Quando você pensa em um grande museu você pensa no Louvre em Paris ou no MET (The Metropolitan Museum of Art) em Nova York não é?! Mas fique sabendo que a Rússia não fica atrás, o museu Hermitage, localizado em São Petersburgo é um dos maiores museus de arte do mundo e conta com uma coleção de nada mais nada menos que 3 milhões de peças! Nós demos uma passadinha lá em nossa viagem para a Rússia e vamos contar nossa experiência aqui 🙂

História

Catarina II, a Grande

Assim como no Louvre, o Hermitage é um museu com diversos edifícios onde muitos deles eram palácios dos czares russos. O Palácio de Inverno é o prédio principal que se destaca na Praça do Palácio com seu tamanho e sua cor azul esverdeado. Muitas das salas em seu interior estão ambientadas como se ainda fossem do palácio, são salas cheias de detalhes e riquezas. A coleção de obras de arte se inciou em torno 1764 quando a rainha Catarina II adquiriu uma extensa coleção de obras. A cada czar (rei) que se passava, a coleção ia aumentando e a construção de prédios anexos também. Em 1852 foi criado um novo edifício, o novo Hermitage, e a partir dessa data o local se tornou oficialmente O Museu Imperial Hermitage.

Coleção

Fotos de aposentos do palácio

Com mais de 3 milhões de peças, mas apenas 20% em exposição (e é muuuito), a coleção de artes do Hermitage vai desde famosos pintores italianos até pequenos pintores e artesões russos. São 1.057 salas e 17 escadarias cheias de quadros, esculturas e objetos. É possível ver a arte egípcia, romana, russa… Peças de famosos como Leonardo Da Vinci, Matisse Rembrandt, Raphael, Van Gogh, Picasso e uma estátua de Michelângelo.  Um verdadeiro passeio em diversas épocas da arte pelo mundo inteiro!

Nossa visita

Biblioteca de Nicolau I mantida intacta ao longo dos anos

Sala dourada (sim é esse o nome!)

Nós fomos em um sábado no Hermitage, muitos recomendam comprar o ingresso antes para evitar fila, mas nós não compramos antes e não pegamos fila. Além dos caixas na entrada principal, existem no pátio de entrada várias máquinas onde você pode comprar o ticket. O valor é 700 rublos para o Palácio de Inverno e alguns outros edifícios (esse é o tour principal). O mapa indicava 3 andares, nós gastamos 4h de visita em apenas 1 andar e não vimos tudo! Nesse andar se concentram as clássicas obras italianas, francesas, holandesas, espanholas, os aposentos dos castelos e mais algumas muitas coisas 🙂

O famoso Relógio Pavão


Chão de mosaico! Existem vários mosaicos no museu.

Os aposentos do castelo impressionam pela beleza e riqueza e são um grande destaque no tour, assim como as obras italianas localizadas em salas enormes com quadros enormes. É necessário ter pernas pois é um passeio longo, e um pouco de paciência, é um museu cheio principalmente de excursões de chineses!

Obra de Rembrandt

Júpiter, estátua de mármore que vimos ao sair do museu

Já conhecemos o Louvre e agora o Hermitage e podemos dizer que esse museu não perde nada para o colega francês. Vale muito a pena a visita. Só não esqueça de levar sapatos confortáveis e uma garrafinha de água para tomar durante o tour 🙂

Galeria italiana

Para saber mais sobre os nossos custos dessa viagem para a Rússia, confira esse post! Enquanto o vídeo do lindo Hermitage não sai, curta o nosso primeiro vídeo em Moscou:

Para onde viajar
Eu tenhoBudget
e quero viajar porDias
Para onde viajar

Co-fundadora do Quanto Custa Viajar. Ama conhecer novos lugares, culturas, pessoas e comidas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *