Todo mundo já sabe que o Rio continua lindo - e não tem como não amar essa cidade. Mesmo assim, a Cidade Maravilhosa tem tantas opções de hospedagem que fica bem difícil decidir onde ficar no Rio de Janeiro. Difícil, mas nada impossível, ainda mais quando se tem informações sobre os diversos bairros para se hospedar na cidade, não é mesmo?

Nós fizemos uma pequena seleção de algumas das regiões que acreditamos serem mais interessantes para determinados perfis de viajantes. Enquanto algumas delas parecem cair como uma luva na vida dos amantes de praias, outras são perfeitas para os boêmios de plantão, que não perdem a oportunidade de tomar um chope no fim da tarde. Qual delas será que combina melhor com você? Não deixe de conferir as descrições de todas abaixo antes de escolher a sua acomodação no Rio de Janeiro. Quem sabe você não encontra o lugar que estava procurando para conhecer a cidade?

Copacabana

Não tem bairro mais conhecido no Rio de Janeiro do que Copacabana. Por isso mesmo, essa acaba sendo a escolha mais comum para quem visita a cidade. E o bairro é ótimo para viajantes, com diversas opções de hospedagem que vão de hostels a grandes hotéis. Além disso, a região é muito boa para quem quer curtir o melhor das praias cariocas (afinal, você estará do ladinho delas) e a sugestão é hospedar-se o mais próximo possível do Arpoador. Se quiser fechar a hospedagem em um clássico carioca, opte pelo famoso Copacabana Palace. 

Ipanema

Outro bairro tradicional na cidade e também uma área um pouco mais cara para se hospedar no Rio de Janeiro. Ipanema é perfeita para aqueles viajantes que só querem saber de ficar “num doce balanço a caminho do mar”, como já cantava o poeta. A proximidade com o Arpoador, a Lagoa Rodrigo de Freitas e as praias mais famosas da cidade são alguns dos pontos altos da região, onde também abundam restaurantes e barzinhos para ver e ser visto. É a escolha daqueles que buscam a badalação das praias cariocas e podem pagar um pouco a mais para estar no meio do agito. 

Santa Teresa

É a parte histórica da cidade, que promete mostrar aos viajantes um Rio de Janeiro que quase não existe mais. Com clima de cidade de interior, o bairro fica no alto de um morro e era por lá que passava o famoso bondinho carioca. Além disso, a região oferece opções de acomodações mais econômicas, bem como hotéis mais requintados e fica do ladinho da Lapa. Um ponto negativo é a constante presença de ladeiras, o que pode dificultar a estadia para pessoas que possuam problemas de locomoção, como gestantes, idosos e deficientes físicos.

Flamengo + Catete

Um duo de sucesso na hora de escolher onde ficar no Rio de Janeiro. O Flamengo também tem praia, embora ela não seja própria para banho. É do ladinho do aeroporto Santos Dumont e tem muitas opções de transporte público, que facilitam na hora de se locomover para diferentes partes da cidade. Também conta com hotéis mais econômicos do que os de bairros mais tradicionais, como Copacabana ou Ipanema, por exemplo. Outro ponto alto é ficar pertinho da “vida de bairro” carioca, onde é possível acompanhar o que acontece na cidade com um olhar mais local. 

Centro

O Centro pode até não ser a zona mais segura do Rio de Janeiro, embora tenha sido revitalizado recentemente. Apesar disso, é uma zona bastante recomendada para quem pretende conhecer a cidade com conforto e sem gastar muito. É no Centro que fica a Lapa, onde abundam as opções de bares e casas noturnas. Perfeito para quem quer conhecer de perto a vida noturna carioca, além de ter transporte público para qualquer região da cidade. Há ainda muitos museus interessantes para curtir nas proximidades, o que faz com que essa seja uma boa opção tanto para quem viaja a trabalho quanto para quem busca economizar durante a estadia. 

Encontre a hospedagem perfeita para você

As melhores opções de hospedagem em Rio de Janeiro

Hospedagem em Rio de Janeiro

menor valor maior valor
Albergue R$ 35,00 R$ 400,00
Hotel R$ 59,00 R$ 1.921,50
Apartamento R$ 72,00 R$ 3.400,00

Lugares baratos para ficar em Rio de Janeiro

Média de preços por dia