolitanas num belo terraço não tem erro, né? Na Pizzeria Gaudì, as versões podem ser simples, recheadas ou gourmet. A san marzano vem com molho de tomate, berinjela, pimentão verde e brócolis. Já a flambè é feita com mozarela de búfala, bacon e whisky. O restaurante também serve panini, saladas e massas, inclusive sem glúten.

Rosso
Viale Aventino, 32

Moderno e elegante, o Rosso não fica só nas aparências, não. Com opções vegan friendly ou sem glúten, ali tem de tudo, café da manhã, brunch, almoço, happy hour, jantar e pizzas. A massa de farinha orgânica é fermentada por 48 horas e vai direto para o forno a lenha, onde são assados sabores como a lupa, que leva molho de tomate pelado, fior di latte, salsicha, parmesão regional e tomate catânia (amarelo e mais doce).

Pinsa ‘Mpò
Via dei Gracchi, 7

As pequenas portinhas sempre escondem grandes tesouros. É o caso da Pinsa ‘Mpò, uma pequena pizzaria que serve pizzas de tamanho irregular, redondas ou retangulares, com massa fermentada de 48 a 72 horas. Entre as 21 opções disponíveis se destacam a de salmão com flor de abobrinha e molho branco; e a de presunto cru com burrata e alcachofra.

SpizZala
Via dei giardinetti, 157

Misto de hamburgueria, bar, cervejaria e pizzaria, a SpizZala faz a linha descolada. Com tantas opções gastronômicas, o menu fica extenso, deixando o cliente até confuso por não saber o que escolher. A massa pode ser normal ou integral, como se vê na pizza foggia, com queijo stracciatella di bufala, pimenta malagueta e orégano. As cervejas e chopes servidos no local são da Giardinetti.

Pizzeria Loffredo
Via Vestricio Spurinna, 51/53

Seguindo a tradição napolitana, a Loffredo serve pizzas não só redondas como também retangulares e ainda a versão frita. De sugestão, peça a Montanara, que leva provolone fresco defumado e funghi. Os preços são bem amigáveis. Uma coisa interessante é que o local conta com 40 lugares distribuídos em mesas comuns e em balcões compartilhados, onde todos podem saborear juntos, como na casa da nonna.

Bir&Fud
Via Benedetta, 23

Com pegada gourmet, a pizzaria Bir&Fud se destaca pela inovação. O forno rotativo auxilia as tarefas da culinária contemporânea que vem acompanhada de muitos pedidos simultaneamente. Os sabores também tem pitadas de originalidade, como se vê em Porco Pistachio, um calzone aberto com mortadela, mozarela de búfala fresca, tomate seco, pesto de pistache, coberto com pedaços de berinjela, cogumelos, manjericão e parmesão.

Fotos: divulgação

O pequeno café que esconde um charmoso apartamento para alugar em Roma

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *