Com suas praias exuberantes, Curaçao é a maior das Antilhas Holandesas. Desde 2010, a ilha é um país autônomo que faz parte do Reino dos Países Baixos, embora a cultura seja bastante diferente da colonizadora europeia, com seu marcado traço caribenho. Por lá, misturam-se os sons do holandês (idioma...

Leia Mais
  • População 153.5 mil

  • Hora local 02:46

  • 1 Dólar americano R$ 3,29

  • Temperatura local 28.5º Ver previsão

Calcule quanto irá custar sua viagem para Curaçao

Atrações turísticas em Curaçao

Veja todos

Encontre a hospedagem perfeita para você

As melhores opções de hospedagem em Curaçao

Hospedagem em Curaçao

menor valor maior valor
Apartamento R$ 102,32 R$ 506,47
Pousada R$ 194,40 R$ 194,40
Albergue R$ 195,77 R$ 195,77
Hotel R$ 207,09 R$ 631,92

Alimentação em Curaçao

Média de preços por dia com base em centenas de experiências

  • Café da manhã


    R$ 35,48 $ 10.80 a R$ 96,58 $ 29.40
  • Almoço


    R$ 56,77 $ 17.28 a R$ 131,67 $ 40.08
  • Jantar


    R$ 63,08 $ 19.20 a R$ 149,80 $ 45.60

Guia Curaçao

Com suas praias exuberantes, Curaçao é a maior das Antilhas Holandesas. Desde 2010, a ilha é um país autônomo que faz parte do Reino dos Países Baixos, embora a cultura seja bastante diferente da colonizadora europeia, com seu marcado traço caribenho. Por lá, misturam-se os sons do holandês (idioma oficial), inglês, espanhol e do papiamento (dialeto local que parece misturar todas as línguas anteriores com um toque de português). 

A capital Willemstad é dividida ao meio pela ponte flutuante Queen Emma. De um lado fica a área de Punda, mais comercial, e Pietermaai, com suas encantadoras casinhas coloridas; enquanto do outro está Otrobanda, uma região que respira história.

Fora da rota dos furacões, o país se tornou sinônimo de destino seguro e gostoso de conhecer praticamente o ano inteiro - a estação seca vai de janeiro a setembro. Junto com Aruba e Bonaire, Curaçao forma as “Ilhas ABC”, com suas praias de areia branca e águas de um azul turquesa que dá nome ao famoso drink Curaçao Blue.

Apesar disso, a ilha é diferente de todos os outros destinos caribenhos. Tem praia? Tem sim, mas a história é outro ponto forte da visita. Tem resorts all inclusive? Claro, mas o melhor mesmo é ficar circulando entre as praias, pois as mais bonitas são também as mais afastadas - e você não vai querer perder de conhecê-las para ficar relaxando no hotel.

Pode ser interessante alugar um carro para chegar às praias mais cobiçadas e, assim, ter mais liberdade de se locomover entre uma atração e outra. Além disso, a maioria delas tem corais, o que torna o colorido da água totalmente diferente de tudo que estamos acostumados. O visual de Kenepa, por exemplo, parece saído de um sonho.

É importante saber que nem todas as praias de Curaçao contam com estrutura para comer - e as que oferecem geralmente têm entradas cobradas à parte. Por isso, a dica é levar uma água e algum lanche com você no carro e, assim, evitar que bata aquela fome justamente quando está longe de qualquer opção.

Se o destino é perfeito para um mergulho, ele também não deixa a desejar quanto a outros tipos de passeios. É possível realizar cavalgadas, safáris de jipe e até mesmo optar pela prática de esportes radicais.

Quando cai a noite, o entretenimento fica por conta dos muitos bares e restaurantes com música ao vivo, dos cassinos onde turistas de todas as partes do mundo tentam a sorte e das casas noturnas que misturam ritmos diferentes com uma facilidade incrível. Afinal, a diversão em Curaçao não tem hora para terminar. 

