Quanto Custa Viajar
Para onde viajar
Passagens aéreas baratas
BUSCAR CIDADE:
Atrações turísticas

Passeios em Pequim

Você está em: Pequim > Passeios e tours

Os passeios e tours mais populares

Quem acerta qual é um dos passeios em Pequim mais populares entre os viajantes? A resposta a essa pergunta pode parecer uma pegadinha, mas é muito fácil. Todos querem ver a Grande Muralha da China, é claro! Mas isso não é tudo: afinal, são muitas as opções para se conhecer essa obra que começou a ser construída em 215 antes da nossa era e só foi concluída no século 16.

A Muralha se estende por um percurso de mais de 8 mil quilômetros, passando por 9 províncias chinesas. Por isso mesmo, é importante escolher o passeio certo se quiser conhecer o local. Alguns dos segmentos mais procurados pelos viajantes que visitam a região são Mutianyu, Jinshanling e Badaling e há tours fechados que levam os turistas a cada uma destas partes.

Depois de conhecer o principal ponto turístico da China, pode ser a hora de se aventurar em outro monumento do país: a Cidade Proibida. A área, cuja construção começou no século 13, foi o centro do poder do Império Chinês por mais de 500 anos. Ela ficou conhecida como “cidade proibida” por ter seu acesso permitido apenas a funcionários do governo e membros da família imperial. Foi no início do século 20 que o lugar deixou de ter esse fim, sendo considerado como Patrimônio Cultural da Humanidade em 1987.

Uma boa dica para continuar os passeios em Pequim é conhecer a Praça Tiananmen, também chamada de “Praça da Paz Celestial”. O local ficou conhecido no mundo inteiro por causa aos protestos estudantis ocorridos em 1989, que resultaram na morte de mais de 2 mil pessoas graças à severa repressão do governo aos manifestantes.

Para fechar os passeios pela cidade com chave de ouro, a dica é reservar algumas horas para a visita ao Templo do Céu, um complexo de templos taoístas localizado ao sul de Pequim. Construído por volta de 1.400, o templo foi utilizado pelas dinastias Ming e Qing para pedir intervenção divina em suas colheitas durante a primavera. Desde 1998, a área é considerada Patrimônio da Humanidade pela Unesco e atrai visitantes de todas as partes do mundo.