Como chegar em Machu Picchu, no Peru?

Como chegar em Machu Picchu, no Peru?



Conhecer o berço da civilização inca é uma daquelas mil coisas para fazer antes de morrer. Se esse sonho vem sendo alimentado por você, está na hora de começar a se planejar! Descubra como chegar em Machu Picchu, no Peru, e organize qual é o melhor caminho de acordo com o seu perfil e necessidades.

A jornada até a 4ª maravilha do mundo moderno é longa e um tanto aventureira, então se prepare para viver uma viagem inesquecível! Vale lembrar que as cidades mais próximas do sítio arqueológica são Cusco e Águas Calientes, onde as pessoas costumam dormir, tomar banho, comer, etc. Vamos às opções:

Como chegar em Machu Picchu

De avião

Um dos trajetos mais comuns começa por Lima, a capital do Peru, que demora entre 5h e 7h saindo de São Paulo, Rio de Janeiro ou Porto Alegre. Chegando lá, é possível pegar um voo até Cusco, que leva apenas 1 hora. Além de Avianca/TACA e a Lan/Tam, também há as companhias low costs peruanas, como Star Peru, Peruvian e a LC Peru. Em feriados como a tradicional Festa do Sol, redobre sua atenção, porque se esgotam rapidamente.

Uma dica é já incluir o destino final quando for comprar as passagens no Brasil, assim você já garante seu concorrido assento no próximo voo que irá pegar. Pode sair até mesmo mais em conta dessa forma do que se comprá-la quando estiver no Peru. As passagens aéreas de Lima a Cusco podem custar de R$ 200 a R$ 600 com a Avianca ou US$ 166 com a Star Peru, ida e volta.

[+] Veja os preços das passagens para Lima

[+] Veja os preços das passagens para Cusco

De trem

O percurso de trem é um pouquinho mais trabalhoso. Depois de chegar em Cusco, siga rumo à Poroy – meia hora de viagem – ou Ollantaytambo – 1h30 de viagem -, com parada final em Águas Calientes. Os deslocamentos são feitos pela Peru Rail e Inca Rail (a partir de US$ 54 ida e volta), com horários e serviços semelhantes. A vantagem são as vistas lindas pelo caminho.

[+] Embarque numa excursão de 2 dias para o Vale Sagrado de trem

De ônibus

Por incrível que pareça, a viagem de Lima a Cusco de ônibus pode durar até 24 horas, mas costuma ser a opção de mochileiros que querem economizar entre uma cidade e outra. Se você tem tempo, embarque nessa. As empresas Cruz del Sur, Tepsa e Movil Tours fazem a rota de mais de 1.000 km, partindo de Lima ou Cusco (via Ollantaytambo). O preço médio é de US$ 27 a US$ 58.

Os viajantes também podem sair da Bolívia e seguir rumo à Cusco de ônibus. Há ainda quem saia de Corumbá, a 430 km de Cuiabá, no Mato Grosso do Sul, que faz fronteira com Puerto Quijaro – Bolívia, e de lá seguem a viagem para Cusco. Ou também se arriscam na maior viagem de ônibus do mundo, que vai até a Colômbia e passa por Peru!

Por qualquer trajeto (exceto a pé), será necessário pegar pelo menos o ônibus que leva de Águas Calientes ao Vale Sagrado, por cerca de 20 minutos.

[+] Pacote Lima + Cusco a partir de R$ 2.419 para 2018!

De carro

Assim como o ônibus, chegar em Cusco de carro também leva muitas horas, mais precisamente entre 16 e 20. Partindo de Lima, a condição das estradas é boa, mesmo entre curvas e abismos, porém, é fundamental se preparar para enfrentar situações que só a natureza comanda. O clima varia bastante ao longo do percurso, passando por calor, frio, chuva e talvez até neve, dependendo do período em que se viaja. Há perigo de desbarrancamento e água cobrindo a rodovia.

O valor do aluguel do carro varia bastante porque depende de quantos dias você irá ficar com o automóvel. Mas para a viagem entre Lima e Cusco os preços podem ir de R$ 170 a R$ 490, já que incluem ainda os custos da gasolina.

[+] Saiba mais sobre o aluguel de carros em Lima

A pé

Os aventureiros também chegam a Machu Picchu assim, andando. Uma das mais famosas do mundo, a lendária Trilha Inca exige o mínimo de fôlego para encarar montanhas e selvas a quase 4 mil metros de altura. São, aproximadamente, 42 km de trekking, percorridos entre quatro e cinco dias. A vantagem é a possibilidade de ir parando por outros sítios arqueológicos pelo caminho, além de conhecer cidadezinhas e seus moradores.

Primeiro de tudo: precisa fazer reserva em agências especializadas – com meses de antecedência, é claro – e estar acompanhado de pelo menos mais uma pessoa. A trilha Imperial leva quatro dias para ser feita. Já a Salkantay leva cinco dias, é menos concorrida e uma alternativa mais barata para chegar à Machu Picchu. Mesmo assim, também precisa ser reservada alguns dias antes. Os pacotes custam a partir de US$ 360 por pessoa, incluindo os ingressos para conhecer o santuário, transfers, alojamento, entre outros.

[+] Confira onde ficar em Cusco!

Post por Brunella Nunes Fotos: reprodução e Do Adventures Peru

Quanto custa viajar para Cusco
Saindo desimulação de calculadora
com estadia desimulação de calculadora
Quanto custa viajar para cusco

+ Não há comentários

Comente