A Índia é um país muito rico em cultura e preza por suas tradições. Recentemente, acabou adaptando uma de suas celebrações para não prejudicar mais o meio ambiente. Após 12 anos, o festival hindu Ganesh Chaturthi passa por mudanças em seus monumentos jogados ao mar, que até então acabavam poluindo o rio e prejudicando os peixes.

Celebrando uma das principais deusas do país, a Ganesha, o festival em Mumbai tem como atividade principal não só seu culto mas a submersão de cerca de 300.000 figuras religiosas na água. Feitas de gesso, pintadas e decoradas, possuem apenas um problema: não são biodegradáveis, então acabavam ficando mar, poluindo o meio ambiente e prejudicando espécies como golfinhos da costa indiana.

Notando o problema, ativistas ecológicos da Sprousts Enviroment Trust passaram a recolher os restos e limpar as praias após as festividades, mas isso não era o suficiente. Agora incentivam a criação de peças ecofriendly feitas papel maché ou com argila, que derrete facilmente em algumas horas, corantes naturais para a pintura (como sândalo e açafrão) e recheados de comida de peixe, com pepitas de milho e espinafre.

A medida foi adotada oficialmente e o site do evento até ensina novas formas de se criar as figuras religiosas, estando em harmonia com o meio ambiente. O festival acontece no mês de setembro, previsto para ocorrer no dia 5 em 2016.

Ganesha

Ganesha2

Ganesha4

Ganesh-Chaturthi-Festival-1

Ganesh-Chaturthi-Festival-3

Ganesh Chaturthi festival

Ganesh-Chaturthi-Festival-5

Fotos via

2 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *