Tudo que você precisa saber para uma viagem inesquecível a Morro de São Paulo

Tudo que você precisa saber para uma viagem inesquecível a Morro de São Paulo



Localizada na Ilha de Tinharé, no município de Cairu, Morro de São Paulo é uma das muitas belezas do litoral baiano. Para chegar até lá, o mais comum é fazer uma parada em Salvador, a cerca de 250 km de distância.

Um dos encantos de Morro é justamente a sua dificuldade de acesso – é necessário fazer uma viagem de cerca de 2 horas e meia de catamarã para atracar na ilha. O trajeto é enfrentado como um desafio extra por turistas de diversas partes do mundo que vivem a aventura de conhecer o destino.

A satisfação é quase garantida. Tanto que a Quarta Praia de Morro de São Paulo foi eleita este ano como uma das melhores praias brasileiras pelo prêmio Travellers’ Choice, do Tripadvisor. Que responsa, hein?

Sim, as praias por lá são todas numeradas: Primeira, Segunda, Terceira, Quarta e, por último, as praias do Encanto (conhecida como Quinta Praia), Gamboa, do Pontal e Garapuá. Vem descobrir como planejar uma viagem inesquecível para o destino e todos os custos de uma viagem como essa. 😉

Voo para Salvador

O primeiro passo para planejar uma viagem a Morro de São Paulo é comprar as passagens para Salvador. A capital baiana é o ponto de onde partem os catamarãs que chegam à ilha e, portanto, o primeiro destino do roteiro.

Veja os custos médios de passagens saindo de alguns dos principais aeroportos brasileiros – no nosso guia de Salvador tem mais preços. Tenha em conta que os valores abaixo são apenas uma estimativa e podem variar de acordo com a data da viagem, antecedência da compra e a companhia escolhida.

São Paulo para Salvador ⇒ R$ 450 a R$ 1.000

Rio de Janeiro para Salvador ⇒ R$ 450 a R$ 700

Fortaleza para Salvador ⇒ R$ 300 a R$ 700

Belo Horizonte para Salvador ⇒ R$ 300 a R$ 900

Recife para Salvador ⇒ R$ 350 a R$ 700

Porto Alegre para Salvador ⇒ R$ 650 a R$ 1.000

Outra alternativa é voar para Valença. As passagens para este trecho costumam ter preços mais elevados e menos opções de horários, porém o acesso a Morro de São Paulo é mais fácil. De São Paulo a Valença, os preços das passagens costumam começar em R$ 1.000, por exemplo

Dica: para aproveitar mais a viagem, fique ao menos uma noite em Salvador antes de embarcar para Morro de São Paulo. Assim, se o voo de chegada atrasar, você não fica sem transporte – o último catamarã parte da capital baiana às 14h30.

De Salvador a Morro de São Paulo

A melhor maneira de fazer o trajeto entre Salvador e Morro de São Paulo é de catamarã. O veículo sai do Terminal Marítimo da cidade, localizado em frente ao Mercado Modelo, em diferentes horários. Na alta temporada, é importante reservar as passagens com antecedência, pois os barcos costumam lotar.

Três empresas realizam o percurso: Biotur, Ilha Bela e Farol do Morro. Os preços das passagens são sempre os mesmos: R$ 96,60 (ida) e R$ 95,20 (volta).

Horários de ida para Morro de São Paulo:

8h30 – Ilha Bela

9h – Biotur

10h30 – Ilha Bela

13h – Farol do Morro

14h30 – Biotur

Horários de regresso a Salvador:

9h – Farol do Morro

11h30 – Biotur

13h – Ilha Bela

15h – Biotur/Ilha Bela

Por questões de segurança, o trajeto de catamarã pode ser substituído pela viagem semiterrestre caso o tempo esteja instável. Nesse caso, a travessia pode durar cerca de 4 horas. Por isso, é recomendado marcar o retorno a Salvador com algumas horas de antecedência em relação ao seu voo de volta para casa – há táxis e serviço de transfer entre o terminal marítimo e o aeroporto.

Travessia semiterrestre

É possível fazer a travessia semiterrestre por conta própria – indicado para quem tem estômago sensível, pois a viagem de catamarã é bastante enjoativa. Fazer o percurso dessa forma também é mais econômico, mas pode demorar muito tempo devido à espera entre um transporte e outro.