Como chegar

O único voo que ligava o Brasil a Curaçao de maneira direta foi descontinuado. Dessa forma, atualmente não há mais voos diretos entre os dois países, sendo necessário fazer ao menos uma escala para chegar até o destino.

As melhores opções costumam ser voar com a Copa (fazendo escala no Panamá), com a Avianca (via Colômbia) e com a American Airlines (passando pelos Estados Unidos - e, nesse caso, apenas para quem tem visto americano). Os voos mais baratos para Curaçao costumam ser aqueles com saída de Manaus, São Paulo, Belém e Rio de Janeiro.

No aeroporto

A chegada a Curaçao ocorre pelo Aeroporto Internacional Hato, localizado a 12 quilômetros do centro, em Willemstad. Se for alugar um carro no destino, a dica é já sair dirigindo e, assim, não se preocupar com o transporte até o hotel. Outra opção é pegar um táxi até a acomodação. Os valores são tabelados e você já entra no veículo sabendo quanto irá pagar.

Taxa de embarque

Não estranhe se uma taxa for cobrada quando você sair do aeroporto. Algumas companhias não incluem os valores da taxa de embarque no momento de aquisição da passagem e, portanto, ela é paga quando você deixa o destino. Passageiros que voarem com American Airlines, KLM, Tui, Airberlin, Air Canada, West Jet, Copa Airlines, Avianca e Surinam Airways não precisam pagar essa tarifa, pois ela já está incluída no valor da passagem.

Cruzeiros

Para muitos viajantes, chegar até a ilha a bordo de um cruzeiro pode ser mais fácil do que por via aérea. Diversas embarcações incluem o destino em roteiros pelo Caribe. Os portos de Curaçao são naturais e adaptados para receber navios de passageiros e de carga. Além disso, os terminais de cruzeiros estão conectados ao shopping principal da cidade e ficam próximos à zona franca. Essa é uma boa opção para quem quer conhecer o local e visitar outras praias do Caribe em uma mesma viagem. 

Vida noturna

Depois de aproveitar o dia nas incríveis praias de Curaçao, nada melhor do que continuar desfrutando do que o destino oferece após o pôr-do-sol. Como uma boa ilha caribenha, também há muitas atrações para curtir a vida noturna por lá.

A primeira coisa a fazer é aproveitar um aperitivo com vista para o mar antes mesmo de decidir onde irá começar a noite. Depois, basta escolher um bom restaurante para dar sequência ao divertimento. Na ilha, é possível encontrar ótimas opções da gastronomia internacional. Se o local tiver música ao vivo, como é comum em muitos estabelecimentos, melhor ainda.

Os bares e restaurantes do Rif Fort e de Waterfort Arches são sempre interessantes - e os últimos contam ainda com vista para o mar. O Mundo Bizarro, em Pietermaai, merece o nome pelo estilo nada convencional de sua decoração. O menu vai do café da manhã à janta, com música ao vivo aos sábados.

Os cassinos formam um gostoso programa pós-jantar para aqueles que querem tentar a sorte durante a viagem. O Renaissance e o Sunscape estão entre os mais conhecidos do destino.

Se dançar for o seu objetivo, não há motivos para não continuar a noite em uma das badaladas casas noturnas de Curaçao, onde ritmos e pessoas de todos os continentes convivem em harmonia. Da salsa ao blues, nenhum estilo musical fica de fora. O jazz é um dos mais apreciados, o que pode ser percebido durante o North Sea Jazz Festival, que acontece na ilha em julho.

Para ficar por dentro de tudo que rola na vida noturna local, o guia Curaçao Guide Party promete ser um ponto de partida excelente. Na hora de cair na pista, o Mambo Beach é uma ótima opção, sendo um dos bares de praia mais famosos do país. Além dele, o Papagayo Beach Club é sucesso garantido de animação pé na areia no melhor estilo “para ver e ser visto”.