Em Manaus a selva está à porta e a história em todos os lugares. A cidade é o ponto de partida para os que vão desbravar a floresta Amazônica: pode servir tanto de base para rápidos passeios pela região, como de ponto de partida para um cruzeiro fluvial ou uma temporada em um hotel de selva. Mas a cidade em si já reserva muitos encantos e atrações a serem descobertos - das maravilhas da Natureza aos encantos de uma cultura bem misturada, como é tão típico em muitos lugares do Brasil. 

Leia Mais

No entanto, engana-se que esta é uma cidade pacata no meio da floresta. A metrópole, de 2 milhões de habitantes, já mostra os sintomas de um centro urbano que cresceu muito rapidamente. Uma capital de concreto, marcada pela chegada das indústrias após a criação da zona franca durante o regime militar.

Concreto que contrasta com o centro histórico. Quem conhece, se apaixona pela arquitetura bem preservada dos prédios. Dos tempos áureos da borracha, no final do século 19, restaram palácios em estilo art nouveau que se espalham pela cidade: o Palácio Rio Negro, o Mercado Municipal, o Palacete Provincial e, claro, o cartão-postal principal, o Teatro Amazonas. A melhor época para visitar o local em grande estilo é durante o Festival de Ópera, que costuma acontecer em abril ou maio na cidade.

Mas a Natureza está sempre ali pertinho. Os arredores da cidade já satisfazem muito os turistas que gostam dos passeios ecológicos e são ávidos pelo contato com exotismo da região. Fazer um tour para conhecer os igarapés e igapós de canoa, admirar as mudanças nos rios e ver o belo encontro das águas do Rio Negro e do Rio São Francisco em um passeio de barco, aventurar-se em um trekking na mata, visitar aldeias indígenas, observar pássaros, repteis e plantas – são algumas das opções que tornam o lugar um pacote completo para os mais aventureiros.

Dentro da cidade há ainda parques preservados, como a Reserva Florestal Adolpho Ducke e o Bosque da Ciência, além do calçadão revitalizado da Ponta Negra, onde o misterioso Rio Negro abraça a cidade.

Experimentar a cozinha regional é uma tração à parte e a certeza de degustar pratos exóticos, como o tacacá e comer peixes tão deliciosos e outros pratos, cujo os segredos ficam por conta dos ingredientes e temperos, como tucupi, gengibre e açaí. As frutas regionais também rendem um roteiro especial e muito assunto: cupuaçu, pupunha, tucumã, guaraná, graviola e muitas outras, que vão garantir muitos sucos e sorvetes para se refrescar do calor da cidade.

Falando em clima. É bom atentar-se às estações para melhor aproveitar a viagem e os passeios. Entre junho e novembro, a chuva costuma dar uma trégua, facilitando os passeios pela cidade. Agosto também é uma boa época para visitar a região devido às temperaturas, mas em setembro já faz muito calor. Para desfrutar a selva, a melhor época é entre junho e julho. 

  • População 2.094 milhões

  • Hora local 04:43

  • 1 Real R$ 1,00

  • Temperatura local 25.5º Ver previsão

Atrações turísticas em Manaus

Veja todos

Encontre a hospedagem perfeita para você

As melhores opções de hospedagem em Manaus

Hospedagem em Manaus

menor valor maior valor
Hotel R$ 49,00 R$ 495,00
Albergue R$ 50,00 R$ 159,00
Apartamento R$ 91,00 R$ 230,00

Alimentação em Manaus

Média de preços por dia com base em centenas de experiências

  • Café da manhã


    R$ 8,80 R$ 8.80 a R$ 14,30 R$ 14.30
  • Almoço


    R$ 15,00 R$ 15.00 a R$ 28,30 R$ 28.30
  • Jantar


    R$ 17,40 R$ 17.40 a R$ 31,00 R$ 31.00

Calcule quanto irá custar sua viagem para Manaus