Caso deseje fazer esse trajeto, será preciso pegar um barco ou ferryboat no Terminal São Joaquim (Salvador) com destino a Bom Despacho. De lá, o viajante deverá seguir em van ou táxi até o local onde passam ônibus com destino a Valença – também é possível ir até Valença de táxi, mas o trajeto sairá mais caro. Uma vez na cidade, basta se dirigir ao terminal marítimo e pegar uma lancha com destino a Morro de São Paulo.

Lembre-se de que é necessário pagar uma taxa de preservação ambiental no valor de R$ 15 na chegada a Morro de São Paulo. Crianças até cinco anos e idosos são isentos do pagamento da tarifa.

Hospedagem em Morro de São Paulo

Não faltam boas opções de hospedagem em Morro de São Paulo. Há desde pousadas simples até mesmo grandes resorts. Um dos pontos fundamentais é justamente entender o que cada área de Morro oferece aos viajantes.

Ficar na Vila ou na Primeira Praia é uma boa opção para quem busca praticidade ou vai passar pouco tempo no destino, além de ser a localização mais próxima para subir no Morro de São Paulo, onde ficam a famosa Toca do Morcego e a Tirolesa. A Segunda Praia está no meio do agito e é a localização perfeita para quem pretende curtir a noite durante a viagem – há muitos bares e restaurantes abertos durante todo o dia na orla.

A Terceira Praia costuma ser uma boa opção para os viajantes que pretendem sair algumas noites e dormir tranquilos ao chegar no hotel. Eles estarão numa região tranquila, porém bastante próxima da vida noturna. É de lá que saem alguns tours de barco e a região também fica a uma curta caminhada das piscinas naturais da Quarta Praia.

Em compensação, a Quarta Praia e a Praia do Encanto são lugares para quem quer curtir Morro de São Paulo de maneira sossegada e longe do movimento. Como elas ficam mais afastadas e não circulam carros na ilha, opte por essa localização apenas se tiver certeza de que não pretende passear muito durante a estadia.

O que fazer em Morro de São Paulo

Uma das melhores coisas para se fazer em Morro de São Paulo é relaxar na areia, visitar as piscinas naturais e aproveitar o clima de vilarejo de interior. Toda a cidade parece ter saído de uma novela e é difícil não se encantar com o jeitinho baiano, que faz com que qualquer um se sinta em casa. Mesmo assim, alguns passeios são ótimos para quem pretende incrementar o roteiro pela região.

⊗ Piscinas naturais ⇒ GRÁTIS

As piscinas naturais da Quarta Praia podem ser visitadas de graça. Basta uma caminhada até lá durante a maré baixa para avistar os milhares de peixinhos que nadam nas águas cristalinas da região.

Pôr-do-sol na Toca do Morcego ⇒ R$ 10 + o que você consumir

Um dos programas preferidos de quem visita Morro. O pôr-do-sol na Toca do Morcego já é um clássico. Com ambiente lounge, o espaço começa a ficar agitado no fim da tarde, mas a animação pode seguir até altas horas. Chegue cedo para conseguir um bom lugar.

Tirolesa ⇒ R$ 50

Com 70 metros de altura, a tirolesa desemboca na Primeira Praia. Na alta temporada, a fila para descer pode ser grande, então prepare-se para a espera.

Volta à Ilha de Boipeba ⇒  R$ 100 (baixa temporada) ou R$ 130 (alta temporada)

O passeio de barco dura um dia inteiro e leva os viajantes a conhecer as piscinas naturais de Garapuá e Moreré, visitar a Praia da Cueira e as Canavieiras. O trajeto inclui ainda a visita à cidade histórica de Cairu, considerada a segunda cidade do Brasil. Se for contratar apenas um passeio durante sua viagem a Morro, escolha esse. É imperdível.

Passeio até a Gamboa ⇒ GRÁTIS

O paredão de argila da Gamboa é uma das atrações menos conhecidas de Morro, mas merecia entrar em qualquer roteiro. É possível conhecer o local por conta própria, fazendo uma trilha até lá na maré baixa, ou contratar um tour para fazer o passeio.

Aluguel de Caiaque ou Stand Up Padle ⇒ Variável

Uma experiência e tanto para se ter em Morro de São Paulo. Você pode contratar os passeios ou reservar os equipamentos na Terceira Praia após a chegada à ilha.

Pronto para o embarque?

Texto e fotos por Mari Dutra

Quanto custa viajar para Salvador
Saindo desimulação de calculadora
com estadia desimulação de calculadora
Quanto custa viajar para salvador

+ Não há comentários

Comente