Maceió tem a fama de ser o Caribe brasileiro e o título é mais que merecido. Além disso, o apelido já oferece uma bela ideia do que esperar das maravilhosas praias da cidade. Nenhum dos 40 quilômetros de praias desaponta o visitante. São águas transparentes, piscinas naturais, areias douradas e imensas manchas verdes, formadas por coqueiros e fazendas de cana-de-açúcar.

Não é à toa que Luiz Gonzaga cantava as praias do município em suas músicas. Se “Alagoas tem joias tão caras que meus olhos não cansam de olhar”, elas são Pajuçara, Ponta Verde e Jatiúca.  

Leia Mais

O grande atrativo da capital alagoana é que as praias urbanas são tão bonitas quanto as mais afastadas. As três praias são responsáveis por grande parte do sucesso da cidade que tem uma das orlas urbanas mais bonitas do Brasil. Um programa obrigatório são os passeios de jangada até as piscinas naturais de Pajuçara, assim como admirar o visual da Ponta Verde. Já Jatiúca é ideal para quem gosta de tomar banho de mar em uma praia de ondas mais fortes.

A orla de Maceió é arborizada e animada dia e noite. O calçadão à beira-mar é o coração da cidade com venda de artesanato e barracas ótimas para aproveitar a praia e a vida noturna. Distante da orla ficam as atrações culturais, espalhadas pelo centro da cidade. São igrejas em estilos arquitetônicos variados e espaços que guardam a rica arte popular do Nordeste.

Como o calor é intenso o ano inteiro, basta que faça sol para que acidade fique alegre, cheia de gente nas areias e repleta com o acolhimento dos simpáticos maceioenses.  A temperatura média anual é de 25ºC, com médias que variam entre 26ºC, no verão, e 23ºC, no inverno. A época de alta temporada e maior movimento obviamente é o Verão, que coincide com o período mais seco do ano e com águas mais claras. O inverno de Maceió é um período mais chuvoso, mas, por outro lado, pode propiciar preços mais convidativos.

A vantagem de conhecer Maceió é poder desfrutar das facilidades de uma cidade com estrutura de uma grande capital, mas que ainda caminha em ritmo de interior, menos acelerado do que outras capitais brasileiras.  Ainda que seja relativamente pequena, os turistas que a visitam contam com aeroporto moderno, bons restaurantes, boa rede hoteleira e infraestrutura voltada para o turista.

Já nos arredores de Maceió, a palavra-chave é rusticidade. Um exemplo é a Costa dos Corais, ao Norte. As praias desertas e acessíveis pela estrada cercadas por coqueirais, como em São Miguel dos Milagres, ficam em simples vilarejos que abrigam charmosas pousadas. Para o sul, o destino é Barra de São Miguel ou Penedo, uma cidade histórica às margens do Rio São Francisco. Da região é fácil chegar a foz do Velho Chico e apreciar o encontro de suas águas com o mar, abraçado por imensas dunas douradas.

Como chegar

Há uma grande oferta de voos diretos saindo das principais capitais brasileiras para Maceió. Normalmente, as passagens aéreas mais baratas são aquelas que ligam outras cidades do Nordeste à capital alagoana, como voos partindo de Recife ou Salvador - que, com sorte, podem sair por menos de R$ 300 por pessoa.

Outras cidades que possuem conexão aérea direta com Maceió são: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Campinas, Uberlândia, Ribeirão Preto e Brasília. Para quem viaja de outras regiões do Brasil, basta uma escala em um destes aeroportos para aterrissar rapidamente no Aeroporto Internacional de Maceió - Zumbi dos Palmares, localizado a cerca de 25 km da Ponta Verde.          

As principais companhias que voam para a cidade são Gol, Latam, Azul e Avianca. Apesar de ser um aeroporto pequeno, o movimento de voos é constante e os serviços oferecidos aos viajantes não deixam a desejar, com diversas lojas e restaurantes.

Quem vive no Nordeste ou inclui Maceió em um roteiro maior, também poderá chegar à cidade de ônibus ou de carro. As empresas Rota, Gontijo e Real Alagoas operam ônibus com saídas das principais capitais do país. De Recife (PE), a viagem demora cerca de 4 horas; de Aracaju (SE), são apenas 5 horas de ônibus; ou 6 horas para quem sai de João Pessoa (PB).

Mais longas, mas nem por isso impossíveis, são as viagens de ônibus que partem do Rio de Janeiro (RJ), ou de Salvador (BA) para Maceió. Saindo da capital carioca, a viagem dura cerca de um dia, enquanto de Salvador são aproximadamente 11 horas de percurso.

Se percorridos de carro, os trajetos costumam ser ainda mais rápidos, ao mesmo tempo em que permitem acompanhar as belezas do caminho em seu próprio ritmo. Os dois principais acessos à cidade são a BR-101 e a AL-101 - esta última passa pelo litoral, sendo uma boa escolha para quem pretende parar em outras praias ao longo da viagem. 

Vida noturna

São as praias e o calor do sol que atraem os visitantes para Maceió, como acontece em outras capitais do Nordeste. Mesmo assim, a vida noturna na cidade não deixa a desejar, oferecendo muitas opções de bares e casas noturnas para todos os gostos.

À noite, as mesmas praias que recebem turistas durante a luz do dia também se transformam em palco da vida noturna. O calçadão da Pajuçara, Ponta Verde e Jatiúca vira um bom lugar para um passeio ao ar livre e as barracas de praia se transformam no programa ideal para curtir o melhor do fim do dia.

A pedida é aproveitar a noite em Jatiúca, onde vários restaurantes e bares oferecem boas opções para os visitantes. É possível saborear algumas tapiocas típicas da região enquanto caminha pela orla. Na hora da janta ou de seguir para os bares, a avenida Antônio Gomes de Barros (mais conhecida como “Amélia Rosa”, como se chamava anteriormente) é onde se concentra a maior parte das atrações, que vão de restaurantes a pubs.

As barracas Lopana e Kanoa são as mais famosas da Ponta Verde. Versáteis, elas são perfeitas para passar o dia na praia e voltar à noite para aproveitar o agito. Em compensação, o Maikai é um dos lugares mais concorridos. Com dois ambientes, a casa tem uma área para shows e outra destinada à choperia.

Um roteiro cultural pelo bairro histórico do Jaraguá permite que os viajantes conheçam mais da região ao cair da noite. Ao final do passeio, há ótimas opções para continuar aproveitando a vida noturna de Maceió sem sequer sair do bairro. Um antigo casarão restaurado é sede do Rex Jazz Bar, um ambiente para os amantes da música. Outros bares famosos são a Casa da Filó, com o melhor do forró pé de serra, ou a choperia Orákulo

  • População 1.013 milhões

  • Hora local 01:33

  • 1 Real R$ 1,00

  • Temperatura local 23º Ver previsão

Calcule quanto irá custar sua viagem para Maceió

Atrações turísticas em Maceió

Veja todos

Encontre a hospedagem perfeita para você

As melhores opções de hospedagem em Maceió

Hospedagem em Maceió

menor valor maior valor
Albergue R$ 58,00 R$ 195,00
Hotel R$ 99,00 R$ 799,00
Apartamento R$ 99,00 R$ 500,00

Alimentação em Maceió

Média de preços por dia com base em centenas de experiências

  • Café da manhã


    R$ 7,20 R$ 7.20 a R$ 11,70 R$ 11.70
  • Almoço


    R$ 15,80 R$ 15.80 a R$ 29,80 R$ 29.80
  • Jantar


    R$ 19,40 R$ 19.40 a R$ 34,90 R$ 34.